Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

OBRIGADO DR. FERNANDO MELO...

E sua excelência perguntará - com toda a razão - "porquê?"

Expliquemos então:

Desde que sua excelência resolveu privilegiar-me com um processo-crime o que motivou o Ministério Público a notificar-me para prestar declarações, o contador de visitas - de que coloco abaixo um recorte obtido há minutos atrás - disparou e estou mesmo a pensar fazer obras de alargamento e colocar uns tapetes novos à entrada, tantos e tão ilustres são os visitantes que me concedem a elevada honra de uma visitinha.

Claro que não sou ingénuo - não o sou completamente pelo menos, porque alguma ingenuidade não fica mal a ninguém - para não me aperceber que nem todos os visitantes vêem por bem...

Mesmo assim - não vindo todos por bem, são todos bem-vindos e prometo não colocar tapetes diferentes para uns e outros!

Alguns perguntam-me de forma hesitante e algo tímida, se tenho dormido bem, outros mais à vontade comigo, são mais explícitos e vão directos ao assunto, questionando-me sobre o tipo de crime que terei cometido.

Obrigado - a uns e a outros - pela vossa curiosidade/preocupação.

Aos primeiros, garanto que não ando a tomar nada para dormir e até o consigo fazer - dormir - tomando um bom café depois de jantar. Posso indicar algumas testemunhas fidedignas que o podem comprovar.

Aos segundos, só posso repetir-lhes a acusação que é pública porque me foi feita numa pública reunião de Câmara pelo (ainda) presidente da Câmara dr. Fernando Melo: "puz-lhe um processo por me ter chamado vigarista na última reunião".

(Abro um parênteses para confessar que no dia em que isso aconteceu - em que ele me fez essa acusação - quando cheguei a casa, a primeira pergunta que fiz à minha cara metade foi "olha lá, tens a certeza que não me trocaste - pelo menos nas últimas semanas - os comprimidos contra o colesterol?" - são os únicos que ando a tomar...

Escusado será dizer, que ia comprando uma guerra! E fecho o parênteses).

Despistada esta última hipótese de eu ter eventualmente passado por uma momentânea descompensação que me levasse a ter feito aquilo de que sua excelência me acusa, não quererá o Dr. Fernando Melo fazer o mesmo que eu fiz, isto é, verificar com todo o detalhe, se não andará a tomar algo trocado?

Aqui vai então o recorte do meu orgulho:

publicado às 22:33

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D