Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A "OVELHA DOLLY"...

É hoje já um lugar comum dizer-se que qualquer empresário de sucesso no ramo industrial, tem de conseguir que o seu produto responda a necessidades objectivas dos consumidores alvo - não necessidades induzidas por estratégias agressivas de marketing, porque são regra geral efémeras - mas necessidades devidamente avaliadas e de preferência com um horizonte de preferência duradouro, dado que na indústria, ao contrário de outros ramos dos negócios, qualquer mudança no tipo de produto a produzir implica custos fixos e tempo de adaptação, que têm de ser ser incorporados no custo final e que como é óbvio, serão tanto menores, quanto maiores forem as "séries".

Esta é uma das estratégias da indústria para incorporar os custos fixos no produto.

A outra (uma das outras) de que quero falar hoje, é a chamada "estratégia do cuco", a contrafacção que rouba o trabalho alheio, não investindo por isso em custos prévios (investigação e desenvolvimento, por exemplo) poupa o mais possível na qualidade, "esquece" os direitos sociais dos seus colaboradores, para no fim, obter às vezes maior percentagem de lucro do que os produtores genuínos.

Os exemplos mais conhecidos, chegam-nos da China, com verdadeiros atentados aos direitos da propriedade Industrial e com os governantes do mundo civilizado a assistirem - e a "assobiarem para o ar" - para não hostilizarem o "gigante".

Podemos encontrar um caso concreto no "universo" dos telemóveis:

Quem é que ainda não ouviu falar desse ícone tecnológico da Nokia - o N97? "Carradas" de funcionalidades, lindo de morrer, capacidades inesgotáveis no mundo da multimédia, mas (e existe sempre um "mas") carote para a esmagadora maioria dos potenciais interessados.

Pois bem, os chineses aí estão com a "solução" para este último problema! Atenção por isso aos mais incautos, pois um dia destes estão a comprar o "gato" em vez da "lebre" - sim, porque na maioria dos casos nem sequer vos irão dizer tratar-se de um clone - muito semelhante (apenas) no visual, mas a léguas em termos de capacidades e tecnologia.

As imagens falam por elas mesmas:

 

O Genuíno:

 

O "Clone":

 


 

 

publicado às 12:19

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D