Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

AGRICULTURA - UM SECTOR (FINALMENTE) PRIVILEGIADO!

 

Gabriela Ventura - dirigente do Ministério da Agricultura,
gestora do PRODER, numa sessão pública de esclarecimento

 

O Programa de desenvolvimento rural (ProDeR) está finalmente no bom caminho, em fase de franca expansão - apesar da crise que abafa o País!

E afinal, parece que nem tudo passa por injectar mais dinheiro na agricultura, melhor dizendo, tudo passa por encontrar formas de animar o sector, sem ter necessariamente de aumentar os fluxos de injecção do dito - até porque o mesmo não abunda.

Com a carinha bonita da nossa ministra democrata e cristã, já os ânimos tinham subido um pouco, mas agora o ministério está a tentar ir um pouco mais longe, isto é, em vez de se ficar apenas pela animação do sector, está a tentar animar também os directamente interessados - os agricultores.

Nada como uma boa palestra conduzida e animada por quem sabe do assunto, para que a moral das tropas suba em flecha e aos agricultores (aos que costumam participar nestas acções), na grande maioria ainda, homens habituados a uma vida espartana, muitas vezes com horas de trabalho a mais, nem sempre é fácil mantê-los atentos e acordados para assistirem a palestras teóricas!

Eu sei do que falo, pois ainda não há muito tempo tive que dar formação a uma turma de agricultores em regime pós laboral - 4 horas por dia, das 19 às 23 horas!

Claro, que estamos a falar de contextos sem qualquer semelhança: a formação dada por mim e a palestra a cargo de Gabriela Ventura!

E nem preciso explicar porquê: bastaria comparar as nossas respectivas posturas em contexto formativo - se eu tivesse encontrado uma das fotos que os meus formandos me tiraram durante a referida acção de formação... Mas ainda bem para mim que não encontrei, porque me sentiria algo envergonhado - envergonhado por ficar a perder na comparação, obviamente!


 

Carme Chacón (antiga Ministra da Defesa de Espanha)

 

PS

Acabei de tomar conhecimento de que afinal, Gabriela Ventura até se apresenta de forma bastante recatada, se a compararmos com a anterior ministra da Defesa de Espanha Carme Chacón no decurso de uma reunião com os homens da marinha - e logo com estes, que passam por vezes largos períodos de tempo sem virem a terra...

Na altura - era Santos Silva ministro da Defesa de Portugal - houve muito bons portugueses que não se coibiram de gritar "Santos Silva p'ras Berlengas já!" e outros que chegaram mesmo a colocar a hipótese de pedirem o estatuto de refugiados em Espanha.

Atitudes um pouco machistas de quem acha que as mulheres devem ser apenas mais um dos muitos "acessórios" de cozinha!

Ora afinal, elas conseguem provar que ficam bem em qualquer contexto e mais: mesmo quando se abalançam em áreas técnicas geralmente "capturadas" pelos homens, conseguem compensar de forma perfeitamente genial, alguma pequena desvantagem em temos de preparação técnica. 



publicado às 23:29

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D