Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA (JÁ NÃO) 'VAI AO HOSPITAL...

Parafraseando a conhecida frase, também neste caso - a prevista realização da sessão de  Assembleia de Freguesia no Hospital Privado de Alfena - não há 'consultas grátis' nem 'visitas' inocentes.


Confirma-se entretanto, que no último dia útil do mês de Junho - sexta feira - o Centro Cultural estava ocupado com uma iniciativa da autorizada pela Câmara e que se prolonga pelo fim de semana. Mas como a oposição sempre disse, o mês tem outros dias que não apenas o 29.º e Alfena também tem (felizmente) outros espaços além daquele que tem sido habitualmente utilizado, ou do que se pretendia utilizar.

 

Não fazia pois sentido 'inventar' aqui um conflito a partir do momento em que se constatou que a oposição em bloco se opunha à utilização do referido espaço privado emprestado pelo grupo Trofa Saúde, pelo que foi sensato da parte da mesa da Assembleia ter promovido a reunião de concertação de ontem e ter chegado ao acordo a que chegou com os representantes da Coragem de Mudar e do Partido Socialista de Alfena, o qual consiste no adiamento para o próximo dia 4 de Julho - uma quarta feira - da prevista sessão.

Tratou-se pois de um 'não caso' que bem poderia ter sido evitado se a referida reunião de concertação tivesse sido promovida antes da primeira marcação.


Temos obviamente a noção de que o acordo de ontem, não vai agradar a alguns dos indefectíveis apoiantes do grupo Trofa Saúde - e queremos deixar claro que não nos referimos em concreto a nenhum dos membros da mesa da Assembleia - que viram aqui uma 'janela de oportunidade' (agora perdida) de 'promover por todas as formas possíveis aquela unidade de saúde junto da população local' - acabei de citar um pequeno trecho do 'protocolo secreto' estabelecido entre as partes que então se reuniram na Câmara, na altura do lançamento do projecto.

Mas como é costume dizer-se, 'tudo está bem quando acaba bem', o que foi o caso de ontem.

 

 

publicado às 13:07

CÂMARA DE VALONGO - O PRESIDENTE+1

Um super presidente só pode merecer liderar um super gabinete! Um super presidente, não podendo alterar a 'geometria' do gabinete que Fernando Melo lhe impôs que não fosse 'variável', só tinha uma opção possível - ainda que mais onerosa e prejudicial para as finanças: cooptar uma espécie de vice-presidente/funcionário, sendo que no caso concreto, é uma pessoa de fidelidade inquestionável, dado ser um dos vogais da sua comissão política do PSD concelhio!

 

Mas como se tudo isto já não fosse suficiente nebuloso - para usar um termo soft - o 'vice-presidente/funcionário' é também o porta-voz da Comissão política do PSD!

Custa a acreditar? Admito que sim, por isso AQUI vai o link - passe a 'publicidade' - para a página laranja (ver ao fundo da mesma).


Deixa de desempenhar as funções privadas na empresa onde estava colocado? Pois que deixe, que não será por isso que  a Fábrica Paupério irá à falência. E também,  não é por causa desta 'contratação' que a Câmara irá parar  - já parou faz tempo!


Mas se mal pergunto, quais serão as funções que ficarão cometidas ao 'seu' chefe de gabinete que Fernando Melo fez questão de deixar claro que deveria ser mantido?


Claro que compreendemos - compreendemos mesmo? - que no actual contexto e tendo em conta a aproximação do processo eleitoral (apenas) o chefe de gabinete seria insuficiente para todo o trabalho de ligações e ramificações que vai ser necessário, daí que previsivelmente, o adjunto deva ficar mais como interface entre a Câmara e o Partido (ou vice-versa).

Faz sentido... - será que faz?

 

PS: Claro que após esta 'cooptação', a descrição anexa à fotografia acima terá de ser editada - na página pessoal do senhor assessor e no layout da empresa...



publicado às 13:56

SERVIÇO PÚBLICO - ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE VALONGO

Conforme o edital que publico a seguir e que consta da página da autarquia na Internet, terá lugar no próximo dia 27 mais uma sessão ordinária da Assembleia Municipal.

Esperam-se intervenções acaloradas - sobretudo no ponto de 'antes da Ordem do Dia' - dadas as mudanças recentemente operadas ou ainda em curso, no xadrez complicado da Câmara.


publicado às 14:02

ALFENA CIDADE - 1.º ANIVERSÁRIO (SEM 'POMPA NEM CIRCUNSTÂNCIA')...

