Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CGD - BANCO DO ESTADO OU DO... GOVERNO?

O texto que se segue, está publicado no blog Estado Sentido e vem mesmo a propósito do meu post anterior.

Eu até sou (ainda) cliente da Caixa Geral de Depósitos, mas começo a tropeçar em inúmeras situações em que este Banco Público aparenta mais ser uma "correia de transmissão" do governo e da sua política de favorecimentos financeiros preferenciais, do que um banco no sentido estrito do termo...

Porque os gestores dos Serviços centrais da CGD não lêem seguramente o meu blog, vou enviar-lhes um Link deste post na esperança de que um dia se sintam obrigados a explicar aos muitos clientes - e ao País em geral - os contornos do financiamento dos 160 MDólares à Dª. Isabel dos Santos para a compra dos 10% da ZON.

Já quanto a deportar para Angola os envolvidos no caso referido - aquele em que o paizinho da senhora se sente burlado por uma Instituição bancária portuguesa - para "acertarem" localmente as contas, não estou de acordo, porque isso representaria mais um encargo para o erário Público. Fica mais barato enfiá-los no último dos nossos submarinos ainda no activo, ligar o "piloto automático" e encaminhá-lo para o mar alto com combustível limitado à viagem de ida...


O que dizem as notícias é que o presidente de Angola foi lesado (?) em mais de 100 milhões de dólares num investimento que fez em Portugal numa instituição financeira.
Humilhado este exigiu até à pouco tempo a devolução do dinheiro perdido como condição de qualquer futuro aval a novos acordos comerciais entre os dois países. Agora súbitamente a Caixa Geral de Depósitos surgiu a dar o dinheiro que a filha do Sr. Eduardo dos Santos utilizou para adquirir parte da Zon . Coincidência? Espero que não seja outra situação em que os contribuintes portugueses pagam pela desonestidade de uns poucos empresários sem escrúpulos. Justo seria pegar nos indivíduos em questão e caso fossem realmente culpados, deportá-los (como antigamente) para Angola para resolverem o assunto directamente. À falta de melhor devíamos começar a exportar corruptos e gente desonesta, já cá os temos em demasia.

publicado às 13:11

1 comentário

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D