Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA E VALONGO - UpA VERSÃO 1 E 2 NO SEU MELHOR!

Numa "leitura em cruz" da última edição do "Jornal Novo de Valongo" não pude deixar de reparar no tempo de antena que este Órgão continua a conceder aos homens do "projecto" UpA - ou deverei antes dizer "novo projecto UpA/Valongo"?

Mas não era propriamente acerca das entrevistas concedidas por Rogério Palhau e Arnaldo Soares que eu queria falar.

Os dois dizem o que dizem e ninguém os pode obrigar a serem sempre rigorosos em tudo o que vão debitando para os espaços onde esporadicamente vão sendo "acolhidos". Aliás, o rigor é sempre um conceito muito relativo e no caso deles, ainda mais...

Rogério Palhau, para além de  algumas questões de pormenor relativamente ao rigor que já lhe são habituais e às quais não costumamos atribuir excessiva importância, desta vez acho que se "descaiu" mesmo...

E explico porquê:

A propósito da sua tirada - que aliás e como sempre, tem imensa graça(!) - sobre "uma no cravo e outra na ferradura" onde critica por um lado aqueles que  "chumbaram" a nova Zona Industrial, enquanto por outro lado, aprovaram a nova plataforma logística da CHRONOPOST e (lapsus linguae?) a JERÓNIMO MARTINS!

Esta "reformulação" do projecto Chronopost, é a primeira vez que Rogério Palhau a assume em público...

Ai Dr. Rogério, Dr. Rogério... Alguém vai ficar muito zangado com este seu deslize!

É que a excepção da Chronopost, foi decidida especificamente para esta empresa e com uma fundamentação muito sensibilizadora das consciências:

A empresa é (era) uma das maiores empregadoras(!) de Alfena, estaria com um problema de espaço e se aquele não fosse autorizado, estaria a equacionar a sua deslocalização para outro Concelho, ou no mínimo, para outra freguesia...

Aquela plataforma é mesmo só para a CHRONOPOST, tal como o novo Hospital Privado de Alfena é mesmo só para Hospital e não uma qualquer segunda valência da Lar Sénior de Alfena ou para um mero polo de prestação de serviços auxiliares de diagnóstico!

(E já agora quanto a este último, veremos quando é que abre, quantos empregos vai efectivamente criar e destes, quantos serão efectivamente para alfenenses...)

Já quanto a Arnaldo Soares, numa primeira fase da entrevista, embarca na onda de que Alfena tem de certa forma sido preterida pela Câmara em termos dos investimentos efectuados nos últimos anos - o que não deixa de ser verdade - mas agora "ele é um dos da Câmara" e por isso lá vai tentando dar a volta por cima, dizendo que apesar de agora Alfena ser mais uma cidade do Concelho, "temos de seguir o caminho da poupança" e  faz ainda questão de chamar a atenção de que "existem mais duas freguesias que não podem ser prejudicadas"!

O homem no seu melhor! Dá razão(!) ao seu sucessor no "projecto" UpA, mas vai preparando ao mesmo tempo o caminho para o "novo projecto UpA a Valongo já!".

Veremos a estaleca do homem nesta sua há muito ambicionada ascensão ao "Monte Olimpo"...



publicado às 13:24

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D