Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - O "CRIME" PARECE COMPENSAR...

Ainda a propósito da mega trafulhice em curso na vasta área até há pouco tempo atrás, designada de "nova zona Industrial de Alfena":

A Câmara decidiu na última reunião - por unanimidade (!) - dar início a um processo de discussão pública com vistas a uma excepção ao PDM (ao actual obviamente...) permitindo a construção de uma plataforma logística da Jerónimo Martins.

Já aqui o disse, mas nunca é demais lembrar de novo o assunto: as escrituras públicas que foram sendo feitas - as da revenda dos terrenos comprados como REN - traziam em anexo uma declaração da Câmara atribuindo-lhes capacidade construtiva (!)

Por isso, é que algumas no mesmo dia - ente uma venda e a "revenda", viram o valor inicial ser multiplicado peo factor "10" - no mínimo...

E isso, graças à tal "varinha de condão" da Câmara de Valongo de que já falei também aqui e que lhe tem permitido transformar terrenos xistosos e cobertos de eucaliptos e alguns pinheiros, em "cadinhos fumegantes" onde onde são lançados hectares e hectares de REN e RAN e de onde, após um breve processo de fusão e solidificação, saem toneladas e toneladas de ouro sonante - estranhamente "encaminhado em sentido contrário" ao da correcção do déficit...

(Se alguém duvidar, pode sempre consultar as escrituras referidas, que como todos sabemos, são obrigatoriamente públicas).

Ora assim sendo, para que é que é necessário este processo de excepção?

E já agora, os serviços de fiscalização da Câmara não se aperceberam até agora da gigantesca desflorestação ali efectuada entretanto?

E da imensa movimentação de terras, também não?

E do "desaparecimento" da Ribeira de Junceda?

E as consequências inevitáveis que num futuro próximo, sobretudo os alfenenses irão sentir, por causa destes atentados ambientais, também não preocuparam ninguém na Câmara?

Em Valongo, mais do que em qualquer outro Concelho do País, parece que o "crime" compensa...

Veremos no final da discussão pública, quem é que vai ter a coragem de assumir a (única) atitude consequente de chumbar esta vergonhosa mistificação, que consiste em fingir que se cumpre a Lei, depois de se ter andado a violá-la sistematicamente ao longo dos últimos anos!

publicado às 20:16

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D