Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

OVNI VISTO EM VALONGO...

 

Extraterrestres: OVNI visto em Alfena em 1990 continua por explicar

Porto, 16 Mai (Lusa) - O Objecto Voador Não Identificado (OVNI) observado em Alfena, Valongo, em 1990 continua por explicar, disse hoje à agência Lusa o professor de Astrobiologia na universidade norte-americana do Texas em Austin, Carlos Oliveira.


Extraterrestres: Ovni visto em Valongo em 2009 continua sem explicação, mas segundo alguns estudiosos deste tipo de fenómenos, este "avistamento" tem características diferentes daquele que consta dos relatos de 1990 em Alfena.

Segundo várias testemunhas, têm ocorrido múltiplos "avistamentos" desde finais de Agosto, parecendo existir uma certa unanimidade nos relatos que situam os primeiros episódios algures numa zona localizada na Vila de Alfena, próxima da Junta de Freguesia. Há ainda coincidência nas descrições relativamente ao percurso do "objecto" que "terá andado a pairar algum tempo sobre uns terrenos designados por "monte 14" (junto ao nó da A41-Senhora do Amparo) tendo planado ainda a baixa altitude sobre uma propriedade com o nome de Quinta do Bandeirinha (próxima do Míni Preço) após o que "disparou" literalmente em direcção a Valongo".

Já nesta Cidade, foram registados os relatos de alguns "avistadores" locais referindo ter presenciado "um objecto estranho em forma de disco voador com uma cúpula brilhante onde se podia vislumbrar um rosto masculino de tipo humanóide e com uma proeminência pilosa sobre o lábio superior semelhante ao bigode de alguns humanos, a planar sobre o edifício da Câmara, tendo de seguida entrado por uma das janelas (ou portas") - aqui não ouve unanimidade nos relatos relativamente a este pormenor.

Alguns relatos relativos aos "avistamentos" de Alfena referem um pormenor insólito: "o objecto terá sido "catapultado" a partir de umas rampas de acesso a uma moradia situada numa rua próxima do Intermarché, rampas essas que se "volatizaram" com a força da descolagem".

"A Terra como Limite" continuará a seguir de perto todos os desenvolvimentos relacionados com este caso insólito.


Alerta relativo ao acto eleitoral do dia 11 de Outubro: Teme-se que as candidaturas dos UNIDOS em Alfena e PSD/CDS-PP em Valongo estejam infiltradas por elementos alienígenas cuja missão visará o extermínio da espécie humana em todo o nosso Concelho, pelo que se apela a todos os eleitores para NÃO VOTAREM nestas candidaturas!

 

publicado às 23:54

UNIDOS POR ALFENA - "ESQUELETOS NO ARMÁRIO"...

(Excerto de uma entrevista concedida pelo Dr. Arnaldo Soares ao Ciberjunta no início de 2008)

Desculpem lá eu Insistir neste assunto - às vezes dá-me para a teimosia...

É que o visado faz questão de se manter mudo e calado e nem "pressionado" reage aos desafios que um pouco por todo o lado lhe lançam para que se explique - "assobia para o ar" fingindo que "não se passa nada" e o mesmo fazem os restantes elementos do núcleo duro (ou "bando dos quatro" como são mais conhecidos) pelo que espero que entre a restante "família" (aquela parte que ainda mantém algum resquício de "UNIDADE" apesar do vendaval que por aí vai) apareça alguém a dar algumas respostas...

Começando por explicar por exemplo:

1. Porque não estão aprovadas e disponíveis as Actas das reuniões do Executivo;

2. Porque se mantém em segredo o Protocolo assinado entre a Câmara e/ou a Junta e a empresa Eusébios, SA relativamente ao abortado projecto para a Quinta do Bandeirinha (o tal em que ia ser decida uma excepção ao PDM ao abrigo da declaração de interesse Municipal...)

3. Em que ponto se encontra a promessa de colocar o miniautocarro ao serviço da população;

4. Em que ponto se encontra a questão do terreno para a nova Unidade de Saúde (que segundo foi dito e repetido na altura das "intercalares" de Janeiro já estava tratada e só não seria divulgada para não dar lugar a nova "sabotagem"(?)

