Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

A TERRA COMO LIMITE...

UM ESPAÇO ONDE ESCREVEREI SOBRE TUDO, SOBRETUDO, SOBRE TUDO QUE SEJA CAPAZ DE CAPTAR A MINHA ATENÇÃO. UM ESPAÇO ONDE O LIMITE NÃO LIMITA - APENAS DELIMITA.

CÂMARA DE VALONGO - MOMENTÂNEA INSANIDADE, OU A TALUDA QUE NOS ENTROU PELA JANELA?

Citando o Jornal A Voz de Ermesinde:


"Valongo já não integra os municípios do Quadro I (em desequilíbrio estrutural)"... 

Se por acaso (?) não fosse hábito aquele salão onde esta afirmação foi produzida estar - como de facto estava - quase vazio de público, seguramente que a 'notícia'  já teria alastrado qual fogo em palha seca e já estaríamos a assistir com toda a certeza, em todas as ruas e lugarejos do burgo, a um S. João antecipado!


É que confirmar-se a veracidade da afirmação de João Paulo Baltazar, é óbvio que os valonguenses serão penalizados de forma diferente pelos efeitos das contrapartidas exigidas por Relvas para os municípios acederem à linha de crédito destinada a substituir os bancos no Plano de Saneamento Financeiro que no caso de Valongo, continua 'em bolandas', chumbado que foi pelo Tribunal de Contas.


Mas porque a Lista Oficial destes municípios ainda não foi divulgada, ele tinha uma obrigação acrescida de fundamentar a sua afirmação! Não o tendo feito, corre o risco de que alguns dos presentes nesta reunião de Câmara, possam inferir que o Sr. Presidente terá perdido momentaneamente o chão e logo o contacto com a dura realidade do Concelho, ou então - e essa pode ser outra linha de raciocínio -  que está na posse de informação privilegiada que lhe permite produzir tão insólita afirmação, o que igualmente não deixa de ser profundamente criticável - lamentável mesmo!


Estar no Quadro I (desequilíbrio estrutural) ou Quadro II (desequilíbrio conjuntural), terá implicações diferentes nas nossas vidas e por isso, foi irresponsável da sua parte manter a dúvida. Diríamos até que foi deliberada crueldade, não para a oposição, para o escasso público e para os Órgãos de Informação presentes, mas sim para os muitos valonguenses que já sofrem por antecipação com os efeitos da subida de todas as taxas, do IMI, das derramas, dos custos da água, do saneamento, recolha de resíduos - de tudo que teria de subir para os níveis máximos por exigência do governo.

Não pode por isso João Paulo Baltazar deixar de vir a público com a máxima urgência, explicar em que pressupostos baseou a sua afirmação e libertar os seus concidadãos - no caso de esse pressupostos serem consistentes - do sofrimento antecipado com que já convivem

publicado às 10:28

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D