Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

PS/CÂMARA DE VALONGO - CONTRA ALFENA, TUDO!

20180504_021610.jpg

 

São 10 da manhã...

Acabo de fazer o segundo café forte para despegar as pestanas - o primeiro estraguei-o ao 'adoçá-lo' com alho em pó em vez do habitual açúcar mascavado...

 

Ontem - e hoje até quase às 4 da manhã - foi dia de 2.ª sessão da Assembleia Municipal de Valongo em versão descentralizada, em Alfena.

 

Antes de tomar o tal café forte - já com açucar mascavado - ainda fui dar uma olhada no dicionário em papel que ainda uso de vez em quando, para ver o significado dos termos 'chantagem'-'chantagista'-chantagear'.

O significado ainda é aquele que eu pensava...

 

"Fui chantageado" - foi o termo usado por José Manuel Ribeiro para justificar porque é que num dos orçamentos passados da Câmara incluiu uma verba inicial para apoiar a construção de uma nova sede para a Junta de Freguesia de Alfena e agora a retirou.

 

(Presumo que tenha tomado esta última atitude apenas quando se conseguiu libertar da pistola apontada à cabeça pelo 'vil chantagista').

 

Melhor do que fazer uma descrição exaustiva e maçadora do quão baixo desceu a estrutura concelhia do Partido Socialista e dos seus deputados e vereadores no que toca à perseguição movida contra Alfena, faço uma promessa:

 

Tão depressa quanto a burocracia e os artifícios na arte de 'engonhar' no que toca a dispensar informação pública o permitam, irei pedir a consulta da gravação desta sessão, e transcrevê-la-ei aqui na íntegra.

 

(Afinal e graças à experiência adquirida na transcrição das várias horas das 7 sessões do meu Julgamento para preparar o recurso para o Tribunal da Relação do Porto em que fui absolvido - obrigado José Manuel Ribeiro! - transcrições integrais já são uma brincadeira para mim).

 

Quem não tenha estado ontem (e hoje) no Centro Cultural dificilmente acreditará em mim se me limitar a relatar o que se passou.

Depois de ver quão baixo pode descer a 'partidarite' em versão cor de rosa para se colocar ao serviço de uma estratégia muito pessoal da maioria absoluta do PS na Câmara, fico curioso para ver qual será a posição da débil estrutura do PS em Alfena na próxima Assembleia de Freguesia:

 

Qual será a sua posição em contraposição (ou não?) com a do PS de Valongo, no apoio a José Manuel Ribeiro contra o presidente da Junta de Freguesia de Alfena e contra a nossa terra:

 

O PS concelhio e a Câmara têm estruturas desportivas municipais - pavilhões, museus, bibliotecas, estádios de futebol em todas as freguesias menos em Alfena.

Aqui, quem substitui a Câmara são Instituições como o Atlético Clube Alfenense e o CSPA (da Igreja).

A título de exemplo, só em Valongo e com os custos que envolvem a água a Luz, o gás, o pessoal e outras despesas com os pavilhões e estádio municipal, a Câmara gasta algo próximo de 100 mil euros por ano.

Em Alfena limita-se a pagar uma pequena majoração nos apoios às Instituições atrás referidas relativamente aos que dá a todas as restantes.

 

Tudo isto para "castigar"... o Dr. Arnaldo Soares? Nada disso! Para castigar Alfena!

 

Nas restantes freguesias constroem-se (e bem!) equipamentos de lazer - parques de merendas, parques infantis e outros - em Alfena não se pode apoiar a ainda embrionária mas muito relevante área do 'Parque Vale do Leça' "porque os terrenos são da Junta"!

Em Alfena, o processo de cedência do terreno disponibilizado num dos mandatos camarários anteriores em Francisco Sá Carneiro para a nova sede da Junta caiu numa gaveta muito funda e não há maneira de lá sair. 

 

Tudo isto para "castigar"... o Dr. Arnaldo Soares? Nada disso! castigar Alfena!

 

Em Alfena, os jovens que se atrevam a candidatar trabalhos no âmbito o Orçamento Participativo Jovem terão que "inventar" sítios para encaixar os seus projectos que não se incluam em espaços pertencentes à Junta!

Em S. Lázaro ou Parque Vale do Leça não!

(Então onde?).

 

Tudo isto para "castigar"... o Dr. Arnaldo Soares? Nada disso! Para castigar Alfena!

 

Em Alfena a sua Junta - instalada na conhecida 'casinha de bonecas' sem espaço para nada - solicitou à Câmara a cedência de 3 salas na Escola do Xisto para instalar algum do arquivo arrumado no sótão da Junta (e até por baixo do palco do Centro Cultural) e para fazer algumas acções de formação para desempregados.

Afinal, a Câmara acabou de ceder a Escola a uma Instituição de Valongo que desenvolve uma actividade muito meritória na área de apoio à deficiência - a EDUCASON.

 

Nada contra este apoio!

Mas dadas as múltiplas e antigas solicitações da Junta atrás referidas, esta cedência à EDUCASON deveria ter sido conjugada com a reserva de uma área para a Junta neste mesmo espaço que é muito ou, em alternativa, num outro sítio compatível!

 

Tudo isto para "castigar"... o Dr. Arnaldo Soares? Nada disso! Para castigar Alfena!

 

Em Alfena está em construção o novo Centro de Saúde. Finalmente!

Não fomos - aqui há uns anos atrás - recambiados para o Centro de Saúde da Bela graças à mobilização dos moradores e ao empenho da Junta de Freguesia.