Segundo 'uma ideia' dos UpA', lá assistimos ontem à sessão minimalista, bem à medida do espaço que nos reservaram, em ameno convívio com alguns peões que iam passando, desconhecedores do evento ou simplesmente desinteressados em nele participarem, para 'soprar a primeira vela' da nossa cidade-bebé. Nem a presença da totalidade da 'governação' da Câmara de Valongo e da Junta de freguesia de Alfena foi capaz de motivar de forma significativa quem de facto poderia abrilhantar o acto - o Povo alfenense! Os escuteiros sempre generosos, encarregaram-se do cerimonial que nestas circunstâncias sempre se impõe: pequeno desfile, o Hino Nacional e o hastear das bandeiras - a da Cidade-bébé, teve um percalço na subida e foi preciso desatar um nó que alguém menos atento não viu. Fossem tão fáceis de desatar aqueles que 'amarram ao solo' a Câmara de Valongo, limitando-a à simples e 'duodécima gestão corrente' da navegação à vista.

 

Os eleitos da oposição marcaram o seu protesto pela ausência, pois enviar-lhes no final da manhã, por e-mail um convite para uma cerimónia a ter lugar às 20:45, convenhamos que se não é falta de respeito anda lá muito próximo. E mesmo assim, só receberam o convite, porque no dia anterior houve reunião de lideres da Assembleia municipal para a preparação da próxima sessão ordinária daquele Órgão e presidente da Junta, que também é deputado por inerência recebeu tantas 'indirectas' sobre a indesculpável gafe que lá conseguiu pôr a máquina a enviar convites uma escassa meia dúzia de horas antes do evento.

 

E não é que nem o próprio autor da proposta de lei aprovada na Assembleia da República, o então deputado nacional do PS Dr. José Manuel Ribeiro havia sido convidado? Parece que no caso dele, o Facebook foi a solução de recurso para lhe pedirem para estar presente...


Quanto aos ilustres da Câmara, que ali compareceram e bem, como era de seu direito e obrigação,  dado o notório 'esfriar' das relações deste Órgão com o 'líder natural' dos UpA - o deposto Arnaldo Soares que ontem se desdobrava em beijos e abraços - só eles o poderão confirmar, mas não sei se a antecedência do convite terá sido maior.

 

Às vezes confesso que me sinto dividido entre a hipótese de se tratar (apenas) de simples amadorismo de gente que está mais habituada a organizar convívios de motards com streepers e outro tipo de animadores profissionais na programação, ou se pelo contrário existirá uma intenção deliberada em reduzir o papel da oposição à sua 'insignificância' - na óptica deles evidentemente!

 

Apesar de tudo, ainda faço um esforço para acreditar que se tratará tão-somente de uma mistura 'equilibrada' mas desprestigiante das duas hipóteses.

Confesso que não sei - porque não estive lá - como terá decorrido a parte da animação 'deslocada' para o recinto da Igreja da Senhora da Paz, com a actuação da fanfarra dos escuteiros e a actuação de algumas tunas académicas, mas por muito animada que tenha sido essa parte, a cidade-bebé merecia um pouco mais neste seu primeiro ano de vida.

 

À margem da cerimónia, aproveitando os 'tempos mortos' da mesma e a circunstância de ali se encontrarem o líder concelhio do PS, José Manuel Ribeiro e eu próprio, membro da Direcção da Coragem de Mudar, o Presidente da Junta e também o da Assembleia de Freguesia, desdobraram-se em esforços no sentido de nos convencerem da 'bondade' da sua decisão de deslocarem a próxima sessão da Assembleia de freguesia - dia 29 de Junho - para o auditório do Hospital Privado de Alfena.

 

Invocam a ocupação do Centro Cultural neste dia, com um evento da Câmara, para justificar aquela deslocação para Sul.

Felizmente Alfena tem mais alguns espaços públicos onde o seu Órgão deliberativo pode reunir e o mês tem também mais dias úteis além do 29.º! Portanto, da parte da Coragem de Mudar, não haverá abertura para aceitar esta insólita e injustificada deslocação para Sul e cremos que a representação do Partido Socialista, atendendo à opinião expressa pelo seu líder  concelhio, seguirá no mesmo sentido!

 

Sabemos que aquando do lançamento do 'grande e rentável' (para alguns) projecto do Hospital Privado de Alfena, o 'protocolo secreto' vinculava a Câmara e a Junta a fazerem tudo para facilitarem a vida e promoverem a imagem do novo Hospital. Pelos vistos, a Junta está a cumprir a sua parte. Pena é que por parte do HPA não se tenha verificado o mesmo, e que os alfenenses continuem a ver os sonhados empregos 'por um canudo'

publicado às 11:22

ALFENA CIDADE NÃO É (APENAS) O 'GRANDE CALHAU'!

Alfena não é nenhum enclave autónomo no meio de um País com leis.

