Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

AL HENNA...

 

Numa das últimas reuniões públicas de Junta, o querido líder afirmou - relativamente à questão dos limites do nosso território - que "o processo de concertação com as restantes freguesias estava a correr bem"...

Fiquei preocupado: Isto não era o que costumava dizer o engenheiro Sócrates enquanto o "barco se afundava a olhos vistos"? Esperemos que não seja este o caso - até porque Sócrates se via obrigado a repetir a mentira até à exaustão pensando que com isso a transformaria em verdade e no caso concreto a que me refiro - o dos limites de Alfena - o esforço tem sido um pouco no sentido inverso: praticamente o querido líder deixou de falar nele nos últimos tempos!

Mas será que a tal "versão mais ou menos consensual" a que fez referência, está mesmo a avançar?

Hoje está absolutamente claro - hoje? já na famosa Assembleia de Freguesia que chumbou a proposta da criação de um grupo de trabalho para estudar esta questão o estava - que gente de mentes limitadas mas convencida de que é omnisciente, gente engajada a interesses financeiros absolutamente legítimos, mas nem sempre (ou quase nunca) coincidentes com o interesse comum, gente portanto, parcial, que se move em "causa própria", gente para quem tanto se lhe dá que a "nova zona industrial ou a Chronopost" ou outros eventuais e quase sempre virtuais empreendimentos sejam em Alfena, em Valongo ou em Sobrado, desde que sejam "por ali", desde que inteiramente privados - que só de ouvirem a palavra "públicos" se lhes eriçam os prolongamentos pilosos do cérebro e se lhes esvai a já escassa calma e serenidade tão necessárias quando se pretende contestar argumentos de sentido contrário.

AL HENNA existe, está aberta aos contributos de todos porque acredita que todos podem de alguma forma contribuir para a defesa do Património de Alfena - e às vezes, contribuir pode resumir-se unicamente à promoção do exercício do contraditório em torno de um tema sobre o qual possam existir eventuais divergências...

publicado às 16:40

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D