Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CÂMARA DE VALONGO - SERVIÇO PÚBLICO

24/Maio/2012 - 10:00 horas, local habitual (salão Nobre da Câmara) - 4ª reunião pública de Câmara.

Pelas minhas contas, a penúltima antes da saída do 'querido lídere' Fernando Melo - ver 'ementa' abaixo.

Já agora e a propósito deste...'mandatus interruptus', confesso aqui publicamente duas dúvidas e a minha incontornável curiosidade sobre a forma como a oposição vai lidar com a questão das competências que tinham sido retiradas pela Câmara a Fernando Melo:

Primeira dúvida - Será que a oposição se vai manter unida em torno desta gestão mais ou menos colegial, ou alguém vai alterar a posição assumida, face à entrada em cena de João Paulo Baltazar?

Segunda dúvida - Será que dada a aflitiva situação da Câmara, que continua a trabalhar sem Orçamento e sem resolver o problema do saneamento financeiro, o (novo) Presidente não terá ele próprio, algum interesse em se resguardar nesta parte final do nefasto legado de Fernando Melo, mantendo esta tácita divisão de responsabilidades e quiçá, até agradecerá que ninguém levante o problema nesta altura?

Mas se assim for, há uma questão sobre a qual a oposição não pode ficar de forma alguma indiferente e terá de se entender - se é que quer imprimir alguma réstia de dignidade a esta parte que falta do mandato abandonado pelo seu titular:

Consta-se que Fernando Melo, antes de decidir entregar a chave do castelo, 'armadilhou' cirurgicamente algumas 'peças' do aparelho municipal que lhe são especialmente queridas', evitando assim que alguém possa sequer aproximar-se delas, ao mesmo tempo que impôs protecção especial para as mesmas, deixando bem claro que não admitiria que lhes tocassem com um dedo que fosse.

Aceitar a 'entrega das chaves' com estas condicionantes, é algo com o qual ninguém com um mínimo de dignidade pode pactuar e contraria tudo aquilo que temos andado a denunciar há tempo demais.

Tal como acontece com os testamentos normais, há aqui uma parte dos 'bens do testador' que se equipara à chamada 'quota indisponível (ou legitimária') de que ele não pode de forma alguma dispor a seu bel prazer - nem impor aos 'testamentários' que o aceitem pacificamente!


 

publicado às 17:50

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D