Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

ALFENA - VARRENDO (?) PARA "DEBAIXO DO TAPETE" OU PARA CIMA DE TUDO E DE TODOS...

Sei que o assunto não é novo, que já foi abordado em reuniões dE Junta, na Assembleia de Freguesia de Alfena, em reuniões de Câmara e julgo até que também na própria Assembleia Municipal.

Tem a ver com a varredura mecânica das ruas da nossa cidade por parte da empresa concessionada e que é feita de uma forma verdadeiramente surreal.

A coisa conta-se mais ou menos assim - e dou o exemplo da Rua da Várzea, onde moro e onde hoje, mais uma vez fui testemunha ocular do acontecimento:

Um monstro roncador com quatro rodas conduzindo por um funcionário que vai fazendo o melhor que pode com o que tem, vai sugando o que vai encontrando pela frente - lixo ou equiparado.

Até aqui, nada de especial, não fosse o caso da varredora mecânica - é o nome do monstro - não libertar ela própria por um sítio, o que vai sugando pelo outro - os filtros devem ser caros ou difíceis de limpar!

Mas a coisa mais espantosa, é que ao lado da mesma, um pouco mais à frente vai um infeliz de um trabalhador suportando um soprador com ar de geringonça de outro planeta, que vai atirando com o lixo e o pó dos passeios, para cima dos carros que vai encontrando estacionados, para os quintais e jardins dos moradores, para cima das pessoas com quem eventualmente se vai cruzando e vamos lá, convenhamos que também algum para a frente da máquina. Talvez pudesse fazer melhor - ou talvez o faça de acordo com a "formação" que recebeu...

Esta é a actual varredura das nossas ruas e se calhar das de outras freguesias onde a mesma concessionária ganhou o concurso da Câmara e enquanto isso, parece que quem passa o cheque, assobia para o ar e finge que não ouviu reclamações de ninguém e que por isso "deve estar tudo a correr bem"...

Ah! falta apenas dizer que o homem que alomba com o soprador, não usa qualquer tipo de EPI (Equipamento de Protecção Individual) e os seus pulmões por este andar, vão ficar no mesmo estado em que devem estar os filtros da varredora não tardará muito.

E se alguém de repente resolver alertar a ACT (Autoridade para as Condições de Trabalho) para esta infracção? Quem a pagará, a empresa concessionária, ou o responsável pelo departamento de higiene urbana (não sei de é assim a designação) da Câmara?

É que na construção civil por exemplo, o dono da obra é co-responsável pelas condições de trabalho existentes - ou pela falta delas!


PS: Mais uma vez só tinha o Nokia à mão e a qualidade da imagem talvez não dê uma ideia fiel do "pé de vento" e da "tempestade de poeira" que percorrem as nossas ruas de Alfena, fingindo que se procede a limpeza urbana e fingindo-se que é isso que acontece, a Câmara finge igualmente que está a pagar um serviço prestado.

E fingindo todos, só os cidadãos não vão continuar a fingir que estão satisfeitos! Um dia destes, vão obrigar a máquina a parar e a ir sujar para outro lado!


publicado às 21:25

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D