Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

COM O SUPERPOLÍCIA, A "COISA" RESOLVE-SE!

PS adverte que combate à criminalidade «não é fundamentalmente uma questão de leis»

Hoje às 21:48


Ora bem... Já todos andávamos desconfiados que havia muitas Leis que só estorvavam, que havia Deputados (mesmo os faltosos crónicos) que só estorvavam - até porque são eles (incluindo os faltosos crónicos) quem faz as Leis!

Daí que a solução possa mesmo passar pelo tal "superpolícia"... Uma ligação directa ao Primeiro ministro a qualquer hora do dia ou da noite e entre um copito de leite e uma torradita - que eu julgo que nenhum dos dois vai muito com bebidas fortes - e a coisa resolve-se com uma simples circular interna ou um singelo despacho normativo - a Lei reduzida à sua expressão mais simples..

Portanto estamos todos de acordo: Que adianta ter muitas Leis, se depois não há polícias que cheguem (polícias de rua, entenda-se...) se as armas de que dispõem fazem rir os criminosos, de tão à frente que já vão e para complicar, temos ainda os austríacos que resolveram gozar connosco fornecendo-nos pistolas canhotas para uma esmagadora maioria de polícias destros...

Por simples associação de ideias, se a criminalidade - que é "apenas" a questão que mais nos preocupa no momento "não é uma questão de Leis" todos os outros problemas  sendo menores, também não precisarão das Leis para nada!

Na mesma linha de raciocínio, se as Leis são feitas pelos Deputados, somos forçados a concluir que estes também não fazem falta nenhuma na maior parte do tempo em que se passeiam pelos passos perdidos e pelos vistos, estorvam mais do que ajudam - bastaria que se reunissem uma vez por ano para aprovar o Orçamento - esse sim importante! - e obviamente, que diabo, depois dessa tarefa cumprida e de algum tempo extra para lavar também alguma roupita suja, poderiam regressar tranquilamente às suas casas, onde de uma forma ou de outra, lhes faríamos chegar os respectivos vencimentos!

Temos portanto,  um PS rejuvenescido - fez-lhe bem a reentré! Ou seja, temos um Partido político que resolve negar a própria essência da política num regime Democrático - o Estado de Direito - que para quem não saiba, se deve reger sempre por Leis - BOAS LEIS!

"e o burro sou eu?"

publicado às 22:38

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D