Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

SER JOVEM É SER DIFERENTE (DE PREFERÊNCIA, MELHOR...)

 

Adoro os jovens - a sua irreverência, o seu inconformismo, a sua "fuga" às convenções...

Devo até confessar que adoro a ignorância que quase todos demonstram (às vezes com ostensivo orgulho...) relativamente à maior parte da actualidade política -quer à que vai ocorrendo por esse mundo fora, quer à que se refere a este nosso rectangular cantinho - e que os seus promotores ou actores (quase sempre os próprios políticos) consideram invariavelmente, muito relevante...

Apesar da minha provecta idade, fica  aqui publicamente expresso que me sinto bem mais próximo deles (dos jovens...) do que de muitos velhos às vezes bem mais novos do que eu!

Mas com toda esta proximidade - ou apesar dela - eu não sou de forma alguma acrítico relativamente à forma como os nossos jovens se posicionam na vida!

- Desgosta-me constatar o alheamento da maioria deles (estarei a ser exagerado?) em relação às grandes Causas sociais.

- Desgosta-me ver demasiados deles e demasiadas vezes (estarei a ser exagerado?) demasiado envolvidos neste consumismo exacerbado - e pior que isso - abstraindo-se, fingindo não querer ver como os grandes promotores deste consumo quase irracional e selvagem, estão a destruir o nosso planeta à custa de práticas de produção e comercialização irresponsáveis e verdadeiramente predadoras...

- Desgosta-me ver que muitos deles (estarei a ser exagerado?) se preocupam mais em ver a marca da etiqueta dos ténis, da t-shirt, do top ou do biquíni que querem comprar, do que o país onde foram produzidos (quantas vezes à força de trabalho escravo ou próximo disso, pela quase ausência de direitos dos respectivos trabalhadores...

- Desgosta-me ver tantos deles, demasiados mesmo (estarei a ser exagerado?) esquecerem-se da existência de fome no mundo e de que há organizações como a AMI, UNICEF e outras, que dão tudo e quase precisam fazer milagres com o pouco que têm e que muito poucos (sempre poucos por mais que sejam...) lhes vai fazendo chegar...

Em duas penadas, vou colocar o seguinte cenário ficcionado - só podia mesmo ser ficção:

Uma loja de vestuário multimarcas, por exemplo Zara e Roskof (passe a publicidade á primeira, porque a segunda não existe...) com produtos idênticos (e preços obviamente pouco idênticos).

Na mesma loja, em espaço gentilmente cedido pela respectiva gerência um pequeno balcão da AMI, UNICEF ou outra qualquer solidariamente empenhadas em ajudar o próximo, com a finalidade de recolher contribuições nesse sentido.

Pergunta de retórica (a resposta todos a adivinham): 

- Quantos jovens optariam pelo escaparate da Roskof para escolher o casaco ou o top, entregando a diferença de preço relativamente ao mesmo produto do escaparate da Zara, no tal balcãozinho solidário?

Gosto tanto dos jovens, de me sentir igual a eles, mas obviamente faço excepções e relativamente a este exemplo ficcionado, orgulho-me de ser diferente!

 

publicado às 11:38

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D