Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

TRADIÇÕES E CONTRADIÇÕES...

Nós portugueses - e penso que não apenas nós - temos por hábito comemorar quase tudo: a data do nascimento - a nossa, a dos nossos, a dos nossos amigos e a dos amigos dos amigos dos nossos amigos, a do cão, do gato, do periquito, a da morte de quem nos era próximo (e aqui com toda a propriedade!) a do primeiro mês de namoro(!) a do casamento, o dia disto, daquilo, daqueloutro e depois - ou melhor, antes - como é de bom tom e a sociedade de consumo exige que se faça, pegamos em nós e lá vamos dar voltinhas ao shoping, à boutique, à grande superfície em busca da prenda adequada ao momento específico, no caso de sermos nós as "vítimas", isto é, os convidados - que não é de bom tom aparecermos "de mãos a abanar" quando tocamos à campainha...

Embirro solenemente com este tipo de mentalidade, mas enfim, esforço-me por entrar no "espírito da coisa" - tentando sempre no entanto, minimizar os prejuízos, quando sou eu a vítima e por maioria de razão, multiplicando as mensagens subliminares no mesmo sentido, quando as vítimas são os outros.

Vem isto a propósito de uma data que vamos comemorar na próxima segunda feira. Uma data de facto marcante e esta sim, a merecer um grande esforço de todos na procura da melhor prenda que a todos nos deveríamos conceder!

Aqui sim, ninguém deveria aparecer perante o seu semelhante de mãos a abanar: "A cada um segundo as suas necessidades, de cada um segundo as suas possibilidades"...

Onde á que eu já ouvi isto? Deixou de fazer sentido? Não se dará o caso de a utopia poder ser apenas um degrau de acesso a uma nova realidade?

Pelos vistos, este ano -  a próxima segunda feira - tudo irá ser diferente (embora  no caso desta data, em cada ano que tem passado, ela já tenha vindo a perder importância) reduzindo-se o evento, em termos oficiais, a um encontro entre o actual e os anteriores inquilinos do Palácio e - ao que parece - à habitual e deprimente atribuição de umas medalhinhas assinalando um qualquer comportamento, feito, acto, ou ao conjunto dos três, tido ou praticado por alguma alminha mais mediática.

Bem sei que este ano não temos grandes motivos para comemorar e portanto, ainda bem que nos pouparam aquela "seca" da sessão solene no Parlamento.

Mas atenção! Há gestos que são premonitórios e quando determinadas personagens -  que até já faziam questão de se recusar, nem que fosse por cortesia a pôr o cravo vermelho na lapela - começam a retirar datas ao calendário, não é só para poupar no papel em que o mesmo é impresso, mas para que em futuras "edições" o mesmo deixe definitivamente de as incluir...

 

 

publicado às 10:52

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D