Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CÂMARA DE VALONGO - A VERDADEIRA VITÓRIA DE TODOS...

Valongo está de parabéns!


Como valonguense que sou, tenho um enorme orgulho em ter podido contribuir para a vitória de um projecto de Mudança para o Concelho que me acolheu há 25 anos atrás.

Fi-lo como independente - não sou filiado no PS - mas posso dizer que vesti e suei a camisola tal como todos os outros candidatos e as centenas de apoiantes que ajudaram a construir esta vitória que eu à margem da linguagem oficial designo por verdadeira vitória de todos - de todos os valonguenses!

 

É uma vitória ainda mais saborosa, porque foi construída - soubemos construí-la - com base numa campanha modestíssima em termos de meios, porque o País exigia que o fizéssemos e ainda porque chegados ao dia de hoje temos uma situação tranquila em termos de contas para liquidar e nenhum risco de penalização por parte do Tribunal de Contas!

 

Muitos deram como adquirida a 'morte política' do candidato, muitos 'históricos' do partido passaram-se para o lado do adversário, elogiando a gestão danosa de 20 anos de Fernando Melo e João Paulo Baltazar, que andaram a criticar ao longo dos anos e que agora, por mero oportunismo, resolveram apoiar de forma indecorosa.


Eram claramente exageradas as suas previsões, como as urnas vieram a confirmar ontem e quem de forma oportunista assim se posicionou, andará hoje a pensar em fazer uns telefonemas de parabéns aos candidatos eleitos a ver se ainda consegue apanhar o comboio que imaginava a caminho do abismo, mas que afinal seguiu serenamente rumo à estação certa, na Avenida 5 de Outubro em Valongo.

 

Já vêm tarde e darão por isso a seu tempo!

 

Aliás esses mesmos, somados a uns emplastros de última hora órfãos de outros projectos, criticaram acerrimamente o facto de alguns independentes como eu e outros, termos resolvido apoiar este projecto bom para Valongo.

O facto de termos sido eleitos é hoje um segundo motivo para a manifestação aguda de pirose (mais conhecida como azia) que hoje devem estar a sentir.

 

Mas isso agora já não interessa. O que conta, é que Valongo ganhou e que a desgraça de 20 anos de corrupção nepotismo e incompetência foi finalmente interrompida.

 

Socorrendo-me aqui de um léxico relacionado com os armistícios, apetece-me dizer: Honra e glória aos justos vencedores, compaixão para com os (nada dignos) vencidos!

 

publicado às 16:47

ALFENA - COM GÁS SE SOBE E SE CAI QUANDO ELE FALHA...

Em Alfena, as pessoas sérias chegaram a sonhar com a possibilidade de contrariar um fenómeno estranho de populismo barato protagonizado por alguém que prometeu o bacalhau a pataco, que deu gás a um balão de promessas impossíveis - aliás não deu só gás, deu também bilhas cheias do mesmo - deu sacos do Intermarché, passe a publicidade, cheios de géneros, a quem deles precisava e a quem às vezes - no dizer da presidente da AVA e membro do executivo cessante - não precisava assim tanto deles... 


Arnaldo Soares entregou a Junta em 2009 ao seu amigo Rogério Palhau, a troco de um contrato ganhador com o PSD de Valongo.


Nessa altura não se importou de ajudar a estraçalhar o PSD de Alfena, porque valia tudo para ascender aos lugares cimeiros da Câmara mais corrupta das redondezas.


Como diz o Povo, "quanto mais alto se sobe maior é o trambolhão".


E foi!


Fez por isso a sua travessia do deserto, uns dias do lado de dentro do balcão da Junta, outros do lado de fora.


(Alguns cidadãos menos informados, até continuavam a tratá-lo de 'senhor presidente' e ele não se importava)...


Fingiu de 'Sénior' para poder acompanhar os que o eram no passeio que a sua(?) Junta preparou para a lavagem do costume  às cabeças dos que se puseram a jeito - ao bom estilo latino-americano!


Prometeu o céu e um rendimento mínimo capaz de o comprar!

Prometeu para Alfena aquilo que nunca conseguirá cumprir!

