Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

WALL-E (num cinema "perto de mim...)

http://www.disney.pt/Filmes/Wall-E/index_pt.html

Vivemos num País (num mundo) completamente louco:

Desde logo, porque governado (o País e o mundo) por loucos cuja principal actividade parece limitar-se a infernizar o dia a dia dos “outros”, tarefa em que se aplicam pode dizer-se, a tempo inteiro pois mesmo quando vão de férias (com o dinheiro dos “outros”) mesmo nessa altura, vão seguramente aproveitar os momentos de “merecido” repouso para se possível, sofisticar ainda mais os métodos que lhes permitam eternizar-se na patriótica tarefa de continuarem a governar, a governar-se e a desgovernar o dinheiro e a vida dos “outros”!... Eventualmente com uma ou outra mediática sessão de jogging pelo meio, ou uma “enfadonha” estadia  a bordo de algum luxuoso iate, a convite de um qualquer atento e agradecido multimilionário (vá-se lá saber porquê...) que obviamente se esmerará na qualidade do serviço! 
E depois, regressam: retemperados, bronzeados, com as maquiavélicas baterias bem recarregadas e só não partem para formas mais extremas de governação – quiçá regressando ao eficaz método da grilheta e do chicote – porque com o crescimento demográfico e a consequente alteração dos métodos de produção, isso seria quase impossível:  Implicaria a existência de autênticos exércitos de capatazes, complexos industriais sufisticados para o fabrico de chicotes e siderurgias inteiras só para produzir o ferro das grilhetas…
Provavelmente há alguns séculos atrás ( há poucos anos atrás) muitos acreditaram ( nós acreditamos) que apesar da extensão dos danos, apesar da destruição galopante do habitat, apesar dos “sinais vitais” da espécie humana serem cada vez mais débeis, ainda seria possível reverter o processo...
Parece que afinal, lamentavelmente todos nos enganamos e o único com alguma hipótese de êxito, vai ser também o único sobrevivente – e porque não o precursor de um novo ciclo – o WALL-E!

Entre a realidade e a ficção e uma vez mais, parece distar apenas o “tal”pequeno passo – o do pequeno e irreverente WALL-E!

Que ele ao menos consiga limpar toda a porcaria antes que o novo Big-Bang inicie tudo de novo...    

publicado às 22:34

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D