Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA - "GATO ESCONDIDO COM RABO DE FORA"...

Bem... Agora que a "poeira" já assentou, talvez vá sendo tempo de o nosso presidente de Junta vir a terreiro explicar (minimamente) o que se passou de facto com a operação de buscas da PJ.

Isto, porque o que até aqui tem sido avançado pelo Executivo, se destina (apenas) a convencer meninos do ensino básico e não a alfenenses adultos e com direito a voto.

Senão vejamos:

Como é que estes alfenenses adultos vão poder acreditar que 6 (seis) polícias tenham vindo passar quase um dia na sede da Junta de freguesia, mandando encerrar o atendimento público, tenham vasculhado tudo com a ajuda de dois especialistas em informática, tenham levado consigo computadores e vários arquivos em papel e outros documentos,  trabalho este que teve de ser previamente autorizado por um Juiz e tudo isto, à procura de um simples "protocolo de cedência de uma carrinha" - protocolo aliás, que não corresponde à "verdade dos factos" como a seu tempo se comprovará - composto por duas folhas A4?

É evidente que - tal como escrevi no post anterior - existiam muitos mais "esqueletos no armário" quando a PJ ali chegou e o melhor que o nosso presidente tem a fazer, é dizer desde já o que tem de ser dito, sendo que muitas das situações até não o envolverão directamente, ou então passará a ser conivente no encobrimento das mesmas.

Há uma coisa que tanto ele como os "especialistas" da Junta deveriam saber: Um computador é sempre um "ser" muito traiçoeiro e quando pensamos que o temos dominado, mudo e calado no que toca às relações que com ele vamos tendo ao longo dos tempos, eis que de repente aparece um especialista qualquer, com um ar lunático em que ninguém acredita, que sem grande esforço aparente, acaba por descobrir uma qualquer "peúga com chulé" ou outra peça mais íntima esquecida por ali que nos deixa com aquele ar comprometido e sem graça.

Repito a mesma frase que já citei no post anterior: "nós sabemos que ele (presidente) sabe que nós sabemos" mais do que aquilo que tem vindo a público!

publicado às 14:26

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D