Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

UMA MENTIRA TANTAS VEZES REPETIDA... PASSARÁ A SER VERDADE?

 

" Computadores de cem dólares para criança pobres
sábado, 21 de outubro de 2006

 

Vagner Bastos

Será lançado em 2007 um computador portátil que, a princípio, custará pouco mais de US$100, equipado com uma tela que terá sistema de adaptação aos ambientes claro e escuro, com possibilidade de interligar-se a outras máquinas e que possuirá um dispositivo para alimentação através de energia humana. As máquinas deverão ser compradas pelos Governos Federais para distribuição entre crianças de escolas públicas dos países.

O projeto do computador popular, que está sendo implementado pelo Michigan Institute of Technology (MIT), dos EUA, tem como mentor principal Nicholas Negromonte, fundador do laboratório de mídia do MIT e que está à frente da instituição sem fins lucrativos
laptop.org/" target=_blank>One laptop per child, em português, um laptop por criança, que tem por finalidade principal levar educação para crianças de países de terceiro mundo, fazendo sua verdadeira inclusão digital, através de computadores portáteis de baixo custo.

De acordo com entrevista concedida ao Estadão no ano passado e colocada no ar pelo
softwarelivre.org, Negroponte disse que ninguém pensa em lápis comunitários, pois cada criança tem o seu. O lápis na educação é uma ferramenta barata o suficiente, de forma que todos possam ter acesso, sendo usada ao mesmo tempo para trabalhar e brincar, fazendo, conseqüentemente, a criança pensar. Para ele, um computador pode servir para as mesmas coisas, mas de uma forma muito mais poderosa. O pesquisador afirma ainda que uma criança “ser dona” de um computador, como é de uma bola ou uma boneca, é extremamente importante, pois a maquininha será tratada com amor e carinho.

A Quanta Computer, de Taiwan, que já produz computadores portáteis para a Dell, HP e IBM, foi escolhida como fabricante, para que se possa garantir o baixo preço. De acordo com o
Terra, o laptop pode ser dobrado em mais posições do que os notebooks normais, podendo ser usado no colo ou transportado como uma lancheira. A alça é o cabo de força, e em locais onde não haja eletricidade, o laptop poderá ser carregado manualmente, através de uma manivela. A máquina ainda terá um revestimento emborrachado para ser ultra resistente a impactos.

O computador terá sistema operacional baseado nos softwares livres, processador de 500 Mb de
memória flash, portas USB e tecnologia wi-fi, para acesso sem fio à Internet.

Brasil, Nigéria, Tailândia, Egito e China, deverão ser os primeiros países beneficiados com a nova tecnologia alternativa "

 


 

Notícia do Portugal Diário (IOL): “Foi anunciado como o primeiro computador português, mas não é bem assim. O Magalhães é originalmente o Classmate PC, produto concebido pela Intel no sector dos NetBooks, que surge em reacção ao OLPC XO-1, que foi idealizado por Nicholas Negroponte.

Será, no fundo, um computador montado em Portugal, mais propriamente pela empresa JP Sá Couto, em Matosinhos. Tirando o nome, o logótipo e a capa exterior, tudo o resto é idêntico ao produto que a Intel tem estado a vender em várias partes do mundo desde 2006. Aliás, esta é já a segunda versão do produto.

Este computador ultraportátil já está à venda em vários países, inclusivamente o Brasil, mas nem sempre é conhecido pelo mesmo nome. A ideia não é portuguesa, mas irá dar postos de trabalho na montagem dos componentes. Também permitirá manter bem viva a acção das empresas de comunicações, que irão fazer mais alguns milhares de contratos de acesso a Internet. São 500 mil portáteis disponíveis para as crianças dos seis aos dez anos. Um agrado para os mais novos, que com certeza também satisfará os pais.

Na Indonésia o «Magalhães» é conhecido pelo nome de «Anoa», na Índia é o Mileap-X series, na Itália é o Jumpc e o no Brasil é conhecido por Mobo Kids. O Governo do Vietname percebeu o sucesso da oferta e já o colocou nas escolas a preço reduzido. Uma ideia agora adoptada por José Sócrates.”

É caso para perguntar: a eficiência do Marketing à volta do lançamento deste computador, que “vendeu” a ideia ao público de estarmos perante o 1º computador ultraportátil português, foi portuguesa? Ou também foi importada à Intel?


Pois é...

Que tínhamos um Governo capaz de nos prometer o paraíso só para nos convencer a ir à boda (e depois sair à sorrelfa e  obrigar-nos a pagar a factura do restaurante...) isso já sabíamos!

Que tínhamos um Governo que nos diz que o limiar de pobreza  se situa nos 400€ mensais e depois  permite que um trabalhador que descontou 41 anos para a Segurança Social e se reformou aos 57 anos na sequência de um desemprego de longa duração, receba uma reforma de 292€ (é apenas um exemplo que eu conheço pessoalmente, de entre milhares que existem por esse País fora...) também já sabíamos!

Agora que esse Governo se alie aos promotores de uma mentira como a que os dois textos acima permitem constatar - no caso concreto aos organizadores da mediática operação de marketing a que a segunda "notícia" se refere e em que seguramente foi gasto muito do dinheiro dos portugueses na ajuda da sua promoção... isso já é um pouco demais!

Não vai ser seguramente à custa de repetir a mentira de  que vamos ter o primeiro computador social de baixo custo e muito menos de que vai ser totalmente fabricado em Portugal, que isso vai passar a ser verdade!

 


 

AFINAL HAVIA OUTRO... também portugues

 (A publicidade é por conta da casa...)

 

 

 Tsunami Moover T10
 
O mais novo modelo da TSUNAMI é o primeiro portátil nacional a integrar a nova  tecnologia de processador  Intel Atom N270.

As linhas modernas e as características técnicas deste Moover T10 não deixam adivinhar o preço deste equipamento direccionado para um novo segmento de mercado: os Netbooks, uma agradável surpresa para quem procura tecnologia, mobilidade e design a baixo custo.

 A TSUNAMI alargou a linha Moover com a introdução do sedutor e ultra portátil T10 no mercado nacional. Prático e muito elegante, tem no preço uma agradável surpresa. Por apenas 399 euros, o consumidor pode desfrutar de um moderno notebook, por dentro… e por fora.
 Monitorizado por um processador Intel Atom N270 a 1.6GHz, o mais recente modelo da linha Moover é o primeiro portátil nacional a utilizar esta versão, uma lufada de ar fresco para os que procuram aparelhos completos, a preços competitivos.
 Leve e elegante, traz consigo o Windows XP Home como sistema operativo, trabalha com um disco de 80GB e 1GB DDR2 em memória.
   Com dimensões de 260x180x19-31,5mm e 1kg, o TSUNAMI Moover T10 apresenta um display de 10” WSVGA de 1024x600 de resolução. A placa gráfica e o chipset escolhidos para este modelo foram, respectivamente, a Intel UMA Share System Memory e o Intel 945CMS + ICH7M.
 O TSUNAMI Moover T10 vem equipado com uma webcam de 1.3 M pixel e Wireless 802.11bg, três portas USB, ligação Ethernet, um Card-Reader 4 em 1 e uma saída de vídeo.
 Disponível a partir da segunda semana de Agosto 2008.  PVP: 399€ IVA incluído.

21-07-2008
00:00

 

 

publicado às 11:17

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D