Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

JUNTA DE FREGUESIA DE ALFENA - UM SACO CHEIO DE...NADA!

Já escrevi sobre isto, mas faltava dizer ainda um pouco mais sobre o assunto:

Contra todas as expectativas e apesar do upgrad laranja, ainda não foi desta que os nossos hibernados autarcas acordaram para o trabalho - refiro-me obviamente (e ainda) à última reunião pública de Junta.

Tirando as lamentações da vogal Maria Manuela acerca do trabalho que tem para gerir o programa de cabazes da AMI destinados aos mais desfavorecidos da nossa terra, as escassas informações do vogal António Peixoto sobre a gestão dos cemitérios e assuntos afins, e da "preciosa" e detalhada informação do secretário António Sérgio sobre os contactos com as associações culturais do burgo para levar à prática o "importante evento" do desfile carnavalesco, a reunião ficou-se por mais um dos já famosos monólogos (desta vez mais curto) do Dr. Palhau.

É pouco! dirão muitos alfenenses...

Pois é, mas é o que temos!

O balão insuflado da última maioria absoluta alcançada pelos Unidos, aparentava uma "gravidez" de projectos verdadeiramente promissora, mas bastou um primeiro contacto com a "superfície frontal fria" da realidade nua e crua, para que ficasse num repente, reduzido àquilo que é: um saco cheio de coisa nenhuma.

Por isso é que, para tentar desviar as atenções resolveram criar um pseudo-blog ("Alfena para Todos") apropriando-se de um nome e de um projecto já existentes e registados - onde bolçam pontualmente o excesso da bílis que os corrói as entranhas: Sem se assumirem, sem darem a cara, sem colocarem o nome naquilo que escrevem, sem correrem riscos - pensam eles...

Mas porque será que em vez de gastarem as energias FAZENDO aquilo para que foram eleitos, perdem tempo no "serrote", em comentários ressabiados de quem vê de algum modo o poleiro ameaçado?

E afinal, já que parece que começaram a ganhar gosto pela escrita - embora eu ache que precisam de algumas aulas  intensivas nas "novas oportunidades" para corrigirem os erros que dão - porque não tentam melhorar e actualizar a página da Junta, onde as "informações" disponíveis se resumem a "Carnaval 2010 / Motoclube de Alfena inaugura Sede / Alfena celebra Padroeiro"? Nem Actas disponíveis, nem informação actualizada sobre obras em curso, nada!

Também, devo reconhecer que a militância que os acompanhou durante o processo que os conduziu ao poleiro, parece ter-se esfumado. Deixamos de ver nas Assembleias e nas reuniões públicas de Junta algumas caras conhecidas e que se dizia então, serem a verdadeira nata(!) do projecto "Unidos", deixamos de ler, com algum divertimento diga-se, alguns vivos e militantes comentários no "fórum"... Será porque os holofotes que rodeiam o Dr. Arnaldo, tendo mais intensidade de luz têm alguma coisa a ver com esta estranha ausência de "insectos" conhecidos à volta da auréola do Dr. Rogério?

Se assim é, meu caro presidente, só tem que contratar com a EDP um aumento da potência instalada, para poder subir mais uns Watt na fasquia, começando a brilhar com mais intensidade.

Com mais luz corre mais riscos de atrair insectos menos inócuos, mas também arrisca menos ser confundido com eles...


publicado às 16:55

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D