Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA - GENTE DE 'MÁS CONTAS'...

Apesar de, aparentemente, o erro não implicar em nenhuma alteração nos resultados concretos, a verdade é que não deveria ter ocorrido e sobretudo, não deveria ter passado despercebido à Comissão de Apuramento.

De facto, segundo os resultados vertidos no Portal da CNE, em Alfena votaram para a Junta e para a Câmara, 7026 eleitores e para a Assembleia Municipal, 7029 (3 votos a mais, portanto).

 

Legalmente, é possível votar apenas para um dos Órgãos - eu por acaso não sabia - mas quando isso acontece, as descargas nos cadernos eleitorais devem condizer e além do mais, a acta de apuramento da(s) mesa(s) onde isso tenha acontecido devem referir a situação.

 

De qualquer modo, não tem muita lógica que a votação para o Órgão Assembleia Municipal fosse mais motivadora do que a relativa à Câmara e à Assembleia de Freguesia...

 

Vale a pena ler este post do Blog amigo Alfena da Liberdade


Recortes:





publicado às 19:50

ESTE BLOG TEM UM DEPUTADO MUNICIPAL...

No próximo dia 17 de Outubro terá lugar no Auditório Dr. António Macedo - espaço comercial ao lado da Câmara - a  instalação do Órgão Assembleia Municipal do nosso Concelho (ver recorte abaixo)

 

Será com imenso orgulho que ocuparei o meu lugar no grupo municipal do Partido Socialista cuja lista integrei como independente.

Aqueles que me conhecem melhor e também o presidente de Câmara agora eleito, o Dr. José Manuel Ribeiro, sabem que não me coloquei em 'bicos de pés' para integrar a lista em lugar elegível, portanto, não é para estes que dirijo estas breves linhas.

 

Se me permitem e porque dessa forma explicarei quase tudo, vou lançar mão por breves momentos do formato 'noite dos Óscares' para a seguinte declaração:  

 

Agradecimentos:

 

Ao Dr. João Paulo Baltazar, que há muitos meses atrás numa reunião pública de Câmara, se 'passou dos carretos' na sequência de uma questão que lhe coloquei no ponto da ordem de trabalhos reservado ao público e me atirou com esta 'pérola': "desafio-o a concorrer a eleições e se for eleito, já pode falar à vontade". Convidaram-me, concorri e não é que ganhamos as eleições?

 

Aos meus ex amigos Dra. Maria José Azevedo e Dr. Pedro Panzina, fundadores da Associação Coragem de Mudar de cuja Direcção faço parte, porque na ânsia quase doentia de 'evitar' qualquer acordo pré eleitoral entre a Associação e o Partido Socialista, eventualidade essa que lhes roubou o sono durante muito tempo, não hesitaram em fretar um 'autocarro' cheio de pseudo-associados para boicotarem uma assembleia geral em que a hipótese desse acordo iria ser discutida. 

Tanto me (nos) acusaram de já termos o 'acordo' firmado, que sem o querer, acabaram por me incentivar a - poucos dias antes da data limite para a apresentação das listas - aceitar o convite do Dr. José Manuel Ribeiro.

 

Aos meus amigos - incluindo neste caso também os do Facebook - que me incentivaram de todas as formas a deixar por esta vez a minha área de conforto e me empurraram para uma campanha eleitoral num formato que à partida não me atraía por aí além, devo confessá-lo, mas que de forma 'insidiosa' me soube envolver e em que participei de alma e coração, sobretudo com os meus amigos de Alfena e que me permitiu conhecer melhor os lugares e as pessoas da minha terra.

 

À minha família mais próxima, porque no seu afã de me terem só para eles, tudo fizeram para me demover de aceitar o desafio - "deixa-te disso, os mais novos que participem, goza a tua reforma (esta é boa, a minha recortada reforma!) dedica o teu tempo à fotografia, à escrita, passeia..." - me transformaram naquele miúdo a quem a mãe proibiu de fazer isto, aquilo e aqueloutro. Fiz o contrário e eles acabaram por aderir e se incluir na festa!

 

Ao Dr. José Manuel Ribeiro porque, tendo começado por dirigir um convite à Associação Coragem de Mudar há muitos meses atrás e tendo constatado que esse acordo não tinha pernas para andar, por questões de baixa política de uns 'pequenos trastes' que ainda se assumiam como sócios fundadores da nossa Associação, não desistiu no entanto de alargar a sua base de apoio, sempre com o sentido de melhor servir os interesses dos munícipes de Valongo, esquecendo até no meu caso, algumas pequenas 'desavenças' passadas que a esta distância nos fazem sorrir aos dois, mas que com outros líderes, seriam suficientes para uma opção por outras soluções...

 

E pronto...

 

Feita esta declaração, concluo com a frase sacramental:

"Juro por minha honra, que cumprirei com lealdade as funções que me são confiadas".


 

 

publicado às 16:52

ALFENA - CONSTRUÇÕES 'CAMILIANAS'...

E pronto...

 

Eu ainda ameacei recorrer ao SEPNA da GNR mas desta vez não foi preciso.

 

A construção da emblemática obra à esquina do burgo, denominada 'Varandas do Camelo' lá retomou neste início de semana a velocidade de cruzeiro.

Entre as 9:00 horas de ontem e as 17:30 de hoje, colocaram aproximadamente uma tábua e meia e mudaram um lote de material 10 cm para nascente, por forma a libertar espaço para a próxima travessa que prevêem colocar durante o dia de amanhã.

 

Dizem os especialistas na arte da construção tipo deck que a este ritmo é bem possível que durante as cheias do próximo a seguir ao próximo inverno (2014/2015) já seja possível aos alfenenses tomarem ali o 'Leça Azul' até Monte Córdova ou até Leça da Palmeira.

