Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

TRANSPORTE DE DOENTES NÃO URGENTES...

 

Uma das 'regras de ouro' dos últimos governos visando a contenção da despesa pública 'na defesa do Serviço Nacional de Saúde', consiste em cortar em tudo que, possa embora parecer essencial, ou mesmo sendo-o de facto, tenha em contrapartida a 'vantagem' de mexer apenas ou quase só com pessoas sem capacidade reivindicativa.


Aliás, de tão habituados a tirar o chapéu quando os senhores doutores do governo falam deles e de tudo de bom que por eles vão fazendo, os visados pelos cortes, chegam até a ficar convencidos de que os sacrifícios que lhes impõem são uma inevitabilidade, uma consequência da "tal crise" de que ouvem falar em todos os quatro canais que a televisão digital terrestre lhes 'vendeu' - é o termo exacto, depois de terem sido obrigados a comprar aquela 'coisa' chamada descodificador...


Um dos cortes desde já anunciados, é aquele que tem a ver com o transporte de 'doentes não urgentes'.


O Hospital fica a mais de uma dezena de quilómetros? Paciência! Alguém com bom coração e (ainda) com dinheiro para a gasolina do carro e que por feliz acaso tenha de se deslocar para aquelas bandas, há-de representar a solução.


Mas também, mesmo que a gasolina falte, que o carro enguice, que não haja ninguém a ter de ir para os lados do Hospital, restará sempre a solução de 'transporte colectivo' destes novos tempos de crise: Três burros 'ligados em série' à maneira dos electricistas e de que a fotografia acima é um exemplo.


Um deles, monta-o a Ti'Arminda, a condutora e que também vai a uma consulta "por causa do coração que não anda bem" e os outros dois, podem resolver o problema do exame à próstata do Ti'Otílio e das análises e da radiografia aos pulmões da Ti'Adelina.


A Ti'Arminda é solidária e por isso vai fazer dois pequenos desvios para os pegar nos respectivos casebres onde moram e onde iriam ficar resignados à espera de melhores dias para os ditos exames.


Com um pouco de sorte do senhor Herculano da funerária da Vila - a sorte de uns é a má sorte de outros - não fosse a bondosa Ti'Arminda e talvez nem viessem a precisar da deslocação.


Retalhos do País real, de um País em crise profunda - que no entanto, não é para todos, mas apenas para aqueles que não a podem evitar, nem aos nefastos efeitos e ao sofrimento atroz que a sua passagem provoca aos mais frágeis e desprotegidos. Este País não é para velhos  - sobretudo, velhos doentes e pobres!

 

publicado às 21:29

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D