Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

OS "TALIBANS" DO FUTEBOL

O árbitro Bruno Paixão e a família estavam a ser alvo de ameaças, sendo obrigados a abandonar a residência, escreve hoje o "Diário de Notícias".

Segundo a PSP, era fundamental a família deixar o domicílio, uma vez que as ameaças faziam clara alusão à rotina da filha, colocando em causa a sua segurança. 

As ameaças surgem na sequência da divulgação dos dados de 25 árbitros das ligas profissionais de futebol, que deixaram os próprios alarmados, após receberem chamadas anónimas e e-mails.  Em causa deverá estar a violação do sistema informático da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol).

Tal como o "Expresso" noticiou esta semana os investigadores da Polícia Judiciária (PJ) já pediram "informalmente" ajuda ao FBI neste caso.

Recorde-se que na derrota do Sporting frente ao Gil Vicente, na passada segunda-feira, o árbitro foi fortemente criticado pelo presidente dos 'leões' e pelos adeptos, que de acordo com o jornal, pediram em fóruns os contactos de Bruno Paixão.


Ler mais: http://expresso.sapo.pt/bruno-paixao-sai-de-casa-apos-ameacas=f714351#ixzz1q7jF9ifg


Normalmente não utilizo este espaço nem gasto o meu tempo para falar sobre futebol.

Que me desculpem os adeptos mentalmente saudáveis, que eu acredito que, em maior ou menor número conforme a dimensão dos respectivos clubes, (ainda) existem, tenho para mim que em abstracto, o "fenómeno" futebol é uma doença, um mal silencioso que se vai desenvolvendo e que em muitos casos, atingida a fase terminal, transforma seres aparentemente normais em verdadeiros monstros em autênticas máquinas de destruição maciça.

Mas o que mais me revolta, é que ao contrário das drogas que também o fazem, esta transformação das pessoas noutra coisa que não são, conduzindo-as de forma inexorável ao estado terminal de decadência moral e física que inúmeras vezes constatamos, o futebol é apoiado, recebe dinheiro dos impostos, recebe benesses várias do poder político  e consegue ser uma ilha de favorecimentos dentro do Estado de direito - dos vários Estados de direito, que o fenómeno não é apenas português.

O que li AQUI, devia fazer-nos pensar melhor no assunto e colocarmos a nós próprios a questão de saber se não terá chegado o momento de impor às SAD's e aos clubes em geral a Lei que vigora para todos os cidadãos - e da mesma maneira, aos jogadores de futebol os sacrifícios que são exigidos aos outros cidadãos - falo aqui obviamente no caso português.

Permitir que estes "talibans" dos novos tempos se passeiem por aí promovendo a violência e o ódio à custa dos meus impostos, mesmo que me digam que são a excepção dentro de uma regra que é diferente, não me convence. É que são uma excepção demasiado volumosa para passar despercebida e pior do que isso, são uma excepção multicolor e transversal às várias classes, o que a torna ainda mais preocupante.

publicado às 10:59

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D