Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA - O PERÍODO "PALHAULÍTICO"...

Conforme previsto, reuniu ontem a Assembleia de Freguesia de Alfena - o ÓRGÃO MAIOR da nossa Autarquia, apesar da sede de protagonismo do presidente do Executivo e das "concessões" que o presidente da Assembleia lhe faz.  Mais uma vez, foi "mais do mesmo", isto é, inexperiência, erros processuais, insegurança...

Claro que perito como é neste tipo de "habilidades" processuais - os Tribunais são a melhor escola para os "mafiosos" da política - o nosso granítico autarca só podia "brilhar"!

Em vez de reconhecer por exemplo que se está "marimbando" para a Lei, que comete irregularidades, que não respeita a Oposição, ele aproveitou por exemplo uma insignificante omissão na indicação de uma Lei na fundamentação do Requerimento da "Coragem de Mudar", sobre o Relatório do Estatuto da Oposição - que ele não entregou, que ele sabe que tinha de entregar, que ele conhece, porque a própria Câmara o entrega, que ele sabe que é um documento obrigatório por Lei (Artº 10º da Lei nº 24/98 e Artº 34º., nº. 6-i) da Lei nº. 169/99) e que mesmo que não soubesse, nem por isso está dispensado de cumprir - para fazer mais um pequeno número de circo, bem ao seu estilo habitual, aliás!

Claro que todos sabemos que o Dr. Palhau só consegue  "brilhar" porque alguém se apaga ou aceita ficar na penumbra. O Dr. Palhau só "brilha" porque no escuro qualquer minúsculo pirilampo consegue fazer um "vistaço"!

Mas o Dr. Palhau, apesar da falsa segurança que se esforça por aparentar, sabe que corre riscos: Primeiro corroborou a informação do presidente da Assembleia quando justificou a viagem do Dr. Arnaldo com os idosos do passeio sénior como tendo sido um "convidado especial" mas depois, "pensando melhor", veio já fora de tempo dizer que afinal, o convite foi "na qualidade de presidente do Executivo anterior". Ele sabe que o favorecimento de amigos usando dinheiros públicos, é crime! Ele sabe que esse convite - mesmo com a "fundamentação" que apresentou in extremis - deveria ter sido o resultado de uma deliberação em reunião de Junta e não foi...

Quanto às questões colocadas pelo Público... responde sempre não dizendo nada, ou melhor, dizendo (apenas) o que lhe convém!

Afinal, como ele já disse por inúmeras vezes, "a Lei sou eu"!

E talvez seja... Até à próxima deposição na melhor das hipóteses, porque o que ele merece mesmo, é enfrentar o cadafalso - politicamente falando obviamente, para sua tranquilidade!

Já agora, aqui ficam as questões que apresentei no ponto das intervenções do Público e que ele fez questão de responder não respondendo:


ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE ALFENA – 29 de Setembro de 2010

(Ponto destinado às intervenções do Público)

Uma gestão verdadeiramente transparente do Executivo da nossa Junta de Freguesia e o cumprimento da Lei sobre o direito dos cidadãos no acesso aos documentos da Administração, dispensar-me-ia de ter de formular a questão que se segue.

Mas como quase sempre acontece, as promessas de “fazer mais e melhor”  que quase todos assumem enquanto candidatos e muito poucos cumprem depois de serem eleitos, também em Alfena não passaram disso mesmo – de promessas!

Solicito por isso ao Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia – informado que deve estar sobre todos os assuntos e projectos de relevante interesse para Alfena – a resposta para a seguinte questão:

 

1. PROJECTOS DE RELEVANTE INTERESSE PARA ALFENA

a) Tendo em conta os condicionamentos referidos de forma algo vaga na última Assembleia Municipal, qual é o projecto concreto que está neste momento “em cima da mesa” para o espaço destinado às “feiras temáticas”;

b)Sem querer entrar na questão relacionada com os  desenvolvimentos ocorridos na última reunião de Câmara sobre o assunto, gostaria que me indicasse algumas das empresas que já tenham manifestado interesse em se instalar na pretendida zona industrial de Alfena e qual é a capacidade construtiva, se é que conhece, que já está a ser negociada para alguns lotes, com a alegada garantia de aprovação da Câmara num prazo determinado;

c)Depois da moção sobre o assunto apresentada pelos UPA na última Assembleia, qual é a situação actualizada acerca da construção da nova Unidade de saúde Familiar de Alfena e que alternativas é que estão em cima da mesa relativamente a terrenos.

publicado às 10:31

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D