Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

HOSPITAL PRIVADO DE ALFENA FUNCIONA ILEGALMENTE!

 

Afinal, a menina dos olhos de Arnaldo Soares e dos seus companheiros de projecto dos UpA (Unidos por Alfena) - um empreendimento de "extrema relevância" para todos os alfenenses (?) nasceu torto e assim continua, cumprindo o ditado "o que nasce torto, tarde ou nunca se endireita". Apesar da pompa e circunstância da sua inauguração e da mais alta figura do Município mais corrupto do País ter colaborado no corte da fita.

O recorte do e-mail que coloco abaixo, não deixa margem para dúvidas: 

Depois de um primeiro pedido de informação que enviei à ARS-Norte, que não obteve resposta, insisti e enviei cópia dessa insistência ao Ministério da Saúde e a prova chegou hoje, iniludível nua e crua: Neste País/República (das bananas), existem grupos económicos que se julgam acima de todas as leis e que estas se destinam apenas a castigar o cidadão comum quando este comete alguma falta, por mais pequena que seja. Quanto a eles, como costuma dizer o nosso autarca local (de Alfena) e acérrimo defensor do Hospital Privado de Alfena e do grupo Trofa Saúde "aqui a lei sou eu" - no caso concreto, o Grupo Trofa - ainda que na realidade, ambos se encontrem vezes demais à margem da mesma.

O caso seria menos preocupante se não fosse com a saúde dos cidadãos que eles neste caso andam a brincar.

Esperemos que finalmente e porque agora já existe o reconhecimento de uma grave irregularidade, a Administração actue, puna e proteja os cidadãos destes predadores que ora no Algarve, ora em Braga, ora em Alfena, vão fazendo de conta que "a lei são eles", que o País é seu refém e que os cidadãos não têm direitos, ainda que a nível dos cuidados de saúde privados que nem por isso devem deixar de ser certificados!

O Hospital Privado de Alfena, está a funcionar ilegalmente e isso deve ser ponderado por qualquer utente no momento em que precisa de recorrer a um Hospital!


publicado às 16:49

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D