Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - E AGORA?

 

Valongo, a autarquia mais corrupta do País tem no entanto no seu seio - trabalhadores de base, quadros intermédios e mesmo superiores - que o não são. Também não costuma ser na base da pirâmide mas sim no seu topo que este tipo de "putrefacção" costuma ocorrer...

- Temos portanto, um Presidente com um historial de 18 anos de administração danosa e perito em "caminhos de fuga" à Justiça;

- Temos um Vereador de um dos últimos mandatos, josé Luís Pinto referido em vários processos de corrupção na área do Urbanismo. O último tem a ver com o negócio do grupo Santander/Nivimovest na área REN Alfena/Sobrado que os Jornais relataram profusamente nos últimos dia: terrenos comprados por 4 milhões e vendidos no mesmos dia por 20 milhões - com a junção de uma "declaração/varinha de condão" assinada por José Luís Pinto prometendo a alteração do PDM para aqueles terreno;

- Temos dois arquitectos - um do topo da hierarquia - a serem julgados por corrupção;

- Temos a Câmara falida, com um Plano de Saneamento Financeiro viabilizado recentemente por uma parte da Oposição, mas ainda às voltas no Tribunal de Contas por incongruências várias. E para agravar o problema, mesmo que o mesmo venha a ser aprovado, só tem a garantia por parte da CGD de metade (12,5 milhões) do empréstimo previsto;

- Temos um executivo, que sendo minoritário desde início do mandato, ficou ainda mais periclitante, com a retirada por parte de Fernando Melo ao seu Vereador Arnaldo Soares, avocando-o para si próprio, do pelouro das finanças - exactamente o que se encontra mais exposto no momento actual. Como seria de prever, este  indignado com a desconsideração, devolveu os restantes pelouros que detinha. Como se Melo tivesse, já não falamos em seriedade, mas competência suficiente para gerir as finanças de uma Câmara falida;

- E temos por último e desde a última reunião pública, um presidente incompetente para decidir, corrijo, sem competências para decidir, porque estas lhe foram retiradas pela oposição em bloco.

 

Esta é a "fotografia" que Valongo pode apresentar aos possíveis investidores externos - que os de dentro já a conhecem.

 

Perante tudo isto, que outra atitude se justificaria nos seio da coligação PSD/CDS-PP que governa a Câmara, senão correr com Fernando Melo e reforçar as suas fileiras, tentando readquirir alguma da credibilidade perdida? Porque não o faz? Que poderosos lóbis se movem em torno de Fernando Melo, capazes de lhe manterem as "costas quentes" - ele que quase já não fala nas reuniões, que não é capaz de alinhavar uma resposta em condições a qualquer questão que lhe é colocada?

 

Fazendo uso de um ditado popular, "se não queres ser lobo, não lhe vistas a pele" e até agora, não registamos o mais leve indício de demarcação dos restantes Vereadores com pelouros e porque não, também de Arnaldo Soares?

 

É sempre tocante escutarmos um apelo destes e até eu em determinada altura quase me deixei sensibilizar: "eu nem estava cá nos anteriores mandatos, tenho família e o meu bom nome a preservar. Por isso peço, não me misturem nessa história da corrupção" (João Paulo dixit). E depois, mantêm-se todos de alma e coração na "defesa do quadrado"?

 

É perfeitamente incompatível com a alegação de "mãos limpas", a atitude tomada, não por Fernando Melo, que essa já se esperava, mas pelo resto do "quadrado" em bloco, ao apresentarem o último Relatório sobre a consulta pública à excepção ao PDM, sem qualquer referência às 60 Reclamações recebidas e sem nada terem respondido aos reclamantesQue esperavam? apanhar a oposição distraída e conseguirem que uma parte desta, pelo menos se abstivesse?

 

Isto não tem nada de pessoal: considero João Paulo Baltazar uma excelente pessoa - aliás, não fora a atenção com que sempre está nas reuniões públicas da Câmara e estas já há muito se teriam transformado em momentos de galhofa pegada, tantas as "gafes" de Fernando Melo - mas se como disse numa entrevista que eu li há tempos no Jornal Regional "O Verdadeiro Olhar", quer ser presidente, a forma que escolheu par eventualmente lá chegar não é seguramente a mais adequada.

 

Este é um momento muito grave na vida do nosso Município e só gente com movimentos livres, sem peias e demonstrando ter de facto as "mãos limpas", é que pode eventualmente sonhar com a subida ao "trono".

 

Acho - sinceramente - que se João Paulo Baltazar ainda quer continuar a "sonhar com o pódio", ainda pode beneficiar pelo menos do benefício da dúvida - mas não por muito mais tempo!

publicado às 15:02

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D