5. Que tipo de envolvimento existiu por parte do Executivo da Junta (formal ou apenas tácito) no abortado - porque ilegal - arranque da Zona Industrial II (no famoso "monte 14") e já agora, qual a actual situação dos terrenos pagos a dinheiro ao seu proprietário;

6. Etc., etc., etc.

Como é possível que ainda possa existir alguém com desfaçatez bastante para se apresentar de novo a sufrágio no próximo dia 11 de Outubro, com todos estes "esqueletos escondidos no armário"?

Como é possível que pessoas de bem que estiveram de boa fé neste projecto dos "UNIDOS" - e há algumas -  aceitem pactuar (através do seu silêncio) com este estado do coisas?

 

publicado às 17:43

O "PLÁGIO"...

Declaração prévia de interesses: Para os devidos efeitos aqui deixo bem claro que "não sou o avô do Pinóquio" (do verdadeiro) que aliás nem conheço. Já estes, conheci-os através de um "amigo comum" - http://pinoquios.wordpress.com/ que mos apresentou há alguns dias atrás (quando não eram ainda tão famosos como agora são).


E já que fomos apresentados, aproveito a embalagem para lhes lembrar que não é nada bonito andarem para aí a imitar o mais famoso exemplar contrafeito que se conhece a nível nacional - o conhecido "Pinócrates":

Prometer tudo e fazer o contrário, tem patente registada por ele, pelo que meus caros e ternurentos bonequinhos que temos acalentado desde 2005, alimentando-vos, engordando-vos com desvelo e assistindo embevecidos ao crescimento imparável dos vossos respectivos apêndices nasais, correm sérios riscos de uma demanda por parte do "dono da patente".

Temos pois um problema com várias alíneas:

a) Tal como o dito "Pinócrates", têm-nos andado a mentir desde 2005;

b) Incorrem por isso no crime de plágio;

c) Nesta altura do campeonato, já não existe qualquer possibilidade "emendarem a mão" (faltam menos de três semanas para as eleições...);

Porém, porque "gostamos muito", mas muito mesmo de vocês, estamos dispostos a "declarar por escrito - a jurar mesmo com a mão sobre a Bíblia (contrafeita) se necessário for - que todas as mentiras que nos têm andado a impingir são as mais puras das verdades!".

Ficamos pois na expectativa, rezando para que não se armem agora em orgulhosos e aceitem a nossa oferta.


PS: Esta oferta inclui como é óbvio, a retirada de todas as "notas de débito" que vos enviei até este momento...

publicado às 01:09

PARA A "CONCHICHINA"?

Cartaz com erro ortográfico
MMS quer mandar os líderes partidários para a "Conchichina"
17.08.2009 - 14h21 Lusa,
PÚBLICO


Para um movimento que se arroga a pretensa intenção de "mudar Portugal" fica-lhes mal esta pública demonstração de "más práticas" ecológicas: Exportar "resíduos" para outro País,  (ainda que esse "País" seja puramente imaginário) é feio, muito feio mesmo!

Mal por mal, mais vale "varrer" tudo (todos) para debaixo do "tapete": Acreditando que todos sejam completamente "biodegradáveis", mais tarde ou mais cedo irão transformar-se em vulgar "cotão" que as correntes de ar se encarregarão de espalhar...

Quanto ao MMS, tal como muitos outros grupúsculos de que só se ouve falar em vésperas de eleições, não precisarão sequer de nenhuma corrente de ar para desaparecer logo depois do dia 27: Simplesmente, volatizam-se deixando apenas umas pequeninas "sementes" para poderem brotar timidamente no próximo acto eleitoral...

 

 

publicado às 11:54

A "CONQUISTA DE VALONGO"...


Com a devida vénia a <alfenaforumdaverdade@gmail.com>

Penso que se torna cada vez mais evidente que a maioria dos Alfenenses já não acredita de facto naquele "projecto de sonho" de 2005!

Promessas, muitas promessas, quase todas por cumprir e mesmo assim, porque "valores" mais altos (e mais sonantes) se levantam, o nosso promissor e quase "messiânico" autarca (na versão de 2005) esquece rapidamente tudo isso para subir (ou descer, depende do ponto de vista...) mais um patamar na escala em em que se classificam os "alpinistas sociais" dos tempos modernos.

Agora a sua "Meca" já não é Alfena, mas sim um outro ponto um pouco mais a Sudeste - Valongo...

