Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

O "PAÍS DE SÓCRATES"...

Ministra da Educação quer acabar com reprovações...

TSF-Hoje

Em entrevista ao semanário Expresso, a ministra da Educação, Isabel Alçada afirma que a repetição de ano quase nunca é benéfica e defende formas de apoio aos alunos como um ritmo diferente.


Vinda deste governo sem rumo, uma ideia peregrina e idiota como esta (que aliás faz perfeitamente jus à sua autora) já não consegue surpreender-nos !

Constituído essencialmente por ineptos e apoiado por hordas de boys e alpinistas sociais cujas habilitações académicas ou profissionais são "por princípio" dispensáveis e quando não o são, podem sempre ser respaldadas com um qualquer diploma de engenheiro obtido num qualquer domingo do ano, este governo de ficção que mais parece ter saído de um qualquer filme de BD de má qualidade, só podia ter ideias destas, à semelhança aliás de tantas outras que - situando-nos apenas nesta área da Educação -  foi "parindo" ciclicamente para depois pressionado pela País real, optar pelo "infanticídio", quando podia perfeitamente ter optado pela "IVG"!

Como diria a outra, "eu ainda sou do tempo" em que tínhamos de justificar as faltas às aulas, tínhamos de obter aproveitamento às mesmas, tínhamos de estudar, tínhamos de demonstrar (ao longo do ano lectivo e depois, quando era o caso, também nos exames) que o nível de conhecimentos adquiridos era compatível com a passagem de ano!

Quando se tenta construir o futuro de um País na base do facilitismo, da falta de exigência, das habilitações ficcionadas, da cunha como alavanca universal para a ascensão social, o resultado só pode ser aquele que temos - um País à imagem do seu governo (ou vice-versa).

publicado às 13:57

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D