Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

PINGO DOCE - A MENTIRA DE UM SLOGAN...

Hoje era para ter sido um dia de Liberdade.

Liberdade de ser livre para gritar Liberdade - como o fizeram pela primeira vez os heróis de Chicago em 1886.

Mas a liberdade de gritar Liberdade, hoje colidiu com a ignomínia de um apátrida a quem sobrando cash-flow e faltando dignidade, resolveu fazer o que sempre fizeram os seus concorrentes e contradizer o 'recado' dos publicitários que ele paga a peso de ouro:

Hoje fez promoções!

Afinal, no Pingo Doce os preços já não são baixos de Janeiro a Janeiro, isto é, o ano inteiro, porque esse princípio hoje virou miserável excepção, oportunismo rasteiro,  ilegal dumping, indescritível violência psicológica sobre os seus trabalhadores - aqueles mesmos a quem diz prodigalizar direitos e condições de trabalho superiores aos que são assegurados por todos os seus concorrentes.

Pura mistificação!

Hoje colocou em risco a segurança de milhares de consumidores, obrigando em muitos casos à intervenção da polícia para assegurar a ordem pública - que em maré de crise, há cidadãos capazes de se matarem por um desconto de 50% num cabaz, onde provavelmente metade das coisas nem precisariam de comprar.

Alexandre Soares dos Santos, um dos patrões mais ricos do ramo da distribuição alimentar, ex português, candidato recusado à cidadania holandesa, ex cidadão do mundo - portanto um vulgar mercenário apátrida, ou melhor, cidadão da 'pátria' do dinheiro, que é exactamente em lado nenhum e em todo o lado onde ele possa ser arrecadado a qualquer custo - hoje foi igual a si próprio, isto é, idêntico ao que sempre negou ser, isto é ainda, um sósia dos concorrentes - Belmiro de Azevedo e outros que tais.

Alexandre Soares dos Santos hoje ficou (ainda) mais rico. De duas maneiras:

Explorando os seus trabalhadores ao sonegar-lhes um dos feriados de maior significado para quem trabalha, mas também, despejando as prateleiras de produtos que demorariam algumas semanas a serem vendidos e desfazendo-se de outros que ao ritmo normal de vendas, poderiam correr o risco de passar dos prazos de validade.

Abriu no entanto um precedente perigoso e desacreditou-se a ele próprio e ao famoso slogan!

No Pingo Doce, afinal os preços baixos passarão a ser (apenas) no 1º de Maio - enquanto o deixarmos andar por aí fingindo que é português!

Este é o Grupo que tanto impressionou os autarcas valonguenses convidados há algum tempo atrás para uma acção de charme, vulgo  'lavagem' à parte que fica sob a superfície capilar.

Aos 'ilustres' visitantes, alguém em representação do homem sem Pátria, mostrou o mundo de abundância aos pés de todos e proferiu as palavras que segundo rezam os textos bíblicos, o demo terá dito a Jesus: "tudo isto te darei, se me adorares".

Ao contrário do Messias, parece que eles gostaram tanto do que viram que adoraram mesmo.

Este é o Grupo que quer instalar-se em Alfena - ao lado da Chronopost - na zona mais conhecida por 'aeroporto internacional de Alfena' e para a qual a CCDR-N já deu a sua autorização - por enquanto condicionada.

 

publicado às 01:09

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D