Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

24 HORAS POR DIA E ÀS VEZES À NOITE...

Foi uma longa espera, aquela que os jornalistas - e alguns portugueses mais atentos a estas coisas dos números - tiveram que suportar ontem à noite...

Bem... ontem à noite é quase uma força de expressão: Por escassos minutos, era hoje de madrugada.

Claro que os jornalistas reclamam, reclamam, mas o sacrifício menor foi o deles. A gente até sabe que costumam trabalhar até tarde na noite. Já o ministro dos Santos, pelo empastelado da sua comunicação via-se perfeitamente que o homem estava em sofrimento.

Mesmo assim ainda conseguiu aquela tirada de humor requentado, quando foi questionado pelo jornalista da SIC Notícias - precisamente sobre a hora tardia da conferência de imprensa:

"(...) eu trabalho 24 horas por dia e às vezes também trabalho à noite..."

Fez-me lembrar uma daquelas anedotas com uma frase do género alegadamente atribuída a Samora Machel a propósito da necessidade de trabalhar mais e produzir mais riqueza em Moçambique: "O dia tem 24 horas e se o dia não chegar, trabalha-se também à noite!"

Claro que se tudo se resumisse à anedota do ministro, não viria mal ao mundo. Só que o problema do Orçamento não foi - não é - apenas a falta de jeito do ministro na apresentação pública do mesmo. Isso é apenas um detalhe, porque a verdadeira dificuldade é mesmo o próprio ministro e o seu primeiro. Eles sim, são o PROBLEMA!

Mas ainda bem que o ministro dos Santos conseguiu terminar a tempo os contactos com as agências de "Rating" por forma a iniciar a apresentação do volumoso documento em 26 de Janeiro. Mais uns minutinhos e à velocidade com que as dificuldades se agravam, muito provavelmente em vez dos 9,3% de deficit, teria que falar em 9,4%!

publicado às 00:00

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D