Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA - TERRA DE OVNIS E CAVALOS DE TRÓIA...

Nem sequer se torna necessário recorrer à chamada "informação privilegiada" para nos apercebermos de certo tipo de movimentações de bastidores na Câmara de Valongo e que - estranho? - já têm em vista a corrida ao cadeirão que Fernando Melo vai deixar vago no final de mandato - se se conseguir "aguentar das canetas" até lá, que a geriatria não é uma ciência exacta e não nos permite (ainda) chegar a este tipo de precisão no diagnóstico...

Já andam por aí uns certos encenadores com argumento encomendado, a ensaiar uma espécie de "acto zero", ou se quiserem, a ante estreia de uma peça que já tínhamos antecipado, mas que de facto, nunca imaginamos que fosse encenada com tanta antecedência.

Diz a "vox populi" - por enquanto apenas em versão consortes à mesa da pastelaria mas num tom suficientemente alto, para que não se confinem ao metro quadrado da dita mesa - que "do que a Câmara precisa mesmo, é de um projecto UpA (Unidos por Alfena) em formato Municipal.

Claro que por enquanto, este tipo de conversas se assemelha mais àqueles "balões sonda" atmosféricos, que se lançam para espaço com o objectivo de recolherem dados relevantes que permitam tomar determinado tipo de decisões. Por enquanto...

Ninguém entra nas mentes dos eventuais catequizados, mas que a mensagem tenta fazer o seu percurso isso tenta.

E também não será difícil adivinhar onde se situa o epicentro do esforço catequizador:

Em Alfena, obviamente!

Alfena tem "grandes e lucrativos projectos" parados há imenso tempo - dizem até os mais exagerados, que em adiantado processo  de fossilização - e todas a gente sabe que "tempo é dinheiro".

Só que Alfena investiu demasiado num cavalo de Tróia que até agora, se limitou a entrar no reduto e pouco mais.

E isto, porque os estrategas se esqueceram da parte principal da lenda e mandaram para Vallis Longus um cavalo vazio - vazio de ideias, vazio de projectos e sobretudo e mais importante do que isso, vazio de soldados!

Agora - talvez tarde demais - estão a tentar reconstituir a lenda e levar os soldados até ao ventre oco do artefacto.

Não sei se o vão conseguir, não sei sequer se arranjarão em tempo útil  soldados suficientes para isso, mas que se nota o empenho, isso nota!

Falta apenas dizer que no interior do reduto onde o artefacto conseguiu entrar mas jaz inútil, existem dois súper Vereadores que, vá-se lá saber como e com que mágicos poderes, têm conseguido vetar as "soluções" para o desenvolvimento de Alfena e quiçá também, para o fim do desemprego, da fome, das carências de toda a ordem que se constatam por estas bandas...

Ou os votos deles valem mais que os dos restantes - incluindo o do artefacto - ou alguém anda a contar uma história errada ao Povo.

 

publicado às 23:18

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D