Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO JÁ TEM PLANO. AGORA FALTA "SÓ" O DINHEIRO...

Se alguém tinha dúvidas sobre a capacidade de mobilização - termo soft hoje utilizado para explicar a avalanche de empreiteiros e empresários diversos que encheram o salão nobre da Câmara - essas dúvidas ficaram desfeitas.

Sem querer entrar em processos de intenção, a verdade é que todos nós sabemos somar dois mais dois e como o assunto do dia era a aprovação do Plano de Saneamento Financeiro, diríamos que os empresários presentes só ali compareceram para proporcionar um aconchego ao Vereador das contas e ao mesmo tempo, exercer uma pequenina mas evidente pressão psicológica sobre os Vereadores da Oposição.

"que não, disseram Arnaldo Soares e João Paulo Baltazar, que isso era a oposição com as suas teorias da conspiração, que todos estavam ali por mero acaso, porque - e isso sou eu a dizê-lo - hoje sonharam com uma reunião de Câmara e resolveram dar uma manhã de folga  a eles próprios para assistir a um debate vivo e pouco habitual, sobre um assunto que nem lhes dizia respeito".

Infelizmente, eles tinham todos os motivos para estarem ali - estão "a arder" com os milhões que a Câmara lhes deve há tempo demais!

Agora o que já não se percebe muito bem, é porque é que não estiveram tão atentos quando a Câmara foi adjudicando obras que todos sabíamos que não poderia pagar tão cedo.

Nessas reuniões a sala esteve quase sempre vazia e contou apenas com os "fiéis do costume" à custa dos quais as reuniões se têm mantido públicas e não à porta fechada.

O exercício de cidadania não consiste apenas em participarmos quando os nossos interesses directos estão em causa. É também quando os dos outros não são respeitados - porque um dia qualquer, os "outros" podemos ser nós.

Detectei no entanto nas expressões de alguns mais atentos e face aos avisos da Oposição sobre as incongruências - novamente um termo soft - do Plano de Saneamento Financeiro aprovado, que se preparam para uma longa e penosa espera - porque muita água vai ainda passar sobre as várias pontes antes que a Câmara esteja em condições de começar a cumprir os seus compromissos...

O Tribunal de Contas - essa Entidade "sinistra" que tem uma tendência especial para embirrar com coisas "atamancadas" e com números "martelados" - vai ser um "osso bem duro de roer" antes que o "pilim" comece a pingar.

E para complicar ainda mais as coisas, o DÉXIA - a segunda entidade bancária envolvida em 50% do empréstimo -  "saltou" definitivamente fora do negócio, pelo que agora, em tempos de escassez absoluta de crédito, alternativas procuram-se !

 

publicado às 22:31

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D