Os Unidos vão ter mais quatro anos para provarem mais uma vez que não são capazes de cumprir nada do que prometem - ou então, de provarem que esta antecipação que faço não corresponde à realidade.


O Povo é quem mais ordena e o Povo hoje ordenou que fosse assim.

Democraticamente isso é o que conta e o Povo tem sempre a possibilidade de corrigir no futuro o erro de hoje!


Porém, o Povo tem de saber também hoje, que o valor facial de Arnaldo Soares, que como presidente de Junta tem assento por inerência na Assembleia Municipal, passa a ser, tudo o indica, diminuto.

O seu antecessor usou o seu voto em situações pontuais para castigar a Câmara.

Arnaldo Soares pelos vistos nem isso conseguirá fazer, logo o seu voto terá apenas o valor que tem qualquer voto que não desempata coisa nenhuma, isto é, quase nenhum!


(Em boa verdade, ele nem precisará de castigar a Câmara, porque esta será mais séria do que aquela em que ele se sentiu bem para a integrar em 2009!). Ele sim, é que terá de se esforçar para gerir os contratos-programa que com ela passará a celebrar, de forma séria e isenta de pecado - ele que é por natureza um pecador). 


Será que daqui a quatro anos os alfenenses vão acreditar mais uma vez?

Acreditamos que não...

Mas entretanto, Alfena terá ficado adiada - para mal de todos nós!

Mas entretanto, Alfena continuará a viver a anos-luz da Democracia participativa - para mal de todos nós! 

 

Alfena continuará no entanto a ter uma oposição atenta e cidadãos atentos e interventivos - porque o poder pode ser maioritário mas nunca estará acima da Lei!

publicado às 02:12

ALFENA VERSÃO 'TERCEIRO MUNDO' - E NINGUÉM VAI PRESO?

 

Todos sabemos que quem exerce o poder local neste momento de lufa-lufa eleitoral, não tem mãos a medir - da direita à esquerda e em todo o País!

O Povo até costuma dizer por graça, que 'devia haver eleições todos os anos', embora como em tudo, exista neste fervilhar de trabalhos subordinados aos ciclos eleitorais, um lado perverso e que tem a ver com a má qualidade da execução, com a falta de um controlo rigoroso dos custos e muitas vezes até, com a oportunidade ou utilidade das obras que são executadas.

 

Alfena não foge à regra...

 

As fotos que se seguem, são a demonstração clara da irresponsabilidade de uma Câmara que durante anos se esqueceu de Alfena e de repente, a menos de um mês das eleições, acordou para a necessidade de mostrar aos alfenenses alguma coisa 'a mexer'.

 

Quem quiser confirmar in loco o que a objectiva da minha câmara captou, faça favor. Mas se entretanto tiver crianças com quem costume ir passear ali para os lados da ponte, por favor não as largue da mão, pois o perigo de se passarem para a "esplanada que leva a lado nenhum" é mesmo real, sendo que o "lado nenhum" é um precipício com alguns metros e varandim não existe.


(E não sabemos quando é que o perigo irá desaparecer, pois apesar da obra estar inacabada, estiveram hoje no local duas viaturas da empresa que a executava, para carregar os materiais que ali estavam desde o início dos trabalhos).


Além do mais, a "vedação" de acesso à esplanada é uma fita de sinalização de obras colocada a uma altura do chão que permite a qualquer miúdo atravessá-la mesmo sem se baixar.

 

Repito o título deste post: "e ninguém vai preso"?


 

publicado às 16:57

CÂMARA DE VALONGO - OS PREVARICADORES DO COSTUME...

 

E tal como prometido:

 

Depois de AQUI ter escrito a primeira vez sobre o assunto sem que tivesse ocorrido qualquer consequência - cá vai o resto do processo em que a vice presidente da Câmara e candidata a vice presidente da Câmara(!) Maria Trindade Vale prevarica, mente ao seu presidente e abusa do cargo para subverter a Lei.

 

Por desnecessário, abstenho-me de comentar as imagens e documentos que publico a seguir, os quais darão logo após as eleições, origem a uma queixa no Ministério Público, com a fundamentação que os especialistas na matéria considerem mais adequada.


