Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA - PERÍODO PALHAULÍTICO INFERIOR...

Deficit democrático, arrogância, "usurpação de funções" favorecimento ilícito de amigos, má administração da coisa pública, entendimento errado do que é - deve ser - o uso a dar à maioria absoluta conseguida mais à custa de manobras de bastidores, que da vontade clara e inequívoca do Povo.

Ou dito de outra forma talvez mais exacta, opacidade, ocultação da verdade, mistificação...

De tudo isto existe um pouco na gestão da nossa Freguesia/Vila agora com pretensões a Cidade - sendo que todos os "poucos" somados resultam num "muito" demasiado nocivo para todos nós.

Consequências mais que previsíveis, resultados mais do que esperados para quem como nós, já há muito tinha deixado de acreditar em sereias e muito menos no canto das mesmas! Portanto, um período Palhaulítico que não era preciso ser-se bruxo para adivinhar, de tão previsível que era...

A última Assembleia foi mais uma demonstração da confusão que os nossos autarcas/fósseis fazem sobre quais são as funções específicas de cada um dos Órgãos da nossa Freguesia - Assembleia e Junta.

E nada "melhor" do que o apagamento do Presidente da Assembleia, que tem abdicado literalmente do seu papel - e do Órgão a que preside - de acompanhamento, fiscalização, escrutínio, exigência de rigor e garante do cumprimento da legalidade por parte do Executivo da Junta, para dar corpo à sede de protagonismo do granítico autarca que o dirige, qual prepotente reizinho perante a plebe a quem se dirige com ar sobranceiro e displicente - como fez mais uma vez na última Assembleia...

Como se ali, ele estivesse "em pé de igualdade" com os Deputados e pudesse usar das mesmas prorrogativas destes em relação às intervenções!

Como se ali, lhe assistisse o direito de fazer humor com coisas sérias ou hostilizar os Deputados da Oposição, como se pertencessem a uma qualquer classe inferior!

Como se tivesse o direito de tomar a palavra sem que a mesma lhe tivesse sido concedida ou lhe tivesse sido pedido para dar alguma explicação!

Mas apesar de toda a verborreia isenta de conteúdo, esqueceu-se o granítico autarca de explicar porque é que se recusa a cumprir o Estatuto do Direito da Oposição, porque é que nunca lhe ocorreu a obrigação da consulta prévia às forças representadas na Assembleia - para além obviamente, daquela que se assume como o eco do seu inexistente projecto.

Um dia destes, alguém terá (inevitavelmente) de dizer ao Presidente do nosso Órgão Maior - a Assembleia de Freguesia - que das duas uma: ou assume de uma vez por todas o papel que lhe cabe e põe "ordem na casa", ou outros - que podem ser os Tribunais ou a IGAL, por exemplo - terão de o fazer por ele!

Para bem de todos nós, espera-se e acredita-se que este "desastre" que representa para Alfena o tal período Palhaulítico, não dure tanto como o da pedra lascada em que nos inspiramos para o baptizar - aqui faz sentido invocar a Wikipédia...

publicado às 17:01

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D