Antes disso, irá estar disponível o serviço de ferry boat que ligará Alfena a Valinhas, com inauguração prevista para 8 de Setembro de 2014, dia da festa anual.


Tenho dúvidas, mas também não insisto...

 

Quem parece não estar nada satisfeito com o avanço da construção é o lavrador do campo em frente que me abordou com um ar profundamente zangado, num dia em que andava por ali a bater umas fotos:

 

 - tem lá algum jeito! Uma pessoa vem para aqui logo de manhã cedo e a bexiga não aguenta até à hora do almoço! Onde é que nos vamos aliviar, com as pessoas a tirar-nos as medidas lá de cima?

 

Faz sentido...

 

Como também o faz o desabafo de duas lontras falantes - bilontras, como são conhecidas no meio - reclamando contra a 'camiliana' construção:

 

- Com esta crise toda, isto só vai prejudicar ainda mais o comércio de finos, gasosas, tostas mistas e afins na emblemática pequena superfície ali em frente, do nosso amigo da Panike!


(A dita cuja, fica na outra esquina do burgo e detinha até aqui o exclusivo dos encontros furtivos dos homens de negócios mais ou menos escuros e das transversais conspirações políticas dos finais de tarde ou domingos de manhã).


Tentando conciliar os vários interesses envolvidos, fala-se que estarão mesmo a decorrer negociações apressadas - no próximo dia 17 o 'dono da obra' (o herdeiro de Fernando Melo) cessa funções - para construir uma ligação em túnel que permita abastecer a partir da aromática superfície os clientes que aguardam o embarque ou presenciam simplesmente a labuta do lavrador... 

 

Alfena já mexe...

publicado às 17:43

ALFENA - REPITO A PERGUNTA: "E NINGUÉM VAI PRESO?"

 

Eu até percebo...

 

A 'mini varanda do Leça' plantada à esquina do burgo junto à 'Ponte do Penteeiro' - em frente à esplanada do Café Aroma - era uma ideia pregrina do 'arquiteco honoris causa' Camilo Moreira destinada a suprir a falta do emblemático projecto 'Vale do Leça' - frente ao cemitério paroquial de Alfena - devido ao facto de os herdeiros da Quinta das Telheiras terem desautorizado o Sr. Sebastião Costa relativamente ao protocolo que ele se tinha prontificado a celebrar com Rogério Palhau e com João Paulo Baltazar para a cedência dos terrenos, numa qualidade que não tinha, isto é, de dono daquilo que pretendia ceder - porque não é dono de coisa nenhuma.

 

A mini varanda era pois o recurso de emergência do amigo Camilo para tentar salvar do previsto - e afinal concretizado - afundamento do herdeiro.

Começou à pressa, prosseguiu à pressa e acabou à pressa mas... sem ser concluída.

 

O problema no entanto nem sequer é esse, porque 'aquilo' não é mais valia em relação à qual se possa lamentar que tenha ficado pelo caminho!

 

O problema - mais do que problema, o CRIME! - é que se retirou segurança àquela curva, destruindo-se o muro, deixando o local exposto à curiosidade dos mais novos e tudo isto, sem vedações, sem sinalização adequada, de forma criminosa e irresponsável - como aliás sempre foi apanágio do gabinete mais mediático do burgo, do ex presidente de Valongo e de todos aqueles a quem o Povo castigou no dia 29 de Setembro por todos os embustes que protagonizaram, ou nos quais colaboraram ao longo de 20 anos de poder em Valongo. 

 

Urge pois pôr cobro à situação criminosa que referi e sobre a qual já escrevi recentemente AQUI!

publicado às 15:55

ALFENA - TRAFICANTES DE SONHOS...

 

 

 


 

São 64 balões - por enquanto bem cheios - aqueles que no Domingo foram partilhados pela maioria dos eleitores de Alfena.

Quem os distribuiu, esmerou-se em apresentá-los bem atados com vistosas fitinhas amarelas...

Portanto, a partir de agora e durante quatro anos, teremos todos de fazer um enorme esforço de imaginação para transformar o amarelo em cor de esperança.

 

Não vai ser fácil...

 

Paulatinamente, virei aqui fazer o balanço dos insufláveis ainda a planar, mas sinceramente, tenho o pressentimento de que chegaremos a 2017 da mesma forma que chegamos a 2009 e que basicamente foi a mesma como aportamos a 2013, isto é, a testemunhar o ar de desânimo nos rostos dos alfenenses, que mesmo assim arriscaram uma vez mais um ténue voto de confiança - como quem diz para se convencer a si próprio "à terceira será de vez".

 

Será?

 

. Reactivar a rede de transportes escolares.

. Implementar um programa de férias desportivas para crianças  e jovens.

. Recuperar o património histórico de Alfena através de candidaturas a fundos comunitários. (ex. restauro da Ponte do Arquinho no lugar do Reguengo,       Moinhos do Leça).

. Criar um centro de dia.

. Diligenciar e acompanhar a concretização da construção do novo Centro de Saúde.

. Requalificar as rotundas e zonas envolventes das entradas na cidade (Nossa Senhora do Amparo e Vilar).

. Requalificar a área envolvente à capela Nossa Senhora do Amparo.

. Alargar a ponte de Transleça e colocar passeios.

. Realizar o alargamento e pavimentação da rua da Gandra até à Rua Ferraria.

. Criar um gabinete de apoio económico/jurídico com vista a encaminhar o comércio tradicional na procura de apoios à modernização.

(...)

 

Respigado de forma aleatória do 'menu' de promessas dos Unidos por Alfena, este é um recorte com 10 dos 64 'insufláveis' que por enquanto ainda planam, ajudados pelos ventos outonais deste Outubro que começou chuvoso.

publicado às 23:55

Pág. 2/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D