Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

EXCOMUNHÃO?

 http://www.womenpriests.org/pr/index.asp

 

Como uma parte significativa  dos católicos de todo o mundo, vou habitualmente à missa dominical.

Como também acontece com muitos deles,  a minha "militância" não vai muito para além desta prática semanal minimalista...

Mas gostaria que não fosse assim! Gostaria de me sentir impelido no sentido de um maior envolvimento!

No entanto, não é isso que se verifica...

O ar pesado e bafiento que apesar de alguns esforços de renovação que têm sido feitos, continua a emanar das catacumbas de Roma, não nos (não me) motiva de forma alguma nesse sentido!

Cristo fundou uma Igreja que quis desde o início, aberta ao mundo - inclusiva, fraterna, de missão e constituiu o núcleo original da sua  hierarquia, com base nos mais humildes de entre os humildes: pescadores, homens simples, mesmo algo rudes, mas empenhados na imensa tarefa de evangelizar.

Cristo era árabe e por isso se compreende que o seu "staff" inicial tenha sido formado apenas por homens. Esta foi a razão - seguramente a única - para que tal acontecesse.

No contexto sociocultural e histórico do momento (que em muitos aspectos se mantém até hoje naquela região do globo onde tudo começou) à mulher sempre coube um papel menor na sociedade. 

Mas aceitando abrir-se ao mundo, a Igreja de Cristo teve também de aceitar conviver com diferentes culturas: Basta  assistirmos a uma missa rezada em África ou na América Latina por exemplo, para constatar como as diferentes formas de os católicos viverem a sua fé, só fortalece a Igreja a que pertencem.

Apesar dessas diferenças (a diferença de rituais não implica menor respeito na forma de comunicar com Deus) não resulta daí nenhuma dificuldade à comunhão destes  católicos com Roma.

Por isso me sinto chocado (e não sou um caso isolado, posso garanti-lo) ver o afã com que Roma persiste em manter afastadas as mulheres do magistério sacerdotal.

E choca-me ainda mais, ouvir Roma ameaçar de "excomunhão" algumas mulheres (e o eventual ordenador) da Igreja Católica dos Estados Unidos, se persistirem em levar por diante  a sua ordenação sacerdotal!

Não vimos o mesmo empenho em relação aos muitos criminosos pertencentes à "família" (rara é a família que não tenha a sua ovelha negra...) alguns já  julgados e condenados pela "justiça dos homens" e que apesar disso,  foram mantidos "em comunhão"! 

Não foram excomungados - nem sequer ameaçados disso - Franco, Salazar, o Cardeal Cerejeira, Mussolini e outros criminosos!

Não foram excomungados - nem sequer ameaçados disso - os padres pedófilos na América, na  Austrália e noutros pontos do globo, embora por mais de uma vez e com toda a humildade,  o Pastor máximo  de Roma tenha pedido perdão ao mundo por esses actos!

E depois, ainda nos admiramos - e entristecemos - com as igrejas cada vez mais vazias de fiéis e com o desinteresse cada vez maior das novas gerações (das que preenchem os requisitos exigidos, por fazerem parte do sexo "forte")  em relação à vocação sacerdotal!

publicado às 10:19

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D