Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CÂMARA DE VALONGO - 25 "MEGA TONELADAS DE OXIGÉNIO"...

 

Finalmente a Câmara de Valongo, família & amigos, S.A. vai - a partir de hoje - poder respirar de alívio...

A atmosfera começava a ficar assustadoramente rarefeita e Fernando Melo, de acordo com algumas informações fidedignas, estaria a ser o mais afectado - talvez porque o seu cartão dourado tem "vida própria" e uma enorme "pegada ecológica". Precisava de arranjar com a máxima urgência 25 "mega toneladas de oxigénio" e - ufa! - conseguiu!

Na aflição e quando alguns já lhe auguravam uma espécie de "morte assistida" e sem sofrimento, eis que surgem do nada os homens da "bata cor da rosa" - foi desta cor que os amigos de Fernando Melo impuseram que os "paramédicos salvadores" se "vestissem" - que se disponibilizam para um resgate arriscado que conseguiram concluir com êxito (?) como hoje ficou demonstrado.

Claro que eles sabem que nós sabemos, que este salvamento não foi uma acção improvisada, voluntarista e genuína, nem sequer os até há uma semana atrás, improváveis heróis, estiveram sozinhos no salvamento: A intervenção foi preparada ao mínimo detalhe de forma conjunta, pelos supremos líderes distritais das "máquinas laranja e rosa", mas isso são pequenos detalhes. Para o caso, importa apenas destacar que Fernando Melo mais uma vez consegue sair ileso, não pela sua especial genica ou rapidez de reflexos, mas porque "quem tem amigos não costuma morrer na cadeia" - aliás, para sermos mais rigorosos, nem sequer chega a lá entrar...

Para os mais desatentos ou menos informados, todo este arrazoado serve para dizer, que hoje o Partido Socialista - que tem dito de Fernando Melo "o que Maomé não disse do toucinho"- viabilizou com a sua abstenção o Plano de saneamento financeiro da Câmara e o empréstimo de 25 milhões para que Melo continue como até aqui - ou dito de outra forma, para que tenha um final de mandato digno - digno dele, que não dos Valonguenses, digo eu!

 

publicado às 17:21

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D