Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

E DEPOIS DO ADEUS...

 

E DEPOIS DO ADEUS (a José Calvário) resta-nos A CANÇÃO tantas vezes entoada em tantos e tantos comícios do "pós-Abril" (depois de os gloriosos Capitães a terem  transformado em senha nessa madrugada libertadora de 1974)...

publicado às 13:15

FUTEBOL "HARDCORE"...

Em tempos de crise - crise global, entenda-se - são verdadeiramente pornográficas as notícias que nos chegam do mundo do futebol, relativamente aos montantes envolvidos nas movimentações de treinadores e jogadores.

Bem sei que os Clubes são instituições de direito privado e se os sócios acham bem e "assinam por baixo", os "agnósticos" como eu, não têm nada com isso...

Não têm? pensando bem, até acho que têm: No que a Portugal diz respeito, o facto de se concederem regimes contributivos especiais aos jogadores e aos Clubes e facilidades fiscais de todo o tipo a estes últimos, que vão nalguns casos, até ao perdão de dívidas ao Fisco, devia obrigar os vários governos a intervir de forma diferente nesta autêntica selva.

Até quando vamos continuar a assistir à volumosa circulação de Euros ou Dólares através do sistema de "vasos comunicantes"  entre os Clubes, enquanto através do "bypass" de ligação ao Fisco, vão pingando - quando pingam - umas míseras migalhas do bolo e mesmo assim, com todas as facilidades de pagamento que às empresas do sistema produtivo do País, muitas vezes são negadas?

E depois, assistimos num misto de espanto e revolta ao espectáculo deprimente de "Ronaldos" e outros figurões, a "torrarem" numa noite de farra com as "Paris Hilton" deste mundo, o que a maioria dos trabalhadores não ganha num ano de trabalho!

Pois se "ele" lhes sobra das obrigações que deixaram de cumprir para com a Sociedade... 

publicado às 23:58

"MAQUINAÇÕES"...

(...) Paulo Portas pede audiência a Cavaco Silva, para fazer queixinhas dos centros de sondagens que resolveram anunciar a "morte" do CDS neste acto Eleitoral anúncio que depois se veio a verificar ser obviamente exagerado ...

(...) Jerónimo de Sousa acusa os jornalistas de desvirtuarem ou desvalorizarem os resultados da CDU...

(...) O Bloco de Esquerda não se queixa de ninguém, pois estranhamente - vá-se lá saber porquê - recebeu "festinhas" e "miminhos" de todos os quadrantes...

(...) O PS, esse já disse de quase todos os jornalistas aquilo que Maomé não dizia do toucinho - e não apenas a propósito das Eleições... Basta lembrarmo-nos da "campanha negra" da "Cruz de Sócrates" e outras "acusações" do género...

(Aliás, só nos falta ouvir como explicação para a rotunda derrota do PS e do seu Vital candidato, uma bem urdida conspiração dos homens "do papel e da caneta" que - por uma qualquer razão que nos escapa - terão decidido unir-se estrategicamente, apresentando  o PS sempre à frente em todas as previsões, contribuindo assim para o seu "adormecimento"!)

(...) O PSD, também refere algumas "maldadezinhas" dos fazedores de notícias: Ou porque apanham a Dona Manuela sempre fora de contexto, ou porque dedicam uns micro segundos a mais de "tempo de antena" ao rival do Largo do Rato, ou porque captam a madeixa menos elaborada da Senhora e coisas assim...

Mas será que nós não demos por nada e a Comunicação Social conseguiu à socapa alcandorar-se à posição de "primeiro poder"?

Só nos faltava mesmo, era  um destes dias termos de reconhecer que a censura do António de Santa Comba tinha razão de ser...

Mas não! Eu ainda acredito que que a culpa deste lamaçal que nos sufoca, do desânimo das pessoas em relação ao futuro, do alheamento dos mais jovens relativamente à política, é mesmo dos políticos!

publicado às 23:30

PIOR A EMENDA QUE O SONETO...

 

Igual a si mesmo, o Professor Cavaco fez hoje mais, uma vez uma demonstração da sua insanável falta de tacto ao incluir no seu rotineiro programa das comemorações do dia 10 de Junho uma homenagem ao saudoso Capitão de Abril Salgueiro Maia.

