Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

PALAVRAS DE CIRCUNSTÂNCIA...

Alfena teve hoje o seu momento de formalismo: Assinaturas, fotografias para o álbum e... palavras de circunstância.

Mesmo assim, o anfiteatro do Centro Cultural encheu-se e transbordou - o que também não é difícil, tão exígua é a sua capacidade - para assistir à tomada de posse dos eleitos no dia 11 de Outubro.

Todos sabíamos ao que íamos, daí que ninguém se tenha sentido especialmente defraudado por não conseguir captar nos discursos das "figuras cimeiras" - de quem cessou e de quem entrou - algo que merecesse ser destacado.

Não passou no entanto despercebido a muitos dos presentes algum exagero nos auto-elogios, como também não deixou de se notar a deliberada omissão do que ficou por fazer. É que passados que são os dias panfletários da Campanha Eleitoral, a realidade nua e crua apresenta-se agora em todo o seu "esplendor" perante os Alfenenses e já são muitos os que começam a aperceber-se que afinal, parece que "o Rei vai mesmo nú":

O famoso PUCCA (Plano de Urbanização do Centro Cívico de Alfena) apesar do que é avançado para "consumo corrente" não passa de uma abstracção.

A nova Unidade de Saúde foi (por enquanto) por água abaixo unicamente devido à promiscuidade entre o que deveria ter sido apenas o interesse público e os negócios especulativos de uma empresa privada que desde há muito e "pela mão" do mandatário de sempre dos Unidos, gravita na periferia às vezes, outras no epicentro de toda a actividade dos nossos cessantes autarcas. Foi essa "mistura explosiva" apenas e não hipotéticos boicotes  ou conspirações então invocados, que levaram para o "caixote do lixo" o projecto da Quinta do Bandeirinha.

A "futura" sede da Junta, pelos mesmos motivos, ficou também no domínio do virtual.

E por serem três projectos emblemáticos badalados até à exaustão enquanto foi possível insuflar-lhes algum "gás", não deviam ser - não mereciam os Alfenenses que fossem - omitidos nesta hora de passagem (ainda que apenas formal) de testemunho!

Mas pronto, hoje é de bom tom - e eu vou entrar também nessa onda - desejar boa sorte a todos os empossados - até porque eu acho que vão mesmo precisar dela, tal vai ser o nível de exigência futura de todos os Alfenenses, face à inexistência dos habituais (e muito convenientes às vezes) "álibis" dos boicotes da oposição...

publicado às 23:51

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D