Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA - ENTRE O PREVISÍVEL E AQUILO QUE JÁ SABÍAMOS...

Foi uma reunião sem grandes novidades, a de hoje na sede do poder da nossa Cidade...

Para além de termos ficado a saber que o novo Hospital Privado já não vai ser inaugurado em 7 de Novembro - começo a ponderar seriamente dedicar-me em exclusivo à "arte da adivinhação" - fomos informados que o motivo que atira com  a "abertura" para o início de Janeiro é o de "faltarem ainda algumas licenças e o grupo Trofa não querer correr os mesmos riscos do Hospital de Braga que terá aberto não totalmente licenciado".

 

Não estou exactamente a par do que aconteceu com o novo Hospital de Braga, mas acho que aqui falta mais qualquer coisita além de umas quantas licenças. Não vou no entanto especular, porque o tempo se encarregará de o confirmar.

 

Outro assunto relevante que foi abordado - foi o facto de haver em Alfena algumas pessoas sem sentido de comunidade - os tais que só estorvam - e que são capazes de fazer tudo para tentarem impedir alguns pequenos atentados ambientais que até nem prejudicam ninguém - como foi o caso de alguém ter ido fazer queixa ao SEPNA da GNR, só porque a Junta, para facilitar o acesso dos velhinhos ou das pessoas com dificuldades locomotoras, ao terreno que comprou a sul da ponte de S. Lázaro, alteou para o nível da Rua a cota do referido terreno.

 

Eu também não sei porque é que alguém se há-de andar a preocupar com questões de "lana caprina", "leitos de cheia", alterações dos mesmos e coisas do género e até digo mais: O SEPNA no dia em que se deslocou ao local para elaborar o auto, não devia ter nada importante para fazer.

Ah! e também acho que a Administração da Região Hidrográfica do Norte, IP (ARHNorte), não vai perder tempo  a fazer o follow up do processo - sim porque esses então é que devem ter coisas mesmo muito importantes para tratar!

 

Outra coisa que ficamos a saber (aqui não estou a ser rigoroso, porque eu já sabia) é que a Junta está muito zangada com a Câmara, principalmente pela "concorrência desleal" que esta lhe anda a fazer na área social, nomeadamente trazendo para Alfena uma tal de uma  "Academia Sénior" que faz o mesmo que a nossa Escola Sénior já faz e com menores custos, pois aqui tudo é feito na base do voluntariado, enquanto na Câmara, tudo se faz a peso de ouro.

Daí que a junta desta vez tenha "feito peito" dizendo basta! Não foi à inauguração com "pompa e circunstância", nem aceitou fazer as inscrições na sede da Junta.

 

Compreende-se a revolta: A solidariedade dá imenso trabalho e se os resultados a curto prazo são aqueles que todos esperamos - minorar o sofrimento e suprir as carências mais imediatas de quem precisa, o que é louvável e já o temos dito por várias vezes, os resultados a médio e longo prazo também não devem ser desprezados: a esperança é que a gratidão venha a render alguns votos na altura certa, o que dá sempre jeito.

 

E é aqui que a concorrência da Câmara parece incomodar mais.

Falta só dizer que no local "usurpado" pela Câmara - uma escola desactivada em Cabeda - a Associação Viver Alfena (AVA) pretendia também instalar uma valência de apoio domiciliário e eventualmente, uma cantina social.

 

Nós continuamos a pensar - estaremos errados? - que existindo uma Instituição como o Centro Social e Paroquial de Alfena, faria mais sentido canalizarmos meios e esforços para ali, onde existem estruturas montadas, experiência e vontade de ajudar e onde a dificuldade maior, resulta da nunca suficiente disponibilidade de apoios financeiros e outros...

 

Não se duvida da vontade, da capacidade e do voluntarismo de quem coordena a AVA e o pelouro social da Junta. Mas as coisas são como são! É um pouco como irmos trabalhar, cada um com o seu carro ou juntarmo-nos e dividirmos as despesas!

 

 

publicado às 23:40

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D