Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO E ALFENA - CASOS DE POLÍCIA...

Abre já no próximo dia 9, certamente com a pompa e circunstância do costume, o novo Hospital Privado de Alfena, do grupo Trofa Saúde.

É óbvio, que os nossos autarcas - Câmara e sobretudo, Junta de freguesia de Alfena, vão certamente embandeirar em arco, como se isto fosse a taluda que tivesse saído aos alfenenses. Vão por isso, e para que a "fotografia" não saia ensombrada, evitar falar em assuntos desagradáveis, nomeadamente:

 

UM:

Como é que foi "legalizado" o piso construído ilegalmente.

DOIS:

Quantos alfenenses (em igualdade de circunstâncias) terão sido preferidos na criação de emprego. Aquando do lançamento da obra e para que fosse mais fácil a classificação do empreendimento como Projecto de Interesse Municipal (PIM), essa havia sido uma das garantias avançadas pelo então administrador do grupo - naquela célebre sessão pública no Centro Cultural de Alfena.

TRÊS:

Qual o papel (activo) da Junta de Freguesia, nomeadamente através do GIP e do IEFP, para acompanhar e promover a aplicação do compromisso anterior.

 

É óbvio, que ainda muita coisa vai ter de ser esclarecida e o âmbito das queixas que já foram apresentadas por Paulo Morais (antigo vice presidente da Câmara do Porto) e pela CDU de Valongo em relação ao enriquecimento ilícito envolvendo a Novimovest e a designada Zona Industrial de Alfena II, vai ter de ser alargado por forma a abranger também o Hospital Privado de Alfena, a Quinta do Bandeirinha (onde iam ser construídas pelo grupo Eusébios as nova Unidade de Saúde e a Sede da Junta, à custa de uma monstruosa burla contra os legítimos proprietários da dita Quinta) bem como a área onde se insere o actual empreendimento da Quinta das Telheiras e onde a Câmara pretende desclassificar mais uma "área de favorecimento" (já prevista na nova Carta REN de Valongo).

 

Aliás, a Nova Carta REN, tem ela própria,  todos os ingredientes - pelo que vamos vendo através da documentação que nos foi remetida pela Comissão Nacional REN, mas sobretudo, por aquela que nos foi escamoteada no referido envio - para se transformar também num caso de polícia e portanto, a merecer aprofundada investigação do Ministério Público.

O ano de 2012, terá pois de ser, em relação a estas questões, o ano de todas as verdades.

Daí que os visados - e obviamente envolvidos nestes processos nebulosos, com destaque para o grupo Trofa Saúde - aquilo que fariam melhor era no próximo dia 9, moderarem o entusiasmo e pouparem nas bandeiras. Além de economizarem nos gastos, evitariam desagradáveis "reformulações" de discursos.

publicado às 14:32

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D