(Bem sei que também temos mais ou menos no meio, um Calhau, mas daí a querermos compará-lo com Gibraltar, só pode ser mania das grandezas...).

 

Em Democracia, existem regras e elas não foram respeitadas!

Em Democracia existe sempre, com maior ou menor representatividade, mas nem por isso menos respeitável, uma Oposição e ela não foi respeitada!

Em Democracia existe uma lei que 'dá pelo nome, Estatuto do Direito de Oposição e ele não foi respeitado!


Quando decidiram levar a sessão do Órgão deliberativo da freguesia, para 'casa de uns amigos' sem ouvirem a opinião de todos e sem procurar saber se todos estariam de acordo com essa deslocação inusitada e sem qualquer 'histórico' que a suporte, deveriam ter adivinhado que estavam a 'comprar dissabores'.


É que por este andar e se deixássemos passar esta insanidade, um dia destes a Assembleia estaria a reunir no 'clube dos pombinhos', na sede dos motards, no Senhor Churrasco ou no Teles - passe a publicidade aos dois últimos, onde até nem se come nada mal!


Em Democracia, as minorias às vezes - no caso de Alfena quer-me parecer que sempre - têm a lei do seu lado e o 'quero, posso e mando' nem sempre consegue prevalecer sobre essa mesma lei.


Desta vez e felizmente para Alfena, a oposição - curiosamente sem qualquer concertação prévia - adoptou uma posição comum e firme, de recusa de promiscuidades e de respeito pela lei vigente.


O recorte que se segue  - um ofício hoje mesmo remetido ao Presidente da Assembleia de freguesia - corresponde à posição dos eleitos pela Coragem de Mudar.


Esperemos que no fim de tudo isto, o bom senso prevaleça e a primeira figura do poder autárquico na nossa freguesia/cidade consiga de uma vez por todas, impor o seu estatuto a quem só vê 'negócios' à frente.


publicado às 23:00

ALFENA CIDADE ('FILHO ADOPTIVO' DOS UpA) - 1.º ANIVERSÁRIO

Alfena comemora amanhã o primeiro aniversário da sua elevação a cidade.

Temos pena e por isso estamos à vontade para falar, mas a ideia não partiu da Associação que represento (Coragem de Mudar), o que não quer dizer que não nos sintamos profundamente felizes com essa subida de estatuto.

Mas também não foi ideia da maioria que governa Alfena, que até nem a aprovou unanimemente, quando foi apresentada na Assembleia de Freguesia - quem tiver dúvidas, consulte a acta dessa sessão.

E pior do que tudo isso, foi até alvo de alguma chacota numa reunião de Junta, quando houve necessidade do executivo se pronunciar sobre o assunto:

"Acham que isto resolve algum problema de Alfena? Nós não temos essa opinião. Mas pronto, pedem-nos que nos pronunciemos e se isso os faz felizes, que é que podemos fazer? Dizer que estamos de acordo..." - tudo isto dito pelo presidente do executivo,  com uma indisfarçável ironia nas palavras e com o ar de quem não acreditava no desenlace final.

A verdade, é que a proposta partiu como todos nos recordaremos, do Partido Socialista e do seu Deputado municipal e líder da estrutura concelhia deste Partido, Dr. José Manuel Ribeiro.

Tudo isto deveria - no nosso entender - ser tido em conta na hora das comemorações, o que aliás é uma prática comum seguida quer por muitas autarquias, quer pelo próprio governo, quando  'apanham' autarcas ou governantes que já não exerçam funções na altura das inaugurações de obras lançadas por aqueles.

Parece no entanto que os UpA, que ganharam um 'filho' feito por terceiros - nascido aliás de uma 'gravidez' na qual não acreditavam - afinal gostaram tanto do 'miúdo' que agora não dividem com ninguém o acto de apagar a primeira vela no 'bolo' de aniversário.

É inadmissível que  se  tenham limitado a fazer um convite genérico à população, esquecendo a obrigação formal de convidar todos os eleitos e pior do que tudo isso - e aqui quero dizer desde já que não tenho procuração nenhuma de quem quer que seja para a crítica seguinte - se tenham 'esquecido' de convidar o autor da proposta de elevação de Alfena a cidade!

É uma postura verdadeiramente lamentável, profundamente sectária e que denota um profundo egoísmo ao não querer 'repartir' algum eventual protagonismo com mais ninguém, agravada ainda pela circunstância de não terem sequer acreditado e terem até glosado com o tema dessa elevação, numa altura em que a mesma não estava ainda garantida.

