Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - "OPERAÇÃO MÃOS LIMPAS"

Sabemos que o executivo da Câmara anda atarefado às voltas com a reformulação do "plano de saneamento financeiro" que a oposição chumbou recentemente.

Sabemos que as condições postas por uma parte dessa mesma Oposição para  sequer equacionar a aprovação de uma qualquer versão revista e corrigida deste plano, são difíceis, implicam compromissos também difíceis de tomar e sobretudo, implicam que o "pai do monstro" se chegue à frente e diga o que tem de ser dito: "estamos numa situação de descalabro financeiro e a responsabilidade pela mesma,  é inteiramente minha".

Por alguns ecos que nos chegam do "interior do reduto", os estrategas estão como dizia o outro, "a trabalhar 24 horas por dia e às vezes também à noite" e a darem o seu melhor para "dourar a pílula" que tudo indica, se preparam para engolir...

Faz por isso todo o sentido que nos questionemos relativamente ao que será melhor para os Valonguenses: Se a aprovação da tal "versão amarga" do referido plano - admitamos até que com a quase totalidade das condições impostas pela Coragem de Mudar - ou se pelo contrário, conhecendo nós como conhecemos Fernando Melo, perito em contornar todas as possíveis e imaginárias diminuições de poder que lhe venham a ser impostas, não seria preferível romper definitivamente com esta indefinição de "nem o pai morre nem a gente almoça" e criar as condições para a entrada do "FMI" (as Finanças) previsto na Lei das Finanças Locais...

É que se assim não for, é seguro que de uma forma ou de outra, iremos continuar a assistir ao autêntico festim que conduziu à actual crise, porventura com mais cautela, menos exposição e algumas manobras tácticas de ocultação: O uso e o abuso dos cartões de crédito, da atribuição de "viatura de serviço" a todos os "boys and girls" e "afilhados", execução de obras de fachada condicionadas pelos momentos eleitorais, continuação do recurso sistemático aos contratos por ajuste directo...

Além do mais, é muito mau presságio para o futuro de qualquer "plano de saneamento financeiro" constatarmos que o nosso "mais dilecto de todos os Vereadores" já anda no terreno - no terreno empresarial, obviamente - a dar o referido Plano como adquirido e a ganhar alguns credores da Câmara para abdicarem "solidariamente" de uma "pequena percentagem" dos seus créditos a qual alegadamente serviria para custear algumas "operações de desbloqueio" (?)


PS: Ah! E tal como há pouco mais de um ano atrás o anúncio da sua "morte" foi obviamente excessivo, também a sua auto-promoção (junto das "forças vivas") como "futuro presidente de Câmara" o é...

 

publicado às 21:04

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D