Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

PLANO DIAMANTÍFERO MUNICIPAL (PDM) DE VALONGO!

Foi publicada pelo Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território a em 1 de Agosto, a Portaria 260/2011 sobre a delimitação REN para o Concelho de Valongo, mas bem que podia ter ter uma pequena contribuição - um simples artigo que fosse - do Ministério da saúde...

Eu explico porquê:

Publicada a mesma, seguir-se-á seguramente, o revisto e mais que revisto PDM e ou me engano muito, ou a maioria dos valonguenses (os alfenenses de uma forma muito particular) vão ter de ir ao oftalmologista, para tentar perceber a razão pela qual, de um dia para o outro passarão a ver pintadas da cor do betão, vastas zonas até aqui pintalgadas de verde - ainda que nalguns sítios do chamado "verde eucalipto"...

É evidente, que exceptuando aqueles que, pelos cargos que desempenham ou lugares que ocupam, têm neste momento acesso a informação privilegiada sobre o assunto, todos os outros, nos quais eu próprio me incluo, só podem especular sobre o mesmo.

Mas tenho um "pressentimento" de que não irá demorar muito tempo até que possamos conferir se as "encomendas" há muito feitas, foram ou não tidas em conta, ou melhor dizendo, todas tidas em conta, porque algumas foram-no seguramente.

Sei que ainda existem por aí uns quantos ingénuos que continuam a acreditar que os "dinossauros" do poder local ou aqueles que sonham um dia vir a sê-lo, são atraídos apenas pela respectiva tabela salarial e por uma ou outra mordomia associada ao cargo...

Nada de mais errado!

O que verdadeiramente atrai os candidatos a Presidentes de Câmara, é a capacidade de jogar na especulação imobiliária de poderem usar e abusar do poder discricionário de deferir ou indeferir projectos, usando e abusando ao mesmo tempo, dos técnicos e dos serviços que administram, mas que são públicos e não deveriam nunca estar ao serviço do presidente, para lhes prepararem "por medida" a fundamentação das respectivas decisões.

Claro que há quem acredite que uma revisão de um PDM é uma coisa séria, que até funciona na base de uma comissão de acompanhamento, liderada quase sempre por um especialista de renome, normalmente ligado ao mundo universitário e provavelmente, quem acredita nisso, continua também a acreditar que os bebés vêm de França no bico da cegonha!

Se por mera hipótese académica, o coordenador ou a maioria do grupo até se dispuserem a ser isentos na matéria sobre a qual trabalham e vão ter de se pronunciar, então aí é a altura do presidente lançar mãos das chamadas "manobras evasivas" protelando, adiando, travando, para que o processo - veja-se o caso da Valongo  - se vá arrastando no tempo o mais possível. Entretanto e no intervalo, vão funcionando as "excepções por relevante interesse municipal" e os estratagemas do género que são no fundo as verdadeiras razões para tanto apego a cargos que até nem são assim tão bem remunerados como isso.

E como a capacidade do ser humano - mesmo que esteja integrado numa qualquer comissão de acompanhamento - tem naturais limites, a erosão provocada pelo arrastamento do processo vai amolecendo resistências e quando chega aquela hora em que já não é mais possível continuar a adiar - como julgo que vai acontecer dentro de muito pouco tempo com o PDM de Valongo - lança-se mão de todo o trabalho de sapa feito até ao momento, faz-se apelo a todas as solidariedades entretanto, meticulosamente trabalhadas - ou pelo menos a uma "não oposição" que não sendo a mesma coisa, para o efeito também serve e... finalmente teremos PDM!

A partir do estudo da "malha fina" de Portaria 260/2011 de 1 de Agosto e que demorará ainda alguns dias a fazer, ficaremos seguramente com uma ideia já mais aproximada sobre o mesmo e confirmaremos se este raciocínio é ou não pura especulação.

publicado às 13:45

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D