Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

JERÓNIMO MARTINS E A OPERAÇÃO DE CHARME - PROGNÓSTICOS, SÓ COMO DIZIA O OUTRO...

Citando os amigos: 


 

O PS À CONDIÇÃO!

 

Muito se tem falado – bem e mal – sobre os negócios dos terrenos em Alfena. Jogadas e golpadas entrincheiradas com muita dose de polémica à mistura, à Câmara Municipal de Valongo, mesmo que o pau vá e venha, este, pouco tempo têm dado folga às costas. De quando em vez e de e vez em quando, empurra-se para a ordem do dia, mais uma tentativa de fechar o negócio. Agora vai…

A Jerónimo Martins – vá lá saber-se por que carga de água? – teima assentar arraiais na jazida do Monte 14. Pacientemente de forma aflitiva, aguarda pela concessão de uma excepção à excepção. O grupo Novimovest (pelo nome mais parece um take away de pronto a vestir), vai atentamente olhando para o seu PSI20 na esperança de repor as acções em risco, mantendo em alta a especulação que ali há petróleo. A Câmara de Valongo, a tal senhora Excelência, anseia, com sua licença, que licenças dão dinheiro tão aflitivamente esperado.    

Mais dia menos dia, o assunto voltará e revoltará à Mesa dos Ais. Será, cremos mais uma tentativa para ganhar pelo desgaste do cansaço. E então, à boa maneira portuguesa, as simples contas de cabeça vão exigir calculadora. Calculo. 

Bem vistas as coisas, o movimento pendular do agora tira e agora mete, avança e recua, ao ritmo sempre incerto da contabilidade dos votos no executivo camarário. O PSD (2+1+1) recolhe, neste peditório, 4 votinhos bem contados. A Coragem de Mudar, retira 2 votos aos 4 iniciais. Ficam 2 votos na bandeja. Faltará saber se o PS mete os 3 ou tira os 3. Contas difíceis.

Hoje como outrora, caberá ao PS dar o golpe da misericórdia ou da concórdia. E desta vez, a julgar pela investidas do novo recandidato à Presidência da Concelhia… e do Concelho, teremos posição acertada e ajuizada: O PS votará contra a excepção. Mas que PS?

No passado dia 7 de Janeiro, a Direcção da Concelhia Valonguense do PS, no âmbito do 3º Fórum Público (?) Dar Voz a Valongo e que contaria com a presença de Paulo Morais, sobre a temática – A (in)transparência nas autarquias locais – José Manuel Ribeiro refere que “existem sociedades onde a transparência sempre foi uma condição”.   

Independentemente do tipo de sociedades a que se referia, aí está a deixa para que a Direcção da Concelhia do PS altere a sua condição na votação. Caso contrário, com mais transparência ou menos transparência, continuamos a contar com um PS onde a transparência na condição mais não é que uma excepção. E de excepções, andarão os socialistas fartos…


 

 

José Manuel Pereira

 

publicado às 11:00

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D