Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VAMPIROS, URSOS EM HIBERNAÇÃO, REIS NÚS E OUTRAS HISTÓRIAS...

Faz já 3 dias que não escrevia neste espaço...

Para mim é muito tempo, até porque motivos são os que não faltam por aí - desde o agravamento da situação de crise que o País vive e que infelizmente não tem liderança à altura para a enfrentar, até à nossa própria vida local e à estranha (?) e prolongada hibernação em que se mantêm o granítico autarca de Alfena e os seus acólitos...


Comecemos então pela Lusa sequela vampírica (os vampiros estão na moda) com Sócrates no papel principal da fita,  prestes a afogar-se no pântano da própria fartura feita da privação daqueles a quem pela calada da noite como diria o Zeca, vai sugando até ao tutano - tal como diz a canção, "eles comem tudo e não deixam nada".

Das duas uma: ou pomos cobro ao doentio apetite do "morcego",  cravando-lhe a tradicional estaca no peito (o que convenhamos não vai ser nada fácil, dada a "muralha" de gorilas que sempre o rodeiam) ou então, a Nação passará rapidamente do estado de anemia galopante em que já se encontra,  para o de rigidez post mortem sem retorno possível - a não ser que o destino decida dar-nos uma ajudinha e faça com que ele se afogue no próprio vómito sanguinolento...


Já no que toca ao microclima de Alfena - a terra onde vivemos e de que muito gostamos - as coisas também não estão muito saudáveis.

O burgo parece ter sido atacado por uma estranha letargia: uma parte fazendo genuflexões à volta de uns quantos "deuses menores" semi-adormecidos a que convencionaram chamar supremos lideres - há quem diga que hibernaram a seguir às eleições - a outra, embora dando sinais de querer reanimar, não encontrou ainda a coragem e o fôlego suficientes para gritar a plenos pulmões, como na história que noutros tempos nos contavam - "olha! o Rei vai nú!".

E já que falamos em "Reis", registou-se este sábado um pequeno hiato na referida hibernação durante o qual se reuniram as "Cortes" laranja da ala situacionista de Alfena - devotos do mediático "Papa" Distrital Marco António I.

Segundo informação que um "infiltrado" amigo me fez chegar, o "ex querido líder da Junta, actual Vereador Municipal e futuro Presidente da Câmara", plantou-se de telemóvel em punho à porta da sede do PSD de Alfena, com saldo reforçado e vontade suficiente para arrancar de casa os mais distraídos e os trazer literalmente pela orelha - que ainda há muitos telemóveis que não dispõem do sistema "mãos livres" - até à mesa de voto.

Diz-me ainda o amigo "informador", que o ilustre Vereador teve como assessor - vencidas questiúnculas do passado - o ex Vereador Mário Duarte (o mesmo que há 4 anos foi o responsável pela saída da ilustre figura das hostes do PSD, dando início à saga dos Unidos)

Já agora e para a informação ficar completa, aqui vão os números do  "conclave":


275 - Eleitores inscritos

142 - Os que votaram

117 - Os que "escolheram" a Lista única

 25 - Os que votaram branco ou nulo


Parece que a saga dos Unidos chegou finalmente ao fim - Arnaldo, Palhau e Peixoto regressaram (perdoados) à casa paterna, pelo que em próximos actos eleitorais as cores vão ser seguramente outras e os "Unidos" que não gostarem do citrino sabor, comecem desde já  a pensar em dar um jeito à vida...


Post-Scriptum: Faltou apenas dizer, que a Junta de Freguesia de Alfena é agora uma "sucursal" do PSD-Alfena, sendo que o Secretário da mesma, é a partir de Sábado o líder desta força política aqui no burgo, o Sr. António Sérgio Ribeiro Pinto...

Terminado pois que está um "velho" projecto independente, aqui deixo um "Viva" aos "finados" Unidos por Alfena!

Paz à sua alma!

 



 



 

 

publicado às 18:17

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D