Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

TERRA DA FRATERNIDADE...

 

Grândola vila morena

Terra da fraternidade

E que esta realidade

Inclua também Alfena

 

Mesmo de olhos fechados, sei que é Primavera: Pelo cheiro das flores do meu jardim pelo inconfundível aroma que as minhas laranjeiras libertam por esta altura do ano. Também pela azáfama em que vejo a passarada no meu quintal e um pouco por todo o lado, pelos seus cantares, pelos chamamentos constantes dos juvenis que vão começando a sair dos ninhos experimentando os primeiros voos em liberdade...

E hoje em especial, neste dia de sol radioso (pelo menos em Alfena) recordo um dia - por sinal, em tudo idêntico em fulgor primaveril - vivido 36 anos atrás e revejo essa manhã em que me preparava cuidadosamente para o meu primeiro dia de trabalho num novo emprego, quando ouvi pela primeira vez a NOTÍCIA... Claro que o emprego aconteceu, o trabalho é que não, pois se nem o próprio director-geral da empresa o conseguia fazer...

Era verdadeiramente patética a aflição do Sr. Riss, o alemão que administrava a empresa multinacional do ramo da electrónica, não sabendo se havia de acreditar nas notícias que ia ouvindo nas Rádios. A certa altura, em desespero optou por ir a casa buscar um daqueles rádios gigantes que existiam na época, com uma daquelas antenas sofisticadas capazes de captar as emissões estrangeiras e foi vê-lo ao longo do resto da manhã com o aparelho às voltas, a tentar equilibrar a antena numa das janelas dos escritórios, para apanhar o melhor sinal da Deutche Welle...

Hoje tudo isso me vem à memória com mais intensidade - talvez porque neste dia especial, contra a vontade dos muitos que já os usaram mas que agora lhes recusam espaço na sua lapela,  os cravos teimam em ser vermelhos (ainda mais vermelhos...) e o seu perfume misturado com o canto das aves voando em liberdade, faz despontar em nós idêntico desejo de, tal  "como elas, sermos livres de voar".

publicado às 11:03

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D