Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

TERÁ ALFENA UM REGIME LEGAL ESPECÍFICO?

Take 1:

Quem costuma assistir às reuniões públicas da Junta de Freguesia de Alfena, recordar-se-á das "informações" várias vezes avançadas pelo seu Presidente acerca da sua participação nas reuniões do Grupo de acompanhamento - não sei se é assim a designação - da revisão do PDM de Valongo.

Acontece que o nosso Presidente, apesar de se arvorar em especialista em Leis, não raras vezes acontece fugir-lhe o pé para o chinelo , sendo que neste caso, o chinelo o coloca ao nível do homem comum - que ele não quer ser mas é - e que normalmente percebe muito pouco - nem tem obrigação de perceber - sobre as minudências do emaranhado das nossas Leis.

Se assim não fosse, teria lido com atenção a parte que diz respeito às competências da Junta e às dele próprio, onde está claro que a participação nos trabalhos de revisão do PDM, não são delegáveis pela Junta!

Alguém o alertou para a irregularidade e então ele ontem, lá tentou reescrever tudo o que tem dito sobre o assunto, da seguinte forma - mais vírgula menos vírgula:

"A propósito das reuniões do PDM, quero aqui esclarecer que houve apenas uma em que não participei apenas eu mas sim toda a Junta. Para além disso, participei em algumas reuniões informais apenas por inerência de membro da Assembleia Municipal".

Registamos a sua  preocupação com a possibilidade de vir a ser acusado de exercício abusivo de funções que a Junta não podia delegar. Claro que também sabe que todos os trabalhos à volta do PDM ficam registados em Acta...

 

Take 2:

Por diversas vezes tem dito o nosso digníssimo presidente, que o acesso às Actas das reuniões do Executivo é um direito e que nem sequer se exige a ninguém que faça um Requerimento escrito para ter acesso às mesmas. Basta pedi-las e se estiverem aprovadas, os Funcionários só têm é que as facultar.

Numa das últimas reuniões públicas - não na de ontem, mas numa outra - até informou que "esta Acta já irá ser publicada na nossa página da Internet"...

Pois pasmem os alfenenses: Não é que requeri a Acta da reunião pública de 13 de Outubro de 2010 - após a sua aprovação na reunião de Novembro - já me desloquei à Junta por 3 vezes, já falei pessoalmente com ele, que até me mostrou a dita Acta com umas quantas frases rasuradas e que teriam que ser reformuladas - apesar de já ter sido aprovada e estar devidamente assinada! - e a única coisa que sei, é  que "logo que esteja pronta telefonamos-lhe para a vir levantar"!

E quanto à publicação das mesmas, experimentem a página da Junta e verão que o único que cumpriu com a palavra, foi o Presidente da Assembleia de Freguesia que já tem uma Acta publicada.

Parafraseando aquele anúncio engraçado, eu ainda sou do tempo em que a palavra dada tinha um valor tangível... Agora parece que já não é assim, porque caso contrário, aquilo que o Dr. Rogério Palhau me disse junto ao balcão da Junta quando me mostrou há quase dois meses atrás, numa sexta feira à tarde, a tal versão aprovada mas rasurada - "pode procurá-la na segunda feira, porque estas correcções ficarão feitas este fim de semana, nem que tenha que ser eu a fazê-lo" - teria sido cumprido!

 

Take 3:

Continuando com o tal exemplo do pé e do chinelo, o nosso Presidente continua a laborar num enorme erro de interpretação sobre as prorrogativas de uma maioria absoluta em Democracia e a esquecer-se de que existe um Estatuto do Direito da Oposição, que existe a obrigatoriedade da consulta prévia dos eleitos sobre os documentos provisionais e que para além de tudo isso, a Lei impõe prazos para a convocação das Sessões da Assembleia.

Além do mais, parece que na sua curiosa interpretação das Leis, o direito dos membros da Assembleia a solicitarem "em qualquer momento e sobre qualquer assunto" informações à Mesa passou a ser passível de votação e como a maioria o permite a ser chumbado!

Claro que já está a aperceber-se de que os vários atropelos cometidos na última Assembleia de Freguesia não vão ficar pelas simples palavras de protesto, pelo que o mais certo é que invoque a "inexperiência" do Presidente deste Órgão para "justificar" os mesmos...

Mas nós sabemos que a "assessoria técnica" foi prestada por ele, à vista de todos, em cima do palco, durante a interrupção que solcitaram para deliberar sobre o assunto!


publicado às 01:34

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D