Dizem que para aquelas bandas, existem mais hipóteses de se encontrar a "Arca do Tesouro", pelo que até se percebe a sua opção...


PS: Só não se percebe é porque é que, em vez de abalar  pura e simplesmente  deixando-nos o caminho livre, tenha optado por sabotar a "picada" com muitos obstáculos (e "Pedregulhos") que agora vamos ter de remover...

publicado às 20:58

CORAGEM DE MUDAR - Alfena 20-09-2009







Não, não são fotos de Alfenenses em peregrinação à Santa Rita - que não é por estas alturas a festa da Santa....

Também não se trata de nenhuma peregrinação das gentes de Alfena rumo a Fátima, porque também não há nenhuma cerimónia especial por estes dias naquele Santuário...

Do que se trata mesmo, é de umas centenas de Alfenenses com CORAGEM DE MUDAR numa marcha que vem na sequência de outras duas já efectuadas em Ermesinde e Valongo, gritando bem alto que querem à frente dos destinos da sua terra - Valongo e Alfena - gente diferente daquela que tem presidido aos nossos destinos autárquicos nos últimos anos.

Pela amostra se vê que os Alfenenses não estão de acordo com com o "trabalho" desenvolvido pelos "independentes" dos Unidos por Alfena nos dois mandatos anteriores.

É que apesar de uma certa degradação dos costumes a que temos vindo a assistir nos últimos tempos em termos da sociedade em geral, por estas bandas e nesta terra de nobre gente ainda preservamos quase religiosamente um dos valores maiores transmitidos pelos nossos antepassados: O valor da palavra dada e os Unidos não respeitaram esse valor!


PS: Não sabemos se lá para os lados da Régua também se defendem estes valores (há quem afirme que não....) mas por aqui ainda somos assim!

publicado às 20:04

VENDEDORES DE... "BANHA DA COBRA"

Mais um dia de blá-blá-blá eleitoral. Vendedores da "banha da cobra" numa numa lufa-lufa louca como se fosse este o último dia da sua vida, cada um enaltecendo as virtudes do seu "produto" - que todos sabemos ser exactamente igual ao dos concorrentes, diferindo apenas num ou outro pormenor do embrulho...

Estamos apenas a meio da "seca" e já começo a a ter dúvidas sobre se vou conseguir aguentar até à próxima sexta-feira sem "trepar pelas paredes" (ou hibernar, ou desligar tudo - TV's, rádios, internet...).

Claro que posso simplesmente agarrar no "Crepúsculo" de Stefhenie Meyer cuja leitura tenho andado a adiar e iniciar um retiro "lá em cima" (no estúdio do último piso, onde a ligação WI-FI da internet não chega) regressando à área "social" da casa, apenas na sexta-feira ao bater da meia-noite, altura em que é suposto as "pilhas" acabarem aos "propagandistas" de serviço...

Mas apesar de tudo, tenho sorte: O resto do "pessoal" cá da casa partilha inteiramente desta minha aversão, o que facilitará bastante qualquer atitude mais radical que eu resolva tomar...


PS: Ah! E todo este sacrifício para no fim, continuarmos a alombar com o Sócrates a partir do dia 28 (agora numa sequela mais soft, porque sem maioria absoluta) fazendo apelo à sua força interior para se metamorfosear em "menino de coro" e fingindo amnésia em relação às malfeitorias cometidas na anterior "incarnação"... 

 

publicado às 00:42

PROJECTO "NOVA ALFENA"...

 

Este quadro apresenta os resultados das intercalares de 25 de Janeiro em que Os "Unidos" obtiveram uma "expressiva vitória" - 82,40% dos votos expressos...

Só que esta "expressiva vitória" tem um "outro lado" pelo qual os "Unidos" nunca procuraram fazer análise: A abstenção rondou os 54%, o que significa que nem perante o enorme esforço de mobilização que fizeram, assente numa dramatização levada ao extremo, conseguiram convencer os Alfenenses a ir votar!

Por isso é que desta vez, perante o total desrespeito dos "Unidos" relativamente aos seus 4.546 eleitores a quem fizeram uma série de promessas que não cumpriram e sobre as quais nem sequer falam, neste momento em que o seu "ideólogo" resolveu abandonar o barco para tentar "voos mais altos" (e mais compensadores) junto do seu "patrono" de sempre - o Dr. Fernando Melo, não podemos de forma alguma transformar a nossa revolta (que se constata nas ruas, no trabalho, nas conversas de café) em abstenção!

