Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ANA JORGE E A "SOPA CASEIRA"...

Ministra apela aos portugueses para fazerem "sopa em casa"

A ministra da Saúde, Ana Jorge, apelou hoje, sexta-feira, às famílias portuguesas para fazerem "sopa em casa" em vez de gastarem em "fast food", aproveitando a necessidade de contenção económica e como forma de combater a obesidade.

JN - Ontem


Eu sei que as afirmações descontextualizadas podem por vezes dar azo a interpretações insólitas, por isso não vou por aí...

Mesmo assim, de um ministro - da ministra da Saúde neste caso - espera-se sempre que quando produza uma qualquer afirmação como esta, e ainda por cima "on the record", consiga antecipar algumas das interpretações possíveis - mesmo as mais matreiras ou maldosas...

Centremo-nos pois naquele que deve ter sido o sentido que a "seráfica senhora" pretendeu dar ao conselho da sopinha caseira.

Sabemos todos que a obesidade assume já as dimensões de uma verdadeira epidemia silenciosa.

Sabemos ainda, que nenhum meio que possa representar um contributo para a solução do problema, deve ser rejeitado - sabemos nós, porque quanto à ministra, a única coisa que sabe é que cirurgias não...

Nem sempre são óbvios o ministros, mas Ana Jorge não o podia ser mais! A cirurgia por agravar o deficit já preocupante do Serviço Nacional de Saúde, está posta de parte!

Resta pois a sopinha ao estilo da nossa avó,  que alia o útil ao agradável (ou "desagradável" na opinião dos putos): protege o orçamento familiar em tempos de crise e contribui para reduzir o número "daqueles doentes chatos" que reclamam do Estado mais apoios para conseguirem baixar dos mórbidos 120 para uns saudáveis 70/80 kg de peso!

O País agradece senhora doutora - o País do combate (a qualquer preço) ao "inestético" deficit obviamente, que o outro, o País real, o dos cidadãos de "carne e osso" - no caso presente, mais carne que osso - esse já tenho dúvidas...

publicado às 10:53

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D