O terreno foi conseguido pela Junta  - no mandato do Dr. Rogério Palhau -  e com a colaboração do proprietário dos terrenos.

Há dias, fez-se o acto formal do início das obras com a presença do Secretário de Estado e do Presidente da Câmara e - ao contrário do que aconteceu com o Centro de Saúde de Campo - não se convidou a população nem o Presidenta da Junta!

 

Tudo isto para "castigar"... o Dr. Arnaldo Soares? Nada disso! Para castigar Alfena!

 

Ontem o presidente da Junta apresentou um voto de congratulação pelo início das obras.

O grupo municipal do PS apresentou outro.

O da Junta era simples e não fazia considerações supérfluas, o do PS referia "graças ao empenho dos autarcas" mas não fazia a mais leve menção do empenho da Junta.

O Dr. Arnaldo Soares optou por retirar a sua moção - porque o PS votaria contra - para não prejudicar a congratulação.

O PS  - e muito a custo - lá aceitou incluir no seu voto "o empenho da Junta de Freguesia de Alfena"...

 

Tudo isto para "castigar"... o Dr. Arnaldo Soares? Nada disso! Para castigar Alfena!

 

Desafio quem quer que seja a provar que tenha criticado mais o Dr. Arnaldo Soares, o Dr. Rogério Palhau e Guilherme Roque. Fi-lo sempre de nos olhos e com argumentos - bons ou maus interessa pouco para o caso - mas sempre em contexto da luta política e de forma frontal.

Mas tal como acontece nas famílias quando estão zangadas - os pais com os filhos, estes com os pais, os irmãos entre si, etc., - aqui em Alfena podemos andar todos "à batatada" mas não toleraremos que 'grupos de fora' venham dar pancada nos nossos.

 

(Acho que a colectividade cigana também é um pouco assim...).

 

Espero sinceramente que na próxima Assembleia de Freguesia, a débil estrutura local do PS se junte ao lado certo na defenda dos seus - que somos todos nós alfenenses!

 

Só para terminar, dois pequenos (ou não) - 'fait-divers' 

 

1 . O grupo da CDU apresentou uma recomendação relacionada com a cedência ao Moto Clube de Alfena de um terreno municipal localizado junto à rotunda da A41 para esta Associação construir a sua sede.

Os moradores não concordam. Era o último bocadinho das cedências da urbanização ali implantada e destinava-se a equipamentos colectivos. Apresentaram oportunamente um abaixo-assinado e reclamações fundamentadas opondo-se a essa cedência.

A Câmara escondeu esses documentos, não os incluiu na deliberação levada então à Assembleia Municipal e agora gaba-se que foi tudo por unanimidade! - na Câmara até foi mas na Assembleia houve 1 voto contra: o meu!

 

(Honra lhe seja feita, o Dr. Arnaldo Soares tomou a palavra para dizer que assumia que tinha sido ele a propor à Câmara aquele terreno que "estava abandonado pela Câmara há 40 anos).

 

Fez mal o Presidente da Junta, porque conhecendo bem os seus fregueses sabia qual era a posição dos moradores sobre o assunto e deveria ter sugerido outro local - porque ao contrário do que disse, em Alfena existem mais terrenos municipais disponíveis.

 

Não está em causa - de forma alguma - o quão meritória tem sido a actividade dos nossos 'Motards' e o apoio que em face da mesma eles merecem.

Atrevo-me aliás a dizer - para provar o quanto gosto e como acompanho com interesse tudo o que fazem - que se eles encontrarem uma forma de me restituírem 20 anos do tempo que já vivi, compro já uma Harley-Davidsom em bom estado, inscrevo-me no Motoclube de Alfena e pago à cabeça as quotas desses 20 anos.

A sério! 

 

Mas até neste episódio da recomendação da CDU o PS concelhio quis dar um sinal - neste caso inverso aos anteriores! Vejamos:

 

Votos a favor da recomendação: 3 (CDU e presumo que o Bloco de Esquerda).

Votos contra: 2 (Arnaldo Soares e um outro que não retive).

Abstenções: 26

Aprovado por maioria!

 

Tudo isto para "castigar" (no caso do PS...) o Dr. Arnaldo Soares!

 

2 . As Juntas de freguesia - que no mandato anterior e apesar das diferenças partidárias souberam manter quase sempre posições concertadas e solidárias e por vezes desalinhadas em relação à Câmara, ontem estiveram - também elas e através de representantes designados e que não os presidentes - CONTRA ALFENA!

 

(Ressalva para a DIGNIDADE da representante do Presidente de Campo e Sobrado - parabéns, Raquel! - que não querendo 'desalinhar' ostensivamente com o Partido, optou no entanto por se abster sempre.  

Alfena registou!).

 

E pronto...

 

É tudo... por agora!

____________________________

PS: Alguém atento alertou-me para uma omissão injusta da minha parte, no que se refere à cerimónia de início das obras do novo Centro de Saúde de Alfena: no álbum de recordações de José Manuel Ribeiro ficam a faltar as fotos de, além dos milhares de alfenenses e do presidente da Junta à altura, Rogério Palhau, também a do então presidente da Câmara, João Paulo Baltazar, que com uma Câmara na penúria, teve de 'rapar o fundo ao tacho' para fazer as infra estruturas e o estacionamento que garantiriam  a cedência do terreno por parte do Toninho do Cabo.

Como não gosto de injustiças, eu que tanto o critiquei durante tanto tempo, não podia deixar de fazer este acrescento à minha publicação.

É Justo!

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado às 10:04

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D