Parece que vamos ter de continuar a conviver até 2013 com o 'quintal' dos UpA, o que é lamentável. Tudo indica que vão querer continuar a ser os 'mordomos da festa' - de todas as festas - a fazê-las, a lançarem os foguetes e a apanharem as canas'...

publicado às 13:56

ALFENA E AS SUAS ESPECIFICIDADES - 'NÃO HÁ ALMOÇOS (ASSEMBLEIAS) GRÁTIS'...

Ainda a propósito da 'insólita' decisão do presidente do Órgão deliberativo da Freguesia de Alfena - certamente depois de muito instado pelo Órgão executivo - de 'levar os alfenenses ao Hospital', recebi o comentário que se segue, bem ao estilo do meu amigo A.da Vicência, mas que 'chamando os bois pelo nome' coloca o dedo cirurgicamente no epicentro da chaga que corrói o tecido da nossa cidade.

Há males que não têm cura e deve seguramente o caso deste que nos afecta a todos, mas com o qual teremos forçosamente de conviver até 2013.

Não será por isso com uma ida ao Hospital que ficaremos curados - bem pelo contrário, corremos é o risco de entrarmos com 'uma ou duas doenças' e sairmos de lá com o rol competo das mais conhecidas.

Vamos então ao comentário que resolvi 'puxar cá para cima' - e que 'assino por baixo'


Estava à espera de quê ?
Nem parece seu, meu caro Neves !!!...
Tem mesmo que ser no hospital.
Aquilo é tudo gente muito "doente". Doença do foro neuropsicopolitológico ( não sei se é o termo correcto, o "medicinês", tal como o "eduquês", o "economês", o "politiquês" e quejandos, não são o meu forte, humildemente, confesso.)
"Doença" que os impede de ter sempre bem presente que à mulher de César não basta ser séria...
Que não há almoços grátis...
Quanto ao "ultimo reforço", refere-se a A. S., certo ?
Renegado e, claro, ressabiado, também ele, tal como os restantes "Amarelos" de cima, sofre da mesma moléstia: Insuficiência cívica e política aguda, com tendência para a pedintodependência crónica.
Melhor, em "Alfenês" que toda a gente percebe: uns moços de "fretes"...
Cuidado, muito cuidado, para os lados da rotunda do calhau está a ficar tudo contaminado.
Abraço do A. da Vicência


 

publicado às 17:48

ÓRGÃO DELIBERATIVO DE ALFENA 'LEVA' O POVO AO HOSPITAL...

Voltando ainda ao assunto Assembleia de Freguesia - marcada para o auditório do Hospital Privado de Alfena - e para que não restem dúvidas sobre o que escrevi no post anterior, reproduzo a seguir o meu pedido de informação à ARS-Norte sobre o licenciamento desta Unidade de Saúde, bem como a resposta que me foi remetida por aquele Organismo - assunto já aqui abordado há algum tempo atrás, mas que agora e dadas as circunstâncias, merece ser relembrado.

Já depois da resposta que reproduzo a seguir, fui informado telefonicamente, que está em curso um processo de contra-ordenação por funcionamento sem a respectiva licença.

Não se percebe por isso que 'jogo de interesses' terá levado o executivo a influenciar o Órgão deliberativo da Freguesia a embarcar nesta 'jogada de marketing', ou melhor, percebe-se mas não se pode aceitar, sobretudo pela falta de responsabilidade social e desrespeito pelos compromissos assumidos para com os alfenenses, por parte do HPA.


Alfena, 9 de Janeiro de 2012

(...)

Como “declaração de interesses” devo referir que faço parte da Direcção da Associação Coragem de Mudar,  um Grupo independente de cidadãos com 2 Vereadores eleitos na Câmara de Valongo e Deputados nas várias Assembleias de Freguesia do Concelho.

Tenho vindo a tomar conhecimento pela comunicação social, do anúncio da inauguração do Hospital Privado de Alfena, inauguração essa, que depois de vários adiamentos, ocorreu formalmente hoje pela 11 horas, com o acto simbólico de “cortar a fita” por parte de Fernando Melo, presidente da Câmara de Valongo.

Como potencial utente – sou aposentado da função pública e portanto, utente da ADSE – é com preocupação que sigo este processo, nomeadamente o anúncio RTP –Informação, de que a Unidade abre hoje ao público, quando verifico que não consta da lista de licenciamentos na página da ARS-Norte.

Já agora e porque a propósito desta situação, me surgiram dúvidas sobre uma prestadora privada de cuidados de saúde onde tenho recorrido ultimamente – a Clipóvoa Boavista e o seu Hospital da Arrábida, solicito informação sobre a regularidade dos mesmos perante o licenciador .

Com os melhores cumprimentos,

 

(Celestino Neves)


 

publicado às 13:19

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D