Claro que eu com todo o cuidado - não fosse o Professor Cavaco também o Presidente da República (vénia...) - chamo-lhe apenas falta de tacto, porque no meu íntimo chamo-lhe outra coisa bem mais grave que não pronuncio, na certeza de que (ainda) não podemos ser condenados por "delito de pensamento"...

 Mas para além da "homenagem" sacada a ferros, o Professor Cavaco cometeu ainda e uma vez mais outra "gafe" - e novamente aqui utilizo o qualificativo mais suave que me ocorre - ao "esquecer-se" de convidar para assistir à mesma uma figura incontornável da Revolução de Abril, o Presidente da Associação 25 de Abril de que Salgueiro Maia também fez parte - o Coronel Vasco Lourenço.

Apesar do "esforço" que hoje fez para tentar apagar aquela enorme injustiça que cometeu há muitos anos atrás, quando era o primeiro-ministro deste País e pouco tempo antes da morte de Salgueiro Maia, não vai ser desta forma Senhor Professor, que o Povo que prefere Abril em vez de Novembro, que é como sabemos o seu mês de preferência, lhe vai perdoar a sua aversão pelos cravos... 

publicado às 09:50

OS (CON)VENCIDOS...

Quando pensávamos que já nada nos surpreenderia nos destaques do SAPO, eis que de repente, em pleno "day after",  tropeçamos nesta pérola - um "Jovem Socialista" onde a juventude é pouco perceptível...

Mas pronto, gostos não se discutem e a equipe tem todo o direito a ter os seus...

Além do mais, depois da "farra" comemorativa do Rangel, que logo que terminou o escrutínio que o guindou a figura da noite no Domingo eleitoral, lá se deixou arrastar pelos "laranjas" menos maduros para uma tímida incursão na "night" Lisboeta (só foi pena foi aquela garrafa de champanhe já meio passado que lhe deram para abrir e cuja rolha em vez de fazer "poke", fez "pff"...) justifica-se plenamente esta preocupação de equilíbrio que a equipe do SAPO demonstra, dando voz aos vencidos. Mas tinham logo de escolher este (con)vencido "Jovem Socialista"?

(A não ser que se tenha tratado apenas de corrigir a "injustiça" cometida quando em plena pré-campanha resolveram "destacar" a "Política de Verdade" da Dona Manuela...) 


 

publicado às 22:28

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA - MAS NO CONCRETO!

As crianças são (mesmo) o melhor do mundo!

 

(Só é pena que muitas quando crescem, se transformem em adultos detestáveis: Criminosos de diversos calibres, empresários desonestos e oportunistas, desempregados subsídio-dependentes e sem vontade de trabalhar - que mesmo sendo o trabalho um bem cada vez mais escasso, às vezes lá surge uma oportunidade e nem todos estão sempre disponíveis para a agarrar...

Mas o pior mesmo, é quando uma parte - felizmente diminuta - das nossas adoráveis criancinhas se transforma em políticos de carreira corruptos, permissivos, "negociáveis", proporcionando a replicação de casos como o Freeport, Cova da Beira, SIRESP, reequipamento das Forças Armadas - os submarinos, os blindados Pandur... -  e muitos outros)...

Às vezes até nos custa a acreditar que todos estes figurões em que "tropeçamos"  por aí a todo o momento, já foram um dia adoráveis criancinhas...

 

Mas isto foi apenas um aparte que não consegui evitar...

 

A propósito disto, vem-me à memória um desejo muitas vezes expresso pela minha filha quando era mais pequena: "Papá (mamã) eu quero ficar sempre pequenina para gostar sempre de vocês".

Como é imensa e surpreendente a ingénua sabedoria infantil!

Vivam pois todas as crianças do mundo, muito em especial aquelas que sofrem de graves carências de tudo que é essencial para um crescimento harmonioso e saudável. Para essas, tenho aqui na minha frente um pedido do Comité Português para a UNICEF, ao qual prometo dar a devida atenção:

publicado às 16:11

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D