Mentir é feio!


Neste caso específico, além de ser feio é muito grave e tem de acarretar consequências!


Será que João Paulo Baltazar mantém a confiança na sua vice presidente e candidata a futura vice presidente? 



 


 

As imagens 'falam'...

 

 

publicado às 14:10

EX VALONGUENSES ILUSTRES'- O 'MR. SWAPS'

Citando-me a mim próprio do Jornal Verdadeiro Olhar - hoje nas bancas...


 

Olhar (Im)Parcial
MARCO ANTÓNIO COSTA – O "MR. SWAPS"
 

     

O ex-presidente da Metro do Porto, Ricardo Fonseca, afirmou hoje na Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso dos "swaps" que Marco António Costa era um dos nomes presentes nas reuniões do conselho de administração da empresa que aprovaram a contratação de "swaps" em 2008 e 2009.
(Expresso online – 10 de Setembro).


 

Esta parece ser apenas mais uma, entre as muitas situações incómodas para um governo que não sabia de nada mas depois se veio a saber que afinal sabia e que agora se sabe até, que sabia bem mais do que aquilo que todos sabíamos que sabia.


Por causa das swaps, alguns secretários de Estado caíram e outros foram remodelados, alguns gestores de empresas públicas foram publicamente imolados e algumas horas de audições parlamentares já foram gastas para tentar apurar uma verdade cada vez mais esquiva e difícil de se deixar apanhar, dada a sua geometria variável que faz com que hoje possa ser o contrário do que era ontem, ainda que sempre, igualmente verdade, alegadamente.


Mas Marco António Costa não caíu, não foi remodelado, nem foi publicamente imolado.

O saudoso vice presidente da Câmara de Valongo e de Fernando Melo, dinâmico empreendedor na área do urbanismo especulativo, estratega de muitas manigâncias que Valongo bem conhece e nunca esquecerá, que os valonguenses tanto desejaram ver investigadas sem que afinal o tenham sido em algum momento, o nosso Marco que em Valongo se sentia demasiado limitado para a sua ambição de empreendedor, resolveu dar asas à sua ambição, migrando para sul e para lá de uma das pontes que ligam o lado de cá à outra margem do rio Douro, onde se radicou até ser solicitado a contribuir para a desgovernação do País.


Pelo meio, contribuiu de forma significativa, como o recorte acima permite concluir, para o descalabro da Metro do Porto. Mas ao contrário de outros correlegionários, conseguiu passar incólome até á sua promoção a vice-presidente do PSD e a novo coordenador permanente da comissão política nacional e porta-voz do partido, onde agora até já pode soltar o verbo contra a troika da nossa desgraça, provocando quiçá a inveja entre os ex-colegas açaimados pela pela função governativa que ele deixou para trás.


Marco António não é no entanto um homem de gabinete e por isso anda por aí…


Apesar do aparente afastamento de Valongo, ele continua a ter raízes muito fortes no nosso Concelho e nesta Câmara onde parafraseando o Malato da RTP, já foi muito feliz.


O nosso Povo tem um ditado que se aplica de forma perfeita à mútua relação de carinho entre o nosso Marco e esta Câmara que já foi sua de facto e que ainda é, sentimentalmente falando:

"Quem meu filho beija minha boca adoça.


Na Câmara de Valongo, apesar de terem passado já alguns anos depois da sua partida, continua a ter quem lhe "adoce a boca" substituindo-o por exemplo nalgumas obrigações parentais, ainda que isso obrigue por vezes a contornar determinados procedimentos relativamente ao uso de bens públicos…

Por isso, quem melhor que os amigos da Câmara de Valongo – uma Câmara que também teve que negociar há pouco a sua "swap" (ou PAEL) menos mortífera embora do que aquela em que o Marco está envolvido - para compreender e desculpar o ex secretário de Estado que Valongo formou e Gaia exportou.


Se Valongo contar para alguma coisa – e não conta – "não morrerás na cadeia" meu caro Marco…


 

  Celestino Neves 
 
 
publicado às 19:36

VALONGO - A MANIPULAÇÃO DO COSTUME...!

