Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

COMENTÁRIOS PARA QUÊ? SÃO "ARTISTAS" PORTUGUESES...

E já que estamos numa de POLVO, saia mais uma dose para a mesa do fundo!

Comentários para quê?


 

Fotografia © Ricardo Oliveira - DN

No dia 25 de Setembro de 2009, Luís Figo tomou o pequeno-almoço com José Sócrates. O Correio da Manhã escreve hoje que o ex-futebolista terá recebido 750 mil euros da PT para participar no pequeno-almoço


 Rui Pedro Soares revelou que vai processar o Correio da Manhã por o envolver numa alegada operação de financiamento da campanha socialista nas últimas eleições Legislativas. Na edição deste sábado, o jornal revela que “Luís Figo recebeu 750 mil euros da Portugal Telecom” e que “o pivot da operação terá sido o administrador da PT”. Figo também já reagiu a esta notícia afirmando estar “tranquilo”.

"O ex-internacional português recebeu 750 mil euros da Portugal Telecom pouco depois de acertar a sua participação na campanha eleitoral de José Sócrates. O pivot da operação foi o administrador da PT Rui Pedro Soares", revela o jornal.

Segundo o jornal, Rui Pedro Soares, o administrador executivo da Portugal Telecom em conversa Paulo Penedos, "pede-lhe que na qualidade de seu assessor jurídico naquela empresa privada na qual o Estado tem acções que lhe dão especiais poderes, prepare minutas contratuais para pagar ao ex-futebolista. Falam num total de 750 mil euros".

O Correio da Manhã acrescenta que "o dinheiro foi pago em três vezes e transferido para a Fundação Luís Figo como contrapartida para a instalação da escola de futebol do jogador no Taguspark, controlado pela PT".

"Está tudo nas escutas do processo ‘Face Oculta'", sublinha o jornal que recorda que "o ex-futebolista esteve num pequeno-almoço no Hotel Altis em Belém, a 25 de Setembro, no último dia de campanha, quando foi anunciado como mais um apoio de peso a Sócrates".

O Correio da Manhã revela ainda que antes de se estrear na política, "Inês de Medeiros, deputada do PS, recebeu da PT um apoio de 50 mil euros para um festival de cinema que organizou no São Jorge"

Rui Pedro Soares fala em "notícias difamatórias"

O administrador executivo da Portugal Telecom já revelou que vai processar o Correio da Manhã pelas "notícias difamatórias".

"Já dei instruções aos meus advogados para processarem o Correio da Manhã pelas notícias difamatórias que envolvem o meu nome e que hoje foram publicadas", refere um comunicado de Rui Pedro Soares enviado à Agência Lusa.

Rui Pedro Soares acrescenta que "nunca, não apenas na PT, mas também em outras sociedades, associações ou organizações" a que pertence "sugeriu sequer a alguém que apoiasse qualquer candidato a primeiro-ministro".

"Estou convicto que todos os outros difamados confirmarão a falsidade destas notícias", acrescenta o comunicado numa alusão a Luís Figo e Inês de Medeiros.

Na nota, o administrador da PT, que lançou a providência cautelar contra o jornal Sol, critica "quem se põe a monte para fugir à justiça e se trata de esconder atrás da liberdade de imprensa para desrespeitar os tribunais", sem no entanto referir nenhuma entidade em concreto, acrescentando que vê neste tipo de actos "um ataque aos fundamentos do Estado de Direito".

"As suas motivações práticas e métodos são evidentes a todos os que conseguem abstrair-se do ruído mediático. Estive, estou e estarei do lado de quem respeita a justiça e o Estado de Direito. Do outro lado está quem se encontra fora da lei", sublinha o comunicado de Rui Pedro Soares que deixa ainda um recado: "a todos os justos, lembro que podem ser os próximos. Reitero que os tribunais já falaram e que continuarão a falar no futuro".

Luís Figo está de consciência tranquila

Também o ex-jogador já reagiu à notícia do Correio da Manhã. Em comunicado, enviado à Lusa, Luís Figo afirma estar de consciência tranquila em relação às suas acções e recorda que tudo o que o jornal tem escrito se destina a difamá-lo.

"Estou tranquilo com as minhas acções e com a minha consciência", afirma Luís Figo que acrescenta que "o meu apoio a José Sócrates baseou-se exclusivamente na minha convicção do que era melhor para Portugal".

"Ninguém me rouba a liberdade de ser cidadão, nem com uma mentira", sublinha.

Luís Figo adianta que já no ano passado avançou com um processo-crime contra o Correio da Manhã que "irá provar que tudo o que este jornal tem afirmado se destina exclusivamente a difamar-me, com propósitos que desconheço".

Inês de Medeiros fala em "obscenidade total"

A deputada socialista também já reagiu à notícia de hoje do Correio da Manhã. Inês de Medeiros classifica o seu envolvimento nas informações sobre alegados financiamentos da PT à campanha de Sócrates como uma "obscenidade total", e lamenta as "insinuações" relativas a um patrocínio para um evento cultural.

"O chamado apoio foi um patrocínio que, de facto, pedi à PT para o festival "Mostra-me - o Outro lado do Cinema" que nasceu de um protocolo entre a EGEAC (empresa que gere os equipamentos e eventos culturais em Lisboa) e o Instituto de Cinema Audiovisual para promoverem o cinema português", afirmou a deputada à Lusa.

Inês de Medeiros esclareceu "que foi contratada para ser curadora e resolveu fazer um festival temático, recorrendo a várias empresas para ajudar a financiar o evento".

"Como se sabe há pouco dinheiro para fazer iniciativas e fui procurar patrocínios. Obtive da MEO (PT), Zon Lusomundo, da REN, da FNAC e outros. Os contratos nem fui eu que os assinei foi a EGEAC", afirmou.

"Não se explica nada do que se está a falar, só se diz que negociei com a PT um apoio e que depois disso entrei na política, abrindo a porta para todas a insinuações e mais alguma", acrescentou a deputada socialista.

Inês de Medeiros, que lamentou não ter sido contacta pelo Correio da Manhã, considera que este tipo de notícias pode trazer consequências "terríveis para um sector que já tem dificuldades em arranjar patrocínios".

"Mesmo desconhecendo os outros casos, se todos os que ali estão expostos são tratados com o mesmo rigor vai a minha total solidariedade para aquelas pessoas", concluiu.

Jornal tem o dever de informar

Armando Esteves Pereira, director adjunto do Correio da Manhã, já reagiu à intenção de Rui Pedro Soares, afirmando que o "jornal tem o dever de informar".

"O dr. Rui Pedro Soares, como qualquer cidadão tem o direito a mover processos. O Correio da Manhã tem o dever de dar notícias", declarou.

Segundo Armando Esteves Pereira, "se há jornalistas que temem processos e não dão notícias por causa dos processos, acabou-se o jornalismo".


Post-scriptum:

Inês de Medeiros, a mesma a que se refere a notícia abaixo:

Inês com viagem paga para Paris

CM - 10-Fev-2010

 

Parlamento analisa hoje situação especial da actriz e deputada eleita pelo PS em Lisboa.
A viagem semanal de Inês de Medeiros, actriz eleita deputada pelo PS no círculo eleitoral de Lisboa, entre Paris, local onde tem residência, e a capital portuguesa, para participar no plenário da Assembleia da República (AR), vai ser paga pelo Parlamento. A solução para o caso da actriz, que é omisso na lei, é hoje analisado pelo conselho de administração da AR.

publicado às 19:42

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D