Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA E VALONGO - OS LIMITES...

Ainda a propósito da informação avançada pelo nosso vice na última reunião de Câmara - "ao contrário do que o chamado livro verde de Miguel Relvas previa, a redução do número de freguesias também vai aplicar-se a Valongo, onde ficarão no máximo três" - talvez seja interessante repescar aqui um comentário a propósito, do meu amigo Sr. Silva Pereira, onde me dizia mais ou menos isto: "Com grande probabilidade as freguesias que ficarão serão Alfena, Ermesinde e Valongo (porque já são cidades). Sobrado e Campo serão retalhadas e distribuídas pelas outras".

Ora bem...

Existem duas abordagens possíveis para esta (por enquanto) hipótese, sendo que qualquer delas, poderá ser defendida com argumentos mais ou menos lógicos:

Primeiro argumento: O avançado pelo meu amigo e que tem a ver com o estatuto de cidade das três freguesias referidas, o que as colocaria teoricamente à cabeça em termos de preferência;

Segundo argumento: Desde há muito que há gente a defender o princípio - e com alguma lógica, diga-se - de que em áreas urbanas, como é o caso de Valongo, há uma significativa redundância na actividade dos dois Órgãos autárquicos - Câmara e freguesia.

No caso de Valongo, esse argumento até é reforçado pelo facto das respectivas sedes se encontrarem a poucas dezenas de metros de distância, o que não acrescenta nada em termos de comodidade (pela proximidade) relativamente aos cidadãos. 

Aqui chegados, vou - finalmente dizer ao que venho:

O "contencioso" principal na questão dos limites de Alfena, tem a ver com a freguesia de Valongo.

Até determinada altura, era invocada como explicação para o arrastar de uma solução de consenso, o internamento devido a uma doença grave, do saudoso presidente de Junta de Valongo, que entretanto, já nos deixou, infelizmente.

Neste momento e já recomposto o referido Órgão dessa perda, seria estrategicamente interessante que, sobretudo a nível das duas freguesias - Alfena e Valongo - esta questão fosse dirimida.

Primeiro, repunha-se a verdade histórica, que ninguém parece contestar, mas a cuja discussão, a maioria procura eximir-se e depois, porque numa altura em que Valongo (freguesia) pode estar ameaçada de extinção, face ao segundo argumento acima referido, ter um aliado em Alfena, daria sempre alguma jeito...

Claro que tudo isto pressupunha que os dinâmicos UpA estivessem atentos a estes problemas e tivessem tempo para os tratar com sentido de oportunidade, o que me parece não ser de todo, o caso.

 

publicado às 15:10

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D