 

Na ânsia de defender o 'armário dos esqueletos' João Paulo Baltazar acha que este não é um momento de limites...

 

Porém, engana-se - como sempre!

 

A sua candidatura andou a distribuir de forma intensiva pelas caixas do correio em Alfena um manifesto de apoio de uma série de deserdados - dos Unidos, do PSD, sem Partido e outros - apenas para darem respaldo credível às mentiras de João Paulo Baltazar.


Triste papel este, a que se prestaram alguns homens bons mas inseguros - ou desatentos da realidade - para apoiarem um dos rostos da corrupção em Valongo e um dos grandes inimigos de Alfena!

 

Vale a pena transcrever aqui o comentário lúcido de uma alfenense - que por acaso até pertence à mesma área política do candidato - colocando o dedo na ferida em relação às promessas despudoradas do candidato.


Pelos vistos, na falta de um apoio dinâmico e verdadeiramente empenhado do PSD-Alfena em favor da sua candidatura à Câmara, João Paulo Baltazar tinha de vir agora à ultima hora com esta carta viciada retirada à pressa da manga.

 

Só que não está sequer nas mãos dele a possibilidade de cumprir as promessas que faz!


Assino por baixo, minha cara amiga, o seu comentário!


 

publicado às 17:03

A CÂMARA DE VALONGO E AS 'EMPRESAS DO REGIME'...

Não raras vezes ouço muitos dizerem que a corrupção em Valongo 'era no tempo de Fernando Melo'...

 

Há meias verdades que fazem tanto mal como uma mentira e neste caso, pela clara intenção que tem de ajudar a branquear a corrupção actual e florescente que impera na actual gestão de João Paulo Baltazar, esta é uma delas.

 

Um dia destes, um amigo que por acaso integra a lista do PSD para a Assembleia Municipal desafiava-me a citar-lhe exemplos concretos desta afirmação.

Referi-lhe alguns, mas hoje vou quedar-me apenas por este que começou a circular - ontem, creio - por e-mail e que dá conta das relações corruptas entre a Câmara e uma empresa que sempre andou 'por ali' à roda do Orçamento - no tempo de Melo e agora também - facturando de forma generosa para todos - para a própria e para os detentores do poder - assegurando de forma indirecta o financiamento partidário do PSD de Valongo.

 

Espera-se  que um destes dias o Ministério Público, o Tribunal de Contas, a Direcção Geral de Finanças e todos os Organismos com obrigações nesta matéria, se resolvam a avançar na investigação das muitas denúncias que têm vindo a ser feitas.

 

Partilho a seguir o referido e-mail .


publicado às 11:10

CÂMARA DE VALNGO - TRANSPORTES ESCOLARES PARA 'VIP'...

Nota prévia:

Faço parte da candidatura MUDAR VALONGO com muito orgulho e estou com ela de alma e coração, mas esse facto não me cerceou a independência que sempre gostei de manter - ao contrário daquilo que alguns imaginaram que aconteceria e que uns poucos ainda 'acreditam' que aconteceu.

O post que se segue não foi 'visionado previamente' por ninguém da candidatura e portanto, aconselho as 'vítimas do costume' a atirarem-se apenas ao autor do Blog, evitando as extrapolações do costume visando a candidatura e que não têm aqui qualquer cabimento. 


Nunca abdiquei - nem abdicarei jamais - de ser quem sou e da forma que sou. O esforço de mudança que todos nós fazemos e eu também faço, nunca pode ser inoculado e só faz sentido se partir de mim próprio.


Esta é a única concessão que faço: mudarei o máximo que conseguir, por imposição de... mim mesmo! 


 

Tenho há algum tempo na minha posse um conjunto de documentos – texto (carta abaixo reproduzida) fotos e um vídeo – onde é denunciado um 'serviço personalizado de transportes escolares’ a cargo da Câmara de Valongo e da sua vereadora e vice presidente Maria Trindade Vale.


Porque se trata de material que pode beliscar o direito à privacidade, nomeadamente de uma jovem que não tem como é evidente, qualquer tipo de culpa por esta teia de corrupção em que se vê envolvida e que foi criada apenas pelos adultos, entendo não ser este o momento - fase final da campanha eleitoral - para publicar este material.

