Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CÂMARA DE VALONGO - ESTUPEFACÇÕES...

Já não há lugar para a dúvida: A Câmara de Valongo - a "fracção do condomínio" pertencente a Fernando Melo, continua a agir como se ainda vivesse em situação de posse plena da "quinta"!

 

Fernando Melo, o Presidente de Câmara com a mioria mais pequena do País não se apercebeu da mudança operada nas últimas eleições e também ninguém se lembrou de o avisar.

 

Continua por isso, suportado pelos três pontos de apoio do "andarilho" - que já só assim, é que ainda "mexe alguma palha" - a esquecer-se das suas obrigações de autarca, a ignorar a lei, desde logo a lei própria da Câmara, que é o seu Regimento e a falar em Vereadores que trabalham e Vereadores que estorvam - sendo que aqueles que estorvam, são exactamente os que querem trabalhar em prole de Valongo e vice versa...

 

"Por acaso", os tais que no dizer de Fernando Melo - talvez num dos seus momentos de "especial lucidez" são os que estorvam - reuniram-se ontem simbolicamente na Câmara com os Órgãos de Comunicação Social, para darem público sinal da sua indignação e ao contrário do que seria expectável, isso provocou estranheza no vice presidente, Dr. João Paulo Baltazar - uma pessoa que como todos nós, pode ter muitos defeitos, mas não o de falta de lucidez.

 

Portanto, se ele estranhou a atitude de ontem por parte da oposição, se ele já disse publicamente que quer ser Presidente de Câmara, esta atitude não pressagia nada de muito positivo!

 

Tem no entanto ainda muita estrada para percorrer e pode ser que até lá, acabe por "descobrir" as razões de tanto descontentamento por parte da oposição e de muitos valonguenses - a maioria, porque convém não esquecer que a oposição é "maioritária" na Câmara!

publicado às 13:31

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D