A abstenção só favorecerá aqueles que pretendem manter o actual estado de coisas!

A abstenção beneficiará sem sombra de dúvidas os "amigos do peito" do Dr. Fernando Melo - aqueles por quem ele não hesitou em sacrificar os seus correligionários do PSD de Alfena, que já com cartazes de propaganda afixados e um programa elaborado, tiveram que mandar tudo para o caixote do lixo! 

O mesmo se aplica aos votos nulos ou em branco, pelo que a única forma que temos de promover uma mudança que ajude a colocar (de novo) Alfena no mapa das prioridades da Câmara e do Governo é eleger gente séria para presidir aos destinos da nossa Terra.

No dia 11 de Outubro, vamos votar em qualquer uma das outras alternativas que se apresentam, mas NUNCA, mesmo NUNCA darmos mais uma vez o nosso voto a quem nos traiu

 

publicado às 15:08

VALONGO - UMA REALIDADE INCONVENIENTE...


Isto (também) é Valongo, uma Valongo de que Fernando Melo não fala - porque se calhar até já se esqueceu que ela existe -  mas onde vive gente, onde passa gente, onde brincam crianças, uma Valongo que seguramente NÃO VOTARÁ nele no próximo dia 11 de Outubro...

A grande questão reside em que os Valonguenses humildes e desprezados a quem estas imagens se referem e a quem o poder autárquico que os governa desde 1993 esqueceu que existem, se capacitem de que VOTAR É PRECISO e que a abstenção só vai ajudar esta gente a perpetuar-se no poder!



publicado às 18:16

VALONGO MERECE (MUITO) MELHOR!

Chumbado contrato de obra já concluída
2009-09-12
HUGO SILVA - JN
O contrato para a obra de requalificação e ampliação da escola da Bela, em Ermesinde, Valongo, foi considerado irregular pelo Tribunal de Contas, mas o facto é que a empreitada, entregue por 584 mil euros, já foi concluída.

O contrato assinado entre a Câmara de Valongo e a empresa QT - Construção e Engenharia já tinha sido chumbado no início deste ano, com a empreitada em curso. A Autarquia recorreu, mas a decisão foi mantida. Como os trabalhos nunca chegaram a ser interrompidos, a obra está pronta.

No texto da decisão, os juízes reiteram que a Câmara já tinha sido alertada, em situações anteriores, para as deficiências legais no processo de concurso público, mas que, ainda assim, reincidiu. Neste caso, os problemas prendem-se com a exigência de habilitação do empreiteiro para além daquilo que a lei estipula e com o valor excessivo dos dossiês do concurso público.

"As decisões e recomendações que o Tribunal dirigiu ao Município de Valongo em 2006, 2007 e 2008 eram bastante explícitas, não deixando margem para dúvidas sobre o procedimento a adoptar para cumprir a lei", sustentam os juízes-conselheiros, reiterando que "foi dada à Autarquia a informação necessária para evitar a prática das ilegalidades".

No recurso, a Câmara ainda argumentou que a organização municipal é complexa e que as recomendações chegam a um departamento (de Obras) que se limita a receber o visto do Tribunal de Contas. "Este departamento não possui funcionários com formação jurídica e desconhece por completo o significado das recomendações", explicou a Autarquia, admitindo que não existe uma ligação de comunicação entre os vários departamentos. Ou seja, os alertas anteriores do Tribunal "não chegaram ao departamento competente pela instrução dos procedimentos".

"O município podia e devia ter evitado a ilegalidade praticada", consideraram, contudo, os juízes.

Um dos três juízes-conselheiros não concordou com a recusa do visto ao contrato de empreitada, até porque não ficou claro que houve uma alteração do resultado financeiro do concurso, por causa das falhas apontadas.


A pergunta que me ocorre: É nesta Candidatura protagonizada pelo Dr. Fernando Melo que que se pretende que os Valonguenses apostem no próximo dia 11 de Outubro?

É que a gestão autárquica do nosso Município é pródiga em inúmeros "casos" idênticos a este, o que torna o risco dos "apostadores" ainda maior...

publicado às 01:39

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D