Sendo no entanto um assunto gravíssimo que indicia desde já o crime de peculato de uso, estaria a ser de certa forma conivente se não falasse nele e por outro lado, se não lhe desse em devido tempo o seguimento adequado para o Ministério Público.

Não o faço neste momento, pelas mesmas razões referidas atrás e também para que não fosse entendido de forma redutora  como mais uma acção de campanha.

Irei fazê-lo em devido tempo e passada que seja esta fase mais quente.


O que se passa na Câmara é muito grave e neste preciso momento existem meios técnicos da autarquia a trabalhar de forma de tal modo intensiva para roduzir material de campanha do PSD (cartazes por exemplo) que já começam a avariar e a colocar em causa o trabalho normal dos serviços.


Os funcionários que me relatam isso, obviamente não podem dar a cara porque estariam a colocar em risco o seu posto de trabalho, mas as situações podem ser comprovadas..

 

Há coisas sobre as quais, independentemente da sensibilidade do momento e da possibilidade que sempre existe de que aquilo que escrevemos possa servir de 'alibi' para a vitimização do costume, não podemos deixar de falar: as práticas promíscuas de uma Câmara onde a corrupção é a regra e alguns actuais ou ex autarcas alegadamente corruptos são o padrão.

Tudo isto merece ter a visibilidade adequada.

 

Para não sermos cúmplices!



 


publicado às 10:08

VALONGO - NÃO VALE TUDO!

Ainda que este Blog incomode muito, ainda que quem dirige a Câmara se possa sentir atingido por alguns conteúdos que aqui vou publicando, de uma coisa não me podem acusar: de ser ofensivo e muito menos, de entrar na esfera pessoal de quem quer que seja.

 

Não querendo acusar ninguém sem provas, o comentário ofensivo que deu azo à queixa hoje apresentada na GNR de Alfena e reproduzida abaixo, pelo conteúdo bem específico remete-me necessariamente para um grupo muito restrito de possíveis criminosos.

 

A princípio, cheguei a pensar que o autor da injúria não valia o esforço, mas depois pensei melhor e concluí que que por uma questão de cidadania não me devia remeter ao silêncio.

Quando as vítimas se calam, os criminosos normalmente tornam-se mais afoitos e isso não pode ser permitido...


 

 

 

 

 

publicado às 16:06

VALONGO - E ENQUANTO ISSO, A CARAVANA PASSA...

Ninguém o invocou, mas este Blog concede o direito ao contraditório...

 

A Associação Industrial e Empresarial de Valongo (AIEV) sentiu-se ofendida pelas 'ladradelas' do cachorro da minha sobrinha, o pequenote Baltazar, e publicadas AQUI.


Os meus 'não amigos, antes pelo contrário' dos Unidos por Alfena, apressaram-se a partilhar o comunicado da AIEV na sua página do Facebook seguramente a pensar que eu faria como eles, isto é, que preferisse 'atacar pela calada' escondendo-me 'como um rato' mal as coisas se 'complicassem.


Como sempre, Arnaldo Soares & associados demonstraram que me conhecem mal!


Aqui vai pois o comunicado - na íntegra - da AIEV e o meu pequeno comentário, dirigido ao Hélio com votos de 'boas saídas'...


 


O meu pequeno comentário - porque o assunto também o é: pequeno...

 

Obrigado Hélio, pela visibilidade que proporcionaste ao meu Blog. Agora percebo a razão pela qual o contador de visitas tem subido tanto...


Aos empresários honestos que estão na comissão instaladora e aos outros que eventualmente tenham vindo a inscrever-se, digo que nada me move contra eles, antes pelo contrário: reforcem a vossa Associação e sobretudo, mantenham-na livre de 'predadores' - e julgo que posso falar pelo pequenote Baltazar - o cachorro da minha sobrinha que motivou esta tua reacção.


Quanto a ti Hélio, valido tudo o que o Baltazar me faladrou sobre o assunto.


Passa bem e até ao dia 30 de Setembro - para a despedida. 

publicado às 21:26

Pág. 1/3

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D