Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

VALONGO - A 'EXCELÊNCIA' DE SEMPRE...

A reunião de hoje da Câmara de Valongo, por contar com a presença de Fernando Melo deveria ter constituído notícia.

Porém, como todos sabemos, ele já só atrai as atenções quando profere acusações infundadas, quando calunia publicamente e em posição de supremacia Regimental, cidadãos que são 'apenas' público - uma designação depreciativa para caracterizar aquele tipo de pessoas que não tendo nada de mais útil para fazer na vida, se entretêem a assistir às reuniões públicas de Câmara.

Como uma dessas pessoas, o cidadão que escreve neste Blog desde Abril de 2006, que já publicou até ao post anterior, 1199 artigos e recebeu sobre os mesmos, 1266 comentários - obviamente nem todos favoráveis, mas sempre colocados online, desde que não anónimos nem de cariz ofensivo ou com linguagem imprópria - nunca ofendeu Fernando Melo como pessoa, mas evidentemente, como cidadão livre e não 'algemado' por qualquer tipo de contenção partidária ou de grupo, não pode, não tem o direito, mais do que isso, tem o dever de não ficar em silêncio e de criticar o autarca e os seus actos de 'gestão danosa' de que muitos o acusam publicamente, incluindo em plenas sessões do Órgão deliberativo do Concelho e na própria Câmara, mas em relação aos quais ele nunca reagiu.

É que Fernando Melo, tal como muitos detentores de algum tipo de poder neste País, só é 'forte com os fracos' e obviamente, claudica sempre quando enfrenta 'poderes mais poderosos' que o dele.

Hoje viu-se mais uma vez a braços com a necessidade de ter que desencadear um novo processo disciplinar a uma Directora de Departamento, por omissão grave dos seus deveres profissionais - não fixação de objectivos para o seu Departamento nos anos de 2010 e 2011 e ausência de avaliação dos seus subordinados.

O assunto foi suscitado pelo vereador Pedro Panzina da Coragem de Mudar e reforçado por Afonso Lobão do Partido Socialista.

Ainda foi feita uma tentativa por parte do nosso vice, no sentido de adiar o assunto para a próxima reunião, mas perante a ameaça de que ou havia uma decisão consensual ou assunto ia a votos, Fernando Melo decidiu mandar instaurar o tal processo.

Como temos vindo a constatar por outros casos recentes, Valongo tem neste momento um problema com a excelência autárquica:

Perdeu-a e vai ter que ir atrás do prejuízo para a recuperar de novo - em futuro mandato e já sem o contributo do 'excelente' autarca Fernando Melo.

Ainda suscitado pela Vereadora Maria José Azevedo e com reforço de Pedro Panzina, foram relembrados os casos  suscitados pela Coragem de Mudar numa das anteriores reuniões, sobre dois empreendimentos industriais e/ou comerciais irregulares - um em Sobrado e outro em Alfena - onde a Câmara deu um verdadeiro exemplo do que é jogar com as decisões dos Tribunais, bastando-lhe para tanto, protelar prazos, proferir despachos que depois ficam parados durante anos sem 'mexerem', para agora e pelo menos em relação ao de Alfena, vir com o 'argumento' de que uma parte das construções ilegais serão 'legalizáveis' à luz do futuro PDM - talvez lá para as calendas...

Ao menos o vice João Paulo Baltazar aceitou a sugestão de chamar os cidadãos que estão completamente revoltados com a Câmara, para apelar à sua compreensão para aquilo que já foi considerado uma omissão grave dos serviços e convencê-los que neste momento se está a fazer um esforço para que casos destes não se repitam.

Oxalá eles acreditem, que quanto a nós, vamos fingir que sim, só para sermos simpáticos...

 

 